Deputados aprovam PEC que altera votação de mesa diretora e elegem Roberto Cidade para presidir Aleam

Votações aconteceram durante sessão ordinária da Aleam desta quinta-feira (3). — Foto: Reprodução

Os deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) elegeram o deputado Roberto Cidade como novo presidente da casa, nesta quinta-feira (3). A votação aconteceu após os deputados estaduais aprovarem uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que alterou a eleição da mesa diretora da Aleam.

Até esta quinta, a votação acontecia na última reunião ordinária do ano. A partir desta quinta, os deputados aprovaram a PEC que permite essa manobra, ou seja, permite a votação para a nova presidência dentro de trinta dias anteriores à última sessão do ano.

A votação terminou com 16 votos contra quatro para a aprovação da PEC. Os deputados Alessandra Campelo (MDB), Joana Darc (PL), Abdala Fraxe (Podemos) e Saullo Vianna (PTB) votaram contra a proposta sob alegação de que ela tramitou na Comissão de Constituição três minutos antes de ser aprovada e que os votos teriam sido comprados.

“O deputado Roberto Cidade foi atrás de comprar votos dos colegas deputados estaduais. E eu digo o valor, porque ele não chegou a falar comigo, mas aqui todo mundo fica sabendo das coisas. O voto era R$ 200 mil”, disse a deputada estadual Joana Darc.

A PEC foi subscrita pelos deputados Carlinhos Bessa, Roberto Cidade, Adjuto Afonso, delegado Péricles, Álvaro Campelo, Serafim Corrêa e Wilker Barreto. A justificativa da PEC conjunta alega que a data da votação da mesa diretora era muito rígida.

A aprovação da PEC gerou rompimento entre os deputados da bancada governista. Para os deputados da base do governo, o objetivo da mudança não é apenas uma alteração de data, mas um “golpe orquestrado” para dar início ao processo de cassação do governador Wilson Lima.

“Um golpe orquestrado que tem um objetivo. É importante que a população saiba. O objetivo não é a eleição da mesa. O objetivo é a cassação do governador do estado. Às vezes, quando se escreve alguma coisa, e quero dizer à vossas excelências, inclusive, que estou dizendo isso aqui porque sempre trabalhei com a verdade”, disse a deputada estadual Alessandra Campelo, que também prometeu entrar com ação na Justiça do Estado para invalidar a eleição.

Eleição à presidência da Aleam

Com a mudança, a eleição da nova mesa diretora da Aleam aconteceu em seguida à aprovação da PEC. Por 16 votos contra oito, os deputados estaduais elegeram Roberto Cidade como o novo presidente da casa legislativa.

Presidido por Roberto Cidade, o grupo que comandará o Poder Legislativo nos próximos dois anos, conta com os nomes dos deputados Josué Neto (PRTB) 1° vice-presidente, Mayara Pinheiro Reis (PP) 2° vice-presidente, Adjuto Afonso (PDT) 3° vice-presidente, Delegado Péricles (PSL) secretário geral, Álvaro Campelo 1° secretário, Sinesio Campos 2° vice-secretário, Fausto Júnior 3° vice-secretário, Felipe Souza, Ouvidor e Therezinha Ruiz, Corregedora.

*Com informações de Fábio Melo, da Rede Amazônica.

Veja os vídeos mais assistidos do G1 AM:

Deixe um comentário