Força Nacional vai permanecer na Amazônia Legal até 10 de julho

O Governo Federal autorizou a prorrogação, até 10 de julho, do uso da Força Nacional de Segurança Pública no combate aos incêndios na Amazônia Legal,  que abrange os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (15). 

A portaria nº 310/2020, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, define que o efetivo deverá atuar na região da Amazônia Legal, em apoio ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI). 

O trabalho deverá ser nas “ações de fiscalização, de repressão ao desmatamento ilegal e demais crimes ambientais e de combate aos incêndios florestais e às queimadas, na área que compreende a Amazônia Legal, em atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, no período de 11 de junho de 2020 a 10 de julho de 2020”.

 

Com informações do Diário Oficial da União

Texto original

Deixe um comentário