Capacete elmo é usado em pacientes com Covid-19 em hospitais de Manaus

Capacete elmo é usado para tratamento de pacientes com Covid-19 — Foto: Divulgação

Quarenta capacetes desenvolvidos para tratar pacientes com Covid-19 foram enviados a unidades da rede de saúde do Amazonas pelo governo do Ceará. No total, dez hospitais da capital receberam o equipamento, entre eles, a maternidade Ana Braga, em Manaus.

O capacete elmo é um equipamento não-invasivo de respiração, desenvolvido por pesquisadores da Escola de Saúde Pública do Ceará. No início de fevereiro, profissionais das unidades de saúde participaram do treinamento para o manuseio do capacete elmo e serão multiplicadores nos hospitais onde os equipamentos serão utilizados. Estão sendo capacitados profissionais médicos, enfermeiros e fisioterapeutas.

“O Capacete Elmo é uma criação genuinamente brasileira. Foi inventado, foi criado por pesquisadores do Ceará, e agora estamos sendo contemplados no Amazonas, com o recebimento, na rede pública, de algumas unidades”, disse a fisioterapeuta da maternidade Ana Braga, Joelma Barbosa.

De acordo com Joelma Barbosa, o equipamento é utilizado em pacientes que poderiam evoluir para uma possível intubação. “A gente precisa observar alguns parâmetros. Se é um paciente que está bem orientado, se é um paciente que é colaborativo e se é um paciente que não está tendo falha de ventilação não invasiva”, explicou a fisioterapeuta.

Além da Covid-19, o capacete é indicado para pacientes com infecções respiratórias como pneumonia, asma, bronquite ou que esteja em risco de evoluir para uma insuficiência respiratória, por conta da infecção.

Hospitais contemplados

O Hospital 28 de Agosto e o Instituto da Mulher Dona Lindu também já contam com quatro unidades do equipamento, que será utilizado conforme a necessidade dos pacientes.

Os hospitais João Lúcio, Platão Araújo, Hospital Nilton Lins, Hospital Delphina Aziz, Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) devem começar a usar o capacete nos próximos dias.

Equipamento de respiração não invasiva foi desenvolvido por pesquisadores da Escola de Saúde Pública do Ceará — Foto: Divulgação

Capacete Elmo, de tecnologia cearense, diminui risco de intubação de pacientes com Covid-19
Capacete Elmo, de tecnologia cearense, diminui risco de intubação de pacientes com Covid-19

3 min Capacete Elmo, de tecnologia cearense, diminui risco de intubação de pacientes com Covid-19

Capacete Elmo, de tecnologia cearense, diminui risco de intubação de pacientes com Covid-19

Um capacete desenvolvido por pesquisadores do Ceará e aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reduz até 60% a necessidade de intubação e internação em UTIs de pacientes com casos mais graves de Covid-19.

Veja os vídeos mais assistidos do G1 Amazonas:

Deixe um comentário