Arquivo da Categoria: iel

Articulação do Programa Centelha continua em Manaus

Visando estabelecer potenciais parcerias para atuar no Programa Centelha, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) estiveram nesta terça-feira (4/6) no Instituto Euvaldo Lodi (IEL) para apresentar e divulgar o Programa, que tem previsão para ter edital lançado ainda neste mês pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep).

Segundo a coordenadora local do Programa Centelha, Kathya Thomé, a visita aos possíveis parceiros é para que eles possam atuar no Programa como divulgadores, captadores de ideias e difundir o Centelha  aos seus clientes  e  público.

“Acreditamos que vamos absorver esses parceiros e, consequentemente, teremos bons resultados na apresentação de propostas, bem como na própria pré-incubação de possíveis  startups que vierem a ser implementadas”, disse.

Segundo a Superintendente Regional do IEL Amazonas, Andrea Guerra Araújo, o Instituto vai divulgar o Programa Centelha para a rede de contatos que eles possuem com um público bastante extenso e que abrange empresas, estagiários, jovens aprendizes e pós-graduação. “O IEL pretende fazer um evento de divulgação voltado para o empreendedorismo e especificamente para a divulgação do Programa Centelha. A ideia é estimular os jovens a desenvolverem ideias que possam se tornar projetos a serem submetidos ao Programa”, disse.

04.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA VISITA IEL - FOTOS ÉRICO X._

Equipe da Fapeam  apresenta Programa Centelha para representantes do IEL. Foto: Érico Xavier

 

Outras visitas

Na segunda-feira (3/6) a equipe da Fapeam apresentou o Programa Centelha para representantes do Impact Hub Manaus e do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT).

A Co-Fundadora do Impact Hub Manaus, Juliana Telles de Andrade, explica que o espaço fomenta o empreendedorismo e a inovação e que o trabalho desenvolvido no Impact  vai ao encontro dos objetivos propostos pelo Programa Centelha. “Queremos ver mais negócios e fomentar a cultura do empreendedorismo na nossa cidade e na nossa região. O Programa está nessa linha de buscar pessoas e oferecer as ferramentas para que as ideias virem para prática”, disse.

 

03.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA NO ESPAÇO HUB - FOTOS ÉRICO X._-3

Equipe da Fapeam visita espaço Impact Hub Manaus. Foto: Érico Xavier

 

Segundo a consultora de negócios do  INDT, Gláucia Campos, o Centelha é fundamental para o amadurecimento do ecossistema de inovação na região. “Quando unimos forças  podemos  dar suporte para que as Startups virem um negócio promissor e  se desenvolvam regionalmente para oferecer emprego e gerar  renda”, comentou.

 

03.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA E INDT - FOTOS ÉRICO X._-8

Consultora de negócios do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico, Gláucia Campos. Foto: Érico Xavier

 

Programa Centelha

A iniciativa, que no Amazonas será executada pela Fapeam, é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação Certi.

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. Estão entre os objetivos do Programa, gerar novas empresas, a partir do conhecimento concebido nas instituições de ciência, tecnologia e inovação; gerar inovações de interesse direto da sociedade e de empresas; formar cultura e fortalecer ecossistema de empreendedorismo inovador.

Podem concorrer ao Programa pessoas físicas ou empresas, que atenderem às exigências do edital.

 

Por Helen de Melo e Jessie Silva

 

 

 

O post Articulação do Programa Centelha continua em Manaus apareceu primeiro em FAPEAM.

CNPq e Capes lançam chamada do Programa Talentos para Inovação

Investimento total do novo edital com bolsas de inovação será de R$ 5,5 milhões

Uma parceria envolvendo as principais agências de fomento do país pretende levar às empresas a mão-de-obra e expertise qualificada dos pesquisadores brasileiros. Essa ação está no âmbito do Programa Talentos para Inovação, que pretende incentivar a inserção de novos talentos no mercado de trabalho, com a concessão de bolsas para pesquisadores atuarem nas unidades e polos da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

Nesse sentido, foi lançada, nesta quinta-feira, chamada que selecionará bolsistas na modalidade Bolsa Jovens Talentos (BJT). A iniciativa é fruto de um acordo firmado em 2017 entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifíco e Tecnológico (CNPq), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-NC)  e a Embrapii.  O programa abrange 27 áreas de competências tecnológicas.

As inscrições começam em 06 de fevereiro e vão até 12 de março. As bolsas terão duração máxima de doze meses e serão divididas em dois níveis de classificação: BJT,  nível A,  no valor de R$ 7 mil mensais e a BJT, nível B, no valor de R$ 4 mil mensais, para pesquisadores com produção científica e tecnológica relevante ou profissional com experiência destacada em projetos de P,D&I. Serão aceitas até três bolsas por projeto.

Para Marcelo Morales, Diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde e Presidente Substituto do CNPq, a iniciativa é de suma importância para a inovação no Brasil. “Queremos incentivar ainda mais a inovação, que é um dos pilares da missão institucional do CNPq. A parceria entre CNPq, CAPES, EMBRAPII e IEL mostra o empenho e alinhamento das principais entidades de financiamento à pesquisa para que possamos transformar conhecimento em riqueza para o desenvolvimento do Brasil”, afirmou Morales.

Para saber mais ou se inscrever acesse: http://capes.gov.br/bolsas/programas-especiais/programa-talentos-para-inovacao

 

banner_cnpq_grande

 

Fonte: CNPq

O post CNPq e Capes lançam chamada do Programa Talentos para Inovação apareceu primeiro em FAPEAM.

CNPq e Capes lançam chamada do Programa Talentos para Inovação

Investimento total do novo edital com bolsas de inovação será de R$ 5,5 milhões

Uma parceria envolvendo as principais agências de fomento do país pretende levar às empresas a mão-de-obra e expertise qualificada dos pesquisadores brasileiros. Essa ação está no âmbito do Programa Talentos para Inovação, que pretende incentivar a inserção de novos talentos no mercado de trabalho, com a concessão de bolsas para pesquisadores atuarem nas unidades e polos da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

Nesse sentido, foi lançada, nesta quinta-feira, chamada que selecionará bolsistas na modalidade Bolsa Jovens Talentos (BJT). A iniciativa é fruto de um acordo firmado em 2017 entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifíco e Tecnológico (CNPq), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-NC)  e a Embrapii.  O programa abrange 27 áreas de competências tecnológicas.

As inscrições começam em 06 de fevereiro e vão até 12 de março. As bolsas terão duração máxima de doze meses e serão divididas em dois níveis de classificação: BJT,  nível A,  no valor de R$ 7 mil mensais e a BJT, nível B, no valor de R$ 4 mil mensais, para pesquisadores com produção científica e tecnológica relevante ou profissional com experiência destacada em projetos de P,D&I. Serão aceitas até três bolsas por projeto.

Para Marcelo Morales, Diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde e Presidente Substituto do CNPq, a iniciativa é de suma importância para a inovação no Brasil. “Queremos incentivar ainda mais a inovação, que é um dos pilares da missão institucional do CNPq. A parceria entre CNPq, CAPES, EMBRAPII e IEL mostra o empenho e alinhamento das principais entidades de financiamento à pesquisa para que possamos transformar conhecimento em riqueza para o desenvolvimento do Brasil”, afirmou Morales.

Para saber mais ou se inscrever acesse: http://capes.gov.br/bolsas/programas-especiais/programa-talentos-para-inovacao

 

banner_cnpq_grande

 

Fonte: CNPq

O post CNPq e Capes lançam chamada do Programa Talentos para Inovação apareceu primeiro em FAPEAM.