Mulher do jogador Marco Goiano deixa UTI após 20 dias internada para tratamento contra a Covid-19 em Goiânia

Jogador Marco Goiano e a esposa Joanne Almeida — Foto: Reprodução/Instagram

A esposa do jogador de futebol Marco Goiano deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na segunda-feira (15), após 20 dias de tratamento contra a Covid-19, em Goiânia. Joanne Filonones de Almeida, de 37 anos, segue em terapia na enfermaria de um hospital particular.

Ela chegou a Goiânia em 26 de janeiro, após ser transportada de Manaus por uma UTI aérea, em estado grave de saúde. Devido ao quadro dela à época, mulheres de jogadores se uniram para fazer uma vaquinha e pagar a viagem para Goiânia.

Segundo o boletim médico divulgado nesta terça-feira (16), assinado pelo médico Pedro Ivandosvick, a paciente apresentou sinais de melhora clínica e contínua com o uso de oxigênio suplementar pela traqueostomia. Ela está sem febre, consciente e comunicativa.

Joanne foi internada inicialmente em Manaus com diagnóstico de Covid-19, no dia 11 de janeiro, quatro dias após o nascimento prematuro de seu filho, e precisou ser entubada. Ela é natural de Goiânia e se mudou para o Amazonas para acompanhar o marido, que joga pelo Fast, na série D do Campeonato Brasileiro, desde agosto de 2020.

Marco Goiano, Bragantino-PA — Foto: Reprodução/SporTV

Esposa de jogadores de futebol fizeram uma campanha para arrecadar R$ 87 mil para pagar o traslado de Joanne em jato particular com equipe médica de Manaus para Goiânia. Em menos de 24 horas após o início da vaquinha, o próprio jogador anunciou nas redes sociais que tinha conseguido o valor para fazer o tratamento e o traslado de avião.

Marco Goiano já passou por clubes como Tupi-MG, Bonsucesso-RJ, Moto Club-MA, Bragantino-PA, entre outros.

Boletim Médico

Goiânia, 16 de fevereiro de 2021 – A senhora Joanne Filonones de Almeida encontra-se internada na Santa Casa de Misericórdia de Goiânia desde o dia 26/01/2021 para tratamento de complicações da COVID-19. A paciente recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva no dia 15/02/2021 e encontra-se internada na enfermaria desta Instituição em regular estado geral, apresentando sinais de melhora clínica, em uso de oxigênio suplementar pela traqueostomia, estável hemodinamicamente, sem febre, com função renal preservada, acordada, consciente e comunicativa.

VÍDEOS: coronavírus em Goiás

Deixe um comentário