Ministério da Justiça participa de operação contra organização criminosa em 11 estados

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) participa, nesta terça-feira (28), da segunda fase da Operação Flashback, deflagrada para combater o principal núcleo da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). A ação simultânea está sendo realizada em 11 estados com a participação da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP), da Polícia Federal, em parceria com o Ministério Público e a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas.

Os mandados da segunda fase da Operação Flashback são cumpridos em Alagoas, Pernambuco, Ceará, Bahia, Paraíba, Sergipe, Piauí, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais.

Participaram a Polícia Federal, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, os Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecos), as Polícias Civis e Militares, e as Secretarias de Ressocialização dos estados envolvidos. A operação nacional teve o apoio da 17ª Vara Criminal de Maceió, que deferiu a expedição dos mandados judiciais.

Na totalidade, as forças integradas cumprem 212 mandados de busca e apreensão, e de prisão, distribuídos em 71 municípios, localizados em quatro regiões brasileiras. O propósito é desarticular a nova composição da facção que tem base no Mato Grosso do Sul, de onde saem as ordens de justiçamento para todo Brasil.

A região Nordeste é a que concentra o maior número de ações da operação, contabilizando oito estados e 179 mandados judiciais expedidos. Alagoas e Ceará ficam em evidência entre os estados.  As ações em Alagoas ocorrem em Maceió, que concentra o maior número de alvos, ao todo 73, e outros 10 municípios, totalizando 98 cumprimentos de mandados judiciais pelos agentes públicos.

Com informações do Ministério da Justiça e Segurança Pública

Texto original

Deixe um comentário