Visita de reitor da Ufopa ao Inpa busca fortalecer parcerias institucionais

Atualmente o Inpa possui três Termos de Cooperação firmados com a Ufopa nas áreas de biodiversidade, computação aplicada e de capacitação

 

Da Redação – Ascom Inpa

Fotos: Rodrigo da Silva (Ufopa) e Cimone Barros (Inpa)

 

Estabelecer uma agenda permanente e consolidar a parceria estratégica com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC). Este foi objetivo da visita do reitor da Universidade do Oeste do Pará (Ufopa), o professor Hugo Alex Carneiro Diniz, ao Instituto, na última terça-feira (12).

 

Empossado no cargo no dia 25 de abril deste ano, Diniz e mais dois gestores foram recebidos pelo diretor do Inpa, o pesquisador Luiz Renato de França, em reunião restrita. Após o encontro com o diretor, que teve de ir participar de outros compromissos administrativos, houve uma reunião da comitiva da Ufopa com coordenadores de várias áreas do Instituto.

 

De acordo com Diniz, o foco da sua gestão é infraestrutura física e tecnologia da Informação, que são os principais gargalos da universidade. Com sete campi, cerca de 1.100 servidores, dos quais 500 são professores, a Ufopa atende um público de 5 mil alunos. Fundada há nove anos, a instituição possui prédios próprios, mas boa parte é alugada. Por ano, a Ufopa gasta com locação R$ 6,5 milhões.

 

“Quando um gestor sai da sua instituição, o primeiro lugar em que ele vai dar o tom para onde vai caminhar. E fico muito feliz de que a nossa primeira saída tenha sido em busca de consolidar essa parceria estratégica com o Inpa, que é algo antes mesmo de eu estar na gestão da Ufopa”, contou Diniz.

 

Segundo o reitor, a partir de agora haverá uma agenda permanente com o Inpa e o Programa de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera da Amazônia (LBA/MCTIC/Inpa), para avançar principalmente no que diz respeito à rede científica, nuvem de dados científicos e de imediato na regulamentação da política de dados científicos da Ufopa.

 

Atualmente o Inpa possui três Termos de Cooperação firmados com a Ufopa, que estão em plena execução, nas áreas de biodiversidade, computação aplicada e de capacitação. Os coordenadores técnicos são o chefe do Núcleo de Apoio à Pesquisa no Pará (Nappa), Jorge Porto, e o coordenador substituto da Coordenação de Ações Estratégicas do Inpa, Laurindo Campos.

 

Segundo Campos, o Inpa utiliza uma casa há 25 anos em Alter do Chão que hoje está sob a jurisdição da Ufopa e tem o interesse de fechar um acordo de garantia de uso e de melhorias dessa infraestrutura, além de ter a cessão de um espaço dentro da Ufopa para transferir o escritório do Nappa em Santarém para dentro da Universidade, como acontece com outros núcleos do Inpa a exemplo do Acre.

 

“No decorrer das administrações temos tido participações e agora estamos dando escala a isso. A nova administração está buscando apoio das nossas competências para que possa acelerar as ações deles e acredito que essa parceria será muito frutífera”, destacou Campos.

 

Também participaram da reunião pelo lado da Ufopa o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Domingos Diniz, e o assessor de Relações Nacionais e Internacionais, Rodrigo da Silva; e por parte do Inpa, o coordenador de Cooperação e Intercâmbio, Bazílio Vianez; de Capacitação, Beatriz Teles; de Apoio Técnico e Logístico, Elen Góes; de Extensão Tecnológica e Inovação, Noélia Falcão; de Biodiversidade/Pesquisa, Lúcia Rapp, e de Tecnologia da Informação, a coordenadora substituta Rosana Gemaque.

 

Além do Inpa, a gestão da Ufopa visitou a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) a fim de estreitar laços institucionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *