Ministério da Saúde habilita mais de 11 mil leitos de UTI para Covid-19

O Brasil já conta com 11.302 (informação de 31/07) leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) habilitados para tratar exclusivamente de pacientes graves ou gravíssimos com Covid-19. Destes, 247 são leitos pediátricos. Ao todo, o Ministério da Saúde investiu R$ 1,6 bilhão para que estados e municípios possam custear esses leitos por 90 dias, ou enquanto houver necessidade em decorrência da pandemia. Somente na última semana, foram habilitados 586 leitos de UTI Covid-19.

Cada leito para Covid-19 recebe o dobro do valor normal do custeio diário. Os gestores dos estados e municípios contemplados recebem o valor antes mesmo da ocupação do leito. A medida fortalece o Sistema Único de Saúde (SUS) e leva atendimento para todos os estados brasileiros, incluindo capitais, municípios maiores e, especialmente, pessoas menos protegidas no interior do País.

“A nossa ideia é reafirmar a integração que estamos fazendo em todo o Brasil. Assim é o SUS. E quando falo de SUS, eu digo que o nosso Sistema Único de Saúde é, efetivamente, a melhor ferramenta que temos para fazer frente a essa pandemia”, disse o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello.

Além das habilitações de leitos, o Ministério da Saúde também tem enviado recursos, comprado e distribuído insumos, medicamentos, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais de saúde, ventiladores pulmonares e testes de diagnóstico.

De janeiro a junho, a pasta enviou R$ 62 bilhões a estados e municípios para o financiamento das ações e serviços públicos de saúde, sendo R$ 14,9 bilhões exclusivamente para combate ao coronavírus. Nos últimos dois meses, a pasta já entregou 7.994 mil ventiladores pulmonares para todos os estados brasileiros.

 

Com informações do Ministério da Saúde

Texto original

Deixe um comentário