Websérie destaca filmes e diretores do atual cinema amazonense

“O Barco e o Rio” venceu Melhor Filme na categoria curta-metragem brasileiro no Festival de Cinema de Gramado. — Foto: Divulgação

Os avanços do audiovisual do Amazonas neste século, com filmes premiados em festivais ao redor do planeta e o surgimento de eventos em larga escala, como o Amazonas Film Festival, Matapi e Olhar do Norte, serão o foco da websérie “Terceiro Ciclo do Cinema Amazonas”.

O projeto do Cine Set, site de cinema em atividade em Manaus há seis anos, estreia na quarta-feira (13), no YouTube: https://youtube.com/cinesetam.

O projeto terá sete episódios com duração máxima de dez minutos cada um. A apresentação fica por conta do editor-chefe do Cine Set e autor da proposta, Caio Pimenta.

“A websérie tem como ponto de partida o livro de 1994, ‘A Tônica da Descontinuidade: cinema e política em Manaus na década de 60’, em que o professor da Universidade Federal do Amazonas e um dos principais pesquisadores sobre o audiovisual do Estado, Narciso Lobo, afirma que o cinema amazonense tivera dois ciclos até então: o primeiro com Silvino Santos, nos anos 1910, até o início da década de 1930, e o segundo com a geração cineclubista dos anos 1960”, explicou Caio Pimenta, por meio de assessoria.

Pimenta afirma, ainda, que acredita que seja possível que, a partir de 2001, com a criação da Amazonas Film Commission e o Núcleo de Polo Digital, vive-se uma terceira etapa do audiovisual local.

Ao longo dos sete episódios, a websérie resgata a história de Silvino e do cineclubismo dos anos 1960 para chegar aos dias atuais. Ela foi contemplada no edital Programa Cultura Criativa 2020 – Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana, do Governo do Amazonas.

Da nova geração, o Cine Set destaca as principais características desta produção, os filmes que circularam o planeta, os eventos surgidos ao longo dos anos e também as marcas da descontinuidade.

Os vídeos da websérie serão lançados todas as quartas-feiras no canal do Cine Set no YouTube, sempre a partir de 11h (horário de Manaus). Os roteiros na íntegra, assim como os links para os filmes locais, estarão disponibilizados no site de cinema.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 AM nos últimos 7 dias

Deixe um comentário