Turismo cresce no país pelo quinto mês seguido

As atividades turísticas registraram aumento pelo quinto mês consecutivo, apontando o reaquecimento do setor. O índice cresceu 11,5% em setembro na comparação com agosto e os destaques vão para os serviços de transporte aéreo de passageiros (19,2%) e de alojamento e alimentação (9,1%). No acumulado dos últimos cinco meses analisados, o setor já registra um ganho de 88,8%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, avalia que as consecutivas altas na movimentação econômica do setor indicam que as ações adotadas pelo Governo Federal ajudaram a reduzir o impacto da Covid-19. “Seguimos trabalhando para mostrar que estamos prontos para fazer do turismo um dos pilares da recuperação econômica do nosso Brasil, respeitando todos os protocolos de biossegurança”, ressalta.

A quinta taxa positiva seguida foi registrada em todas as 12 unidades da Federação onde esse indicador é analisado, com destaque para Bahia (33,7%), Distrito Federal (26,2%), Goiás (19,35) e Ceará (18,2%)

Desde os primeiros casos do novo coronavírus, o Governo Federal adotou todas as medidas necessárias para a proteção do turismo brasileiro e dos trabalhadores. Entre as ações estiveram a garantia da manutenção de empregos, regulamentação das relações de consumo, oferta de crédito para empreendedores e garantia da segurança sanitária para os turistas.

Retomada do Turismo

Na última terça-feira (10), o Governo Federal lançou a Retomada do Turismo e a campanha “Viaje com responsabilidade e redescubra o Brasil”. Trata-se de uma aliança nacional que, com segurança e responsabilidade, busca acelerar a recuperação do setor e reduzir o impacto socioeconômico da Covid-19.

Liderada pelo Ministério do Turismo, a iniciativa reúne esforços dos setores público e privado, terceiro setor e Sistema S para que o turismo retome plenamente as atividades de maneira gradual e planejada, voltando a gerar emprego e renda no país. 

A Retomada do Turismo reúne um conjunto de programas, projetos e ações que vão desde o reforço na concessão de linhas de crédito para capitalizar empresas do setor e preservar empregos até obras de melhoria da infraestrutura dos destinos turísticos.

Também estão previstas ações de qualificação dos trabalhadores e prestadores de serviços tanto na oferta de cursos para a adoção aos protocolos sanitários que garantam segurança para turistas e trabalhadores do segmento quanto para melhoria de atendimento, considerando as tendências do mercado. Um exemplo é a parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), que oferece curso de qualificação nos idiomas de língua inglesa e espanhola para guias de turismo.


Com informações do Ministério do Turismo

 

Texto original

Deixe um comentário