Balanço do Ministério da Economia registra quase 81 mil servidores em trabalho remoto

Dados do Ministério da Economia revelam que, na semana de 29 de junho a 3 de julho, 80.930 servidores públicos federais trabalharam em casa, e 1.707 casos foram confirmados de Covid-19. Os dados foram coletados juntos às unidades de gestão de pessoas de servidores públicos federais civis. Os números não incluem as instituições federais de ensino.

Praticamente metade dos demais órgãos responderam à pesquisa da Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal (SGP) do Ministério da Economia no âmbito do Poder Executivo Federal Civil. Essa parcela que participou da pesquisa representa 162.850 servidores ativos, ou 58,7% da força de trabalho total (excluindo as instituições de ensino).

Os 80.930 servidores que trabalham remotamente representam 49,7% do total de servidores dos órgãos que responderam à pesquisa.

Pelas características particulares de autonomia das instituições que integram a Rede Federal de Educação (universidades, institutos e demais instituições de ensino federal), os seus números são divulgados pelo Ministério da Educação, no Portal do MEC. Conforme dados atualizados pelas próprias universidades e institutos federais, atualmente 277.796 servidores, ou seja, 95% da força de trabalho da Rede Federal de Educação, estão em trabalho remoto.

Em todo o Poder Executivo Federal Civil, portanto, o número de servidores públicos em trabalho remoto é de 358.726, o que representa 63% da força de trabalho total, incluindo as instituições de ensino.

 

Com informações do Ministério da Economia 

Texto original

Deixe um comentário