Arquivo da Categoria: atualização

Fiocruz Amazônia abre inscrições para Curso de Atualização em Histopatologia e Imuno-histoquímica

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) abre inscrições até 13/9, para o curso de atualização em Histopatologia e Imuno-histoquímica (Teoria e Prática). O curso é gratuito e aulas acontecerão no período de 23 a 26 de setembro, em horário integral, no Laboratório de Doenças Infecciosas em Imunologia (1º Andar, Bloco ICB-FCA / Pós-Graduação, MINICAMPUS) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Serão 30h de atividades. Estão sendo oferecidas 20 vagas cujo preenchimento obedece às condições da chamada publicada em: https://campusvirtual.fiocruz.br/gestordecursos/hotsite/histopatologia-ILMD2019/apresentaaao/2091

O curso tem por objetivo promover a atualização de profissionais de nível superior da área de saúde que atuam ou desejam atuar na área de anatomia patológica sobre as técnicas de histopatologia e imuno-histoquímica voltadas para o diagnóstico histopatológico com ênfase em doenças infecciosas e crônicas em seres humanos e animais.

As aulas serão ministradas pelos professores Luís Ferreira, Oscar Costa, Cristina Andrade, Misael Silva e Monique Freire, sob coordenação do professor Pritesh Lalwani.

Podem se inscrever alunos de pós-graduação e profissionais da área de saúde que atuam ou desejam atuar na área de anatomia patológica de humanos ou camundongos. As inscrições podem ser feitas de 19 de agosto a 13 de setembro, no Campus Virtual da Fiocruz, em: https://campusvirtual.fiocruz.br/gestordecursos/hotsite/histopatologia-ILMD2019/formulario

Os nomes dos selecionados para fazerem o curso serão divulgados no dia 18 de setembro de 2019, no site e por e-mail, a ser enviado aos selecionados.

CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

Alunos regularmente matriculados em Cursos de Pós-Graduação (declaração de matrícula ou documento comprove vínculo com o curso) – 5,0 pontos;

Profissionais da área de Saúde ou Professores ou pesquisadores (declaração de vínculo, documento do SIGEPE, Foto do Crachá, cabeçalho do contra-cheque ou documento que comprove) – 3,0 pontos;

Profissionais Graduados com interesse na área (informar o link do currículo Lattes) – 2,0 pontos;

Justificativa para realizar o curso – A justificativa será utilizada como critério de desempate (no máximo 100 palavras).

Justifique o seu interesse em realizar o curso, explicitando projeto na área, conhecimento no tema, recomendação do orientador ou outra motivação que considerar pertinente.

Mais informações no Campus Virtual da Fiocruz

ILMD/Fiocruz Amazonia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Fiocruz Amazônia oficializa Projeto Qualifica SUS

Qualificar mais de 5 mil trabalhadores do SUS no Amazonas, por meio de cursos presenciais é o que pretende o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) com o Projeto Qualifica SUS. A iniciativa que conta com apoio da bancada parlamentar do Amazonas, intermediada por emenda do Senador Omar Aziz, recebeu nesta segunda-feira, 27/5, mais uma importante contribuição, a oficialização de parceria com Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM).

Em encontro ocorrido no Salão Canoas, na Fiocruz Amazônia, foram recebidos secretários municipais de saúde do interior e da capital, a direção do Cosems-AM, do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), e o Senador Omar Aziz.

Fizeram parte da mesa o diretor da Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz,  a médica da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (Fcecon), Mônica Bandeira de Melo, o presidente do Cosems-AM, Januário da Cunha Leite, o vice-presidente do Conasems, Wilames Freire Bezerra, o secretário municipal de Saúde de Manaus (Semsa), Marcelo Magaldi Alves, e o Senador Omar Aziz.

Sérgio Luz, diretor da Fiocruz Amazônia, ressaltou a importância do projeto para o Amazonas. “Com o Qualifica SUS pretendemos oferecer qualificação gradual do corpo técnico de Saúde dos municípios do Amazonas, contribuindo para o aprimoramento do desempenho profissional dos trabalhadores, para que atuem em conformidade com as políticas e diretrizes de saúde, de forma integrada, articulando o ensino com a aplicação prática do conhecimento em suas funções”, explicou.

Para o senador Omar Aziz, o Projeto Qualifica SUS vem ao encontro de outras ações apoiadas por ele e que contribuem para a melhoria da Saúde no Estado. “A qualificação dos trabalhadores para atuar na área da saúde é muito importante, pois se tem uma gama de servidores que não têm essa oportunidade, e a Fiocruz Amazônia se dispôs a fazer isso, levantando as necessidades de treinamento e de endemias no Amazonas. Então, fico muito feliz em contribuir com uma emenda para qualificar pessoas que atendem à população mais carente do meu Estado”, comentou.

PARCERIA COM O COSEMS

A parceria com os secretários municipais de saúde, por meio do Cosems-AM vai possibilitar à Fiocruz Amazônia atender a todos os 62 municípios do Amazonas, por meio do Projeto Qualifica SUS, o que será um grande passo para a melhoria e efetividade dos serviços de saúde no interior do Estado, comentou Januário da Cunha Neto.

Na oportunidade, foi celebrado o Acordo de Cooperação entre Fiocruz Amazônia e Cosems-AM para o apoio à qualificação do corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das secretarias municipais de saúde do Estado e órgãos parceiros, com o comprometimento desses órgãos, de alocarem, dentro de suas possibilidades, recursos humanos e materiais, para projetos conjuntos, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS, no nível da atenção básica.

MEDALHA ZÉ DO SUS

Durante o evento, o Cosems-AM  concedeu ao Senador Omar Aziz, ao médico, professor e pesquisador Bernardino Claudio de Albuquerque e ao pesquisador e diretor da Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz, a Medalha de Honra ao Mérito Zé do SUS, pelo trabalho dos agraciados para a melhoria da Saúde no Amazonas,

Na ocasião, Januário da Cunha Neto, lembrou que o nome da Medalha Zé do SUS  é uma homenagem a um colaborador da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas (Susam), falecido em 2018, que ingressou no serviço público em 1978, onde ajudou na formulação de diretrizes, orçamento e organização do SUS, construindo um legado de atuação na saúde do Amazonas, que por seu entusiasmo lhe rendeu o apelido de “Zé do SUS”, devido seu compromisso com uma saúde voltada para a melhoria da qualidade de vida da população.

PROJETO QUALIFICA SUS

Durante o evento, o Projeto Qualifica SUS foi apresentado pela pesquisadora da Fiocruz Amazônia, Maria Luiza Garnelo, que falou, dentre outras coisas, sobre o número de cursos e público a quem o projeto se destina.

O Qualifica SUS vai ofertar cursos em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. Serão cursos de atualização, especialização e mestrado que estarão disponíveis para trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS), que serão capacitados sob um modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, diante da realidade de cada localidade, respeitando o conhecimento e a experiência dos alunos.

PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Em tema levantado pela médica Mônica Bandeira de Melo, fortalecido pelo discurso do senador Omar Aziz, esteve a questão da necessidade de ações de prevenção de doenças e promoção da saúde no Amazonas.

Na oportunidade, eles chamaram a atenção para a necessidade da união de esforços para combater o câncer de colo uterino e para a importância da interiorização das ações em saúde. Temáticas que serão continuadas amanhã, 28/5,  no VII Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas, que acontecerá no município de Presidente Figueiredo.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Eduardo Gomes