Seduc-AM e Semed divulgam datas de matrículas de alunos para ano leito de 2021

Volta às aulas presenciais em Manaus durante retorno das atividades em agosto de 2020. — Foto: Arquivo Pessoal

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) anunciaram nesta sexta-feira (8) as datas das matrículas para alunos da rede estadual e municipal de ensino. Em razão da pandemia, todo o processo será feito pela internet. Serão oferecidas 214. 802 vagas para o ano letivo de 2021.

Datas para início do ano letivo deste ano não foram divulgadas. As atividades do letivo de 2021 da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural foram abertas na manhã desta quinta (7), de forma remota.

A partir desta sexta-feira (8) tem início o processo de transferência por reordenamento para alunos que já são da rede pública e que estudarão em outra unidade de ensino porque a atual não possui a série que cursarão em 2021. Entre os dias 11 e 12 deste mês, as próprias escolas vão confirmar as matrículas.

Transferência de alunos para outras instituições vão acontecer nos dias 20 e 21 deste mês para alunos com deficiência, e 22 a 25 para os demais estudantes.

Já a matrícula para novos alunos vai ocorrer de 26 deste mês ate o dia 1º de fevereiro. Estudantes com matrícula ativa, a rematrícula foi feita de forma automática.

A partir do dia 2 de fevereiro, estudantes que perderem os prazos poderão realizar qualquer um dos procedimentos. O procedimento também será feito pela internet.

De acordo com Prefeitura e Governo, é necessário acessar este site www.matriculas.am.gov.br para garantir e efetivar a matrícula.

Cadastro

Para os alunos novatos na rede pública de ensino, a primeira etapa para solicitar a matrícula é o cadastro on-line dos responsáveis, que já pode ser feito no site. Basta inserir o nome, e-mail e CPF do responsável. O sistema enviará um código para a caixa de entrada do e-mail informado, e esse código deve ser inserido na tela de cadastro inicial. Só depois dessa etapa será possível dar seguimento ao cadastro do responsável e do aluno.

Tempo integral e escolas militares

As vagas para as unidades de ensino de tempo integral e escolas militares estarão disponíveis no site, conforme o calendário de matrículas. Todos os que tiverem interesse estarão sujeitos à disponibilidade das vagas no site. Não serão trabalhados editais de maneira separada, e as vagas ficarão disponíveis para o público em geral.

A Semed deve abrir mais de 46 mil novas vagas e espera atender 263 mil alunos em 502 unidades de ensino. Já a rede estadual vai ofertar mais de 168 mil vagas e atender 589 mil estudantes, entre alunos em continuidade de ensino e novos alunos, em 599 unidades escolares na capital e interior do Amazonas.

O Amazonas foi o primeiro estado do País a reabrir escolas em meio à pandemia. As aulas presenciais na rede privada da capital retornaram em julho, e na rede estadual, em agosto de 2020. No ano passado, a rede municipal permaneceu com as aulas suspensas.

Deixe um comentário