Entrega de novas doses da vacina contra Covid-19 no AM é adiada para terça-feira (23)

Vacinação em Manaus. — Foto: Divulgação

A chegada de novas doses da vacina contra a Covid-19 no Amazonas foi adiada para terça-feira (23). O material estava previsto para chegar no Amazonas nessa segunda (22).

Atualmente, o Amazonas tem mais de 305 mil casos de pessoas infectadas e o número de óbitos passa de 10,4 mil. O Estado vive um novo colapso na rede de saúde por conta desse aumento no número de casos.

Há pouco mais de um mês, houve uma crise por conta da falta de oxigênio em Manaus. O assunto repercutiu em todo o país. Nessa sexta (19), o governador anunciou que Manaus saiu da fase roxa para a vermelha e liberou a abertura de lojas, shoppings e restaurantes a partir de segunda-feira.

Conforme a SES-AM, na manhã deste sábado (20), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello informou ao secretário de saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, que somente na madrugada do dia 23 de fevereiro o Ministério da Saúde receberá a primeira remessa da vacina de Oxford/AstraZeneca.

E, posteriormente, no final da tarde desse mesmo dia, as doses referentes ao Amazonas sejam entregues ao Estado, que já poderá fazer a distribuição para os municípios.

Ainda de acordo com a SES-AM, uma segunda remessa da vacina Butantan está prevista para ser entregue quarta-feira (24) ao Ministério da Saúde com envio imediato aos Estados. O ministro também informou que a partir do final de março receberá novas doses semanais.

Com a data anterior que o governo do Amazonas contava, dia 22 de fevereiro, a expectativa era de logo dar início a força-tarefa para vacinar as pessoas acima de 50 anos, que seria de imediato, assim que recebessem o recebimento da vacina. O anúncio da data inicial tinha sido feito pelo governador Wilson Lima logo após uma reunião com o ministro Pazuello.

Em relação a distribuição das doses e os grupos prioritários para as próximas fases da campanha, a secretaria de saúde informou que aguarda uma comunicação oficial do Ministério da Saúde.

Conforme foi anunciado por Pazuello, a mobilização do trabalho de vacinação será coordenada pela Prefeitura de Manaus e dos municípios, com o apoio do Governo e de órgãos de saúde, da segurança e Defesa Civil, entre outros.

Segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), até o momento, o Amazonas recebeu 555.620 doses de vacina contra a Covid-19, destas, 553.890 doses entregues e 1.154 doses a serem entregues.

Vacinas no AM

De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), até sexta-feira (19), 235.806 doses foram aplicadas em todo o Estado, segundo os dados parciais do Programa Nacional de Imunização.

Desse total, 214.256 são da primeira dose e 21.550 de segunda dose. A informação está disponível no site da FVS-AM.

O Plano Operacional da Campanha de Vacinação contra Covid-19 no Amazonas, desenvolvido pela FVS-AM, com base nas orientações do Ministério da Saúde (MS), prevê que, nesta primeira fase da vacinação, sejam contempladas pessoas que estejam nos seguintes grupos prioritários:

  • povos indígenas vivendo em terras indígenas;
  • trabalhadores de saúde;
  • pessoas de 80 anos ou mais;
  • pessoas de 75 a 79 anos;
  • pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas e pessoas com institucionalizadas com deficiência.

Quando as primeiras doses da vacina chegou ao Estado houve a polêmica por conta das denúncias de pessoas – do grupo não prioritário – que furaram a fila. A vacinação chegou a ser suspensa no Amazonas, seguido da investigação do Ministério Público sobre irregularidade na aplicação das doses.

Somente após a entrega de uma lista com o nome dos vacinados, a campanha de vacinação foi retomada. O Ministério Público Estadual do Amazonas chegou a pedir a prisão do prefeito de Manaus, David Almeida, e da secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe,

Vacinação em Manaus é suspensa em meio a investigação sobre irregularidade na aplicação das doses
Vacinação em Manaus é suspensa em meio a investigação sobre irregularidade na aplicação das doses

4 min Vacinação em Manaus é suspensa em meio a investigação sobre irregularidade na aplicação das doses

Vacinação em Manaus é suspensa em meio a investigação sobre irregularidade na aplicação das doses

Previsão é que vacinação seja retomada na sexta-feira. MP apura se fila de grupos prioritários para vacina foi furado. Governo estadual vai discutir critérios de prioridade para vacinar profissionais de saúde.

VÍDEOS: mais assistidos do G1 Amazonas nos últimos 7 dias

Deixe um comentário