Celebrado protocolo de intenção para ampliar apoio a comunidades ribeirinhas

O Ministério da Cidadania firmou protocolo de intenção com a Marinha do Brasil para promover ações de atenção às comunidades ribeirinhas e contribuir com o desenvolvimento humano em regiões de difícil acesso. Assinaram o documento o ministro Onyx Lorenzoni, o secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio Barreto, e o Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Marcos Silva Rodrigues.

O apoio às ações será prestado pelos meios navais, aeronavais e de fuzileiros navais da Marinha, sediados nas regiões da Amazônia e Pantanal, empregados em ações cívico-sociais e de assistência hospitalar.

“Essa conjugação de esforços que o Estado brasileiro faz, entre ministério, Presidência da República e Marinha Brasileira é a forma de a gente não apenas levar a identidade ou construir a cidadania, mas de literalmente construir pontes entre a capacidade de poder trazer as pessoas para um momento de melhor prosperidade, seja se vestindo melhor, morando melhor, comendo um pouco melhor”, afirmou o ministro Onyx Lorenzoni.

“O acordo mostra a presença do Estado em locais desassistidos. Essa cerimônia tem um significado grande, pois vai levar exatamente a pessoas que não sabem nem o que é cidadania, o que representa cidadania, e, assim, isso os torna cada vez mais brasileiros”, ressaltou o Almirante de Esquadra Marcos Silva Rodrigues. “A Marinha se sente honrada de estar participando, de estar cooperando nesse projeto, que não é de governo, mas é um projeto do Estado brasileiro”, finalizou.

 

Com informações do Ministério da Cidadania

Texto original

Deixe um comentário