David Assayag é transferido para UTI após cinco dias internado com Covid-19 em Manaus

David Assayag é internado com Covid-19 em Parintins — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

O levantador de toadas do boi-bumbá Garantido, David Assayag, foi transferido para a UTI de um hospital particular, em Manaus, nessa quinta-feira (7), para continuar o tratamento contra a Covid-19. Ele está internado desde domingo (3), quando testou positivo para a doença em Parintins.

Segundo um comunicado feito na rede social do cantor, “ele só foi para a UTI porque os médicos recomendaram um tratamento mais intensivo”. Assayag foi transferido para Manaus na segunda-feira (4).

Até esta quinta, mais de 208,7 mil pessoas já foram infectadas pela Covid-19, e mais de 5,5 mil mortes pela doença já foram registradas em todo o Amazonas. Mais uma vez, o Estado registra hospitais e cemitérios lotados por conta de aumento de casos, internações e mortes pela doença.

David Assayag deu entrada no hospital Hospital Jofre Cohen, em Parintins, na tarde de domingo (3), com um quadro de desconforto respiratório provocado pela doença e pneumonia. Ele recebeu tratamento com oxigênio e permaneceu internado, também por ter hipertensão e diabetes. Na segunda (4), o artista foi transferido para Manaus. Na sexta-feira (1º), o cantor participou da cerimônia de posse do prefeito eleito de Parintins, Bi Garcia.

David Assayag no Boi Garantido — Foto: Reprodução

Casos de Covid-19 em alta

De acordo com atualização mais recente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), mais de 208,7 mil pessoas já foram infectadas pela Covid no Amazonas, com mais de 5,5 mil mortes pela doença. O estado voltou a ter registrar aumento de casos, mortes e internações por covid-19 nas últimas semanas. Por conta da situação, o comércio não essencial está proibido de abrir por 15 dias.

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), anunciou na quinta-feira (7) que negocia a aquisição de 700 mil doses da vacina produzida pela empresa AstraZeneca para combate à Covid-19 na capital. No entanto, datas não foram definidas e detalhes sobre o plano de imunização não foram informados.

Na segunda-feira (4), o estado registrou o maior número de novas internações desde o início da pandemia, com 183 pessoas hospitalizadas. Em Manaus, onde o número de internações já havia superado os registros de abril e maio – quando houve colapso na saúde -, também houve um novo pico nesta segunda: 177 novos hospitalizados com Covid-19.

Diante desse cenário, o Amazonas atingiu a ‘fase roxa’ na pandemia, ou seja, o estágio mais grave de transmissão da doença, segundo a FVS.

Amazonas bate novo recorde de internações por Covid

Amazonas bate novo recorde de internações por Covid

VÍDEOS: mais assistidos do G1 AM nos últimos 7 dias

Deixe um comentário