Zona Norte de Manaus recebe ação com dez postos de vacinação contra Covid para idosos com mais de 70 anos

Joventina Alecrim Gomes de 82 anos, é vacinada contra Covid-19 em sistema de drive-thru, com a vacina da Oxford/Astrazeneca, no primeiro dia de vacinação para idosos, nesta sexta-feira (29) em Manaus (AM). — Foto: EDMAR BARROS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Considerada uma das áreas mais populosas de Manaus, com mais de meio milhão de habitantes, a Zona Norte está com dez postos de vacinação contra Covid-19 para idosos com mais de 70 anos.

A ação foi realizada nesse sábado (27) e também vai acontecer nesta segunda-feira (1º). A estratégia de busca ativa da prefeitura busca identificar idosos de 70 anos e mais que ainda não tenham recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Postos na zona Norte que funcionarão na segunda-feira (1º):

  • Centro de Convivência Padre Pedro Vignola (rua Gandu, nº 119, Cidade Nova)
  • Clube de Mães Manoa (avenida Francisco Queiroz – Manoa, Cidade Nova)
  • Centro Educacional Sandra Cavalcante (rua U, nº 1, Cidade Nova)
  • CMEI João Goulart (rua João Montefusco – antiga rua Samambaia – s/nº, Santa Etelvina)
  • Escola municipal Rita de Cássia (rua Nova Jerusalém, nº 210, Novo Israel)
  • Escola municipal São Benedito (rua Nossa Senhora da Conceição, Cidade de Deus)
  • Centro Social da Família Teonízia Lobo – antigo centro de convivência da família warao – (rua Itaetê – antiga Penetração 3, s/nº Novo Aleixo)
  • Igreja do Sagrado Coração de Jesus (rua Major Silvério Nery – antiga rua 17 – s/nº, Núcleo 3 – Cidade Nova 2)
  • Escola municipal Jarlece da Conceição Zaranza (avenida Coronel Sálvio Belota, conjunto Amazonino Mendes, Novo Aleixo)
  • CMPM VI Senador Evandro das Neves Carreira (avenida da Felicidade, s/nº, Lago Azul)

As equipes do Distrito de Saúde (Disa) Norte percorrerão os bairros em busca desses idosos. A ação já aconteceu, na semana passada, nas Zonas Sul, Leste e Oeste.

Trabalhando em sistema de busca ativa com base nos cadastros das pessoas acompanhadas pelas equipes das Estratégias de Saúde da Família (ESF) do Disa Norte, agentes comunitários de saúde visitarão as casas para verificar se os idosos já foram vacinados.

Caso haja algum que ainda não tenha recebido a primeira dose, os agentes irão apurar as causas, orientar e encaminhar para a unidade de referência para que comece o ciclo de imunização.

Para receber a vacina, o idoso deve apresentar documento de identidade original com foto e CPF. Não devem ser vacinados os que estiverem com sintomas gripais ou com qualquer doença na fase aguda. Nos casos de Covid-19, suspeitos ou confirmados, o usuário precisa aguardar 30 dias após o início dos sintomas para ser imunizado.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 AM nos últimos 7 dias

Deixe um comentário