Mais de 1,6 milhão de jovens e adultos devem fazer a prova neste domingo (29)

Jovens e adultos que não concluíram os estudos têm a oportunidade de obter o certificado de conclusão do ensino fundamental ou médio por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). A prova deste ano será realizada no domingo, dia 29 de agosto, quando 301.438 participantes farão provas para obter certificação do ensino fundamental e 1.328.608, do ensino médio. 

“O Encceja é um exame de inclusão, uma chance para jovens e adultos que não conseguiram concluir seus estudos na idade adequada. É uma nova oportunidade do Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, para esses jovens e adultos conseguirem seus diplomas por meio de um exame nacional”, ressaltou o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Danilo Dupas Ribeiro.

Segundo ele, na prova do Encceja, o Inep avalia competências, habilidades e saberes adquiridos dentro ou fora da escola

Devido aos cuidados relacionados à Covid-19, neste ano haverá mudanças em relação à última edição. O uso da máscara é obrigatório, os participantes poderão usar luvas durante o exame e também podem levar frasco com álcool líquido ou em gel. Todas as salas contarão com o produto. 

E atenção: a orientação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é que se o participante apresentar sintoma de Covid-19 não vá ao local de prova. Nesse caso, ele pode solicitar a reaplicação do exame. Mas a solicitação deve ser feita até 12h de sexta-feira (27) com documentos que comprovem os sintomas previstos no edital.

“Mais de 50 mil pessoas vão trabalhar na aplicação para garantir o cumprimento de todas as regras de distanciamento e prevenção à Covid-19. O uso de máscara é obrigatório durante toda a prova. O participante pode levar álcool e luvas. As carteiras estarão distantes e selecionamos salas arejadas”, lembrou o presidente do Inep. 

O que levar no dia da prova:

– Caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

– Documento de identificação válido.

– Máscaras de proteção à Covid-19.

Fique atento porque não serão aceitas cópias de documentos, mesmo que autenticadas, ou digitais apresentadas eletronicamente. 

Itens proibidos:

Óculos escuros 

Boné, chapéu, viseira, gorro ou similares

Caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos

Livros, manuais, impressos, anotações

Protetor auricular

Relógio de qualquer tipo

Dispositivos eletrônicos, como celulares, smartphones, tablets, calculadoras, gravadores, pen drive ou similar

Alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico.

Fones de ouvido 

Na hora da prova

Antes de entrar na sala, o candidato vai receber um envelope porta-objetos para guardar todos os itens proibidos. Esse envelope deve ser guardado abaixo da carteira, com eletrônicos desligados, durante a realização da prova.

O participante precisa chegar ao local do exame, indicado no Cartão de Confirmação da Inscrição, com antecedência de 1 hora.

No período da manhã, os portões abrem às 8h e fecham às 8h45. A prova começa às 9h e termina às 13h. 

Já na parte da tarde, os portões serão abertos às 14h30 e fechados às 15h15. A prova inicia às 15h30 e se encerra às 20h30. 

Atendimento especializado

Quem solicitou atendimento especializado poderá levar objetivos com recursos específicos como caneta de ponta grossa, óculos especiais, lupa, tábua de apoio e máquina de escrever em braile.

Sobre o Encceja

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é voltado aos jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos em idade própria. Para fazer a prova, é preciso ter, no mínimo, 15 anos completos na data da realização do exame, para quem busca a certificação do ensino fundamental, no mínimo, 18 anos para quem busca a certificação do ensino médio.

O Encceja é realizado pelo Inep em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de educação. A emissão do certificado é responsabilidade das Secretarias Estaduais de Educação e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia.

Saiba mais sobre a aplicação do Encceja 

Texto original

Deixe um comentário