Arquivo de etiquetas: destaque

Fapeam divulga resultado da etapa de enquadramento do PCE 2019

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) divulga o resultado da etapa do enquadramento do Programa Ciência na Escola (PCE) edital N°003/2019. Um total de 688 propostas de professores da rede pública estadual e municipal de ensino do Amazonas foi aprovada nessa fase. As propostas enquadradas passarão pela análise de mérito.

Desenvolvido pela Fapeam, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino do Amazonas (Seduc) e Secretaria Municipal de Manaus (Semed), o programa tem como objetivo despertar a vocação científica e incentivar talentos entre os estudantes de ensino público, bem como contribuir para o processo de formação continuada dos professores.

PCE

O PCE apoia a participação de professores do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, da 1ª à 3ª série do ensino médio e suas modalidades: Educação de Jovens e Adultos, Educação Escolar Indígena, Atendimento Educacional Específico e Projeto Avançar, em projetos de pesquisa a serem desenvolvidos em escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus.

Resultado de Enquadramento do PCE

 

Por Jessie Silva

O post Fapeam divulga resultado da etapa de enquadramento do PCE 2019 apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam lança sete editais de apoio à ciência, tecnologia e inovação, com aporte de R$ 20 milhões do Governo do Estado

Com investimento da ordem de R$ 20 milhões, o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), lançou, na quinta-feira (13/06), mais sete editais de programas para apoiar a formação de recursos humanos, pesquisa, inovação, difusão e popularização da ciência. O evento de lançamento ocorreu no auditório da sede do Governo, bairro Compensa, zona oeste de Manaus, com as presenças do governador Wilson Lima e da diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales.

Oriundo do tesouro estadual e resultado do compromisso do Governo do Amazonas com a política de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), o investimento contribui para o aumento do estoque de conhecimentos científicos e tecnológicos, bem como para o desenvolvimento econômico e social do Estado. “Eu entendo a importância da pesquisa, principalmente na região em que nós vivemos, onde temos tantas possibilidades, tantos recursos e também onde temos tantas necessidades. Necessitamos de inovação, de tecnologia”, afirmou o governador Wilson Lima.

WhatsApp Image 2019-06-13 at 18.52.50

Governo do Amazonas, por meio da Fapeam, lança editais de apoio à CT&I no Amazonas. Foto: Érico Xavier

Desde o início do ano, a Fapeam já lançou dois grupos de editais, com um total de mais R$ 57 milhões. “Todas as vezes que lançamos editais, isso é feito em consonância com a política do Governo do Estado, porque acreditamos fortemente no impulso em relação à formação e capacitação de recursos humanos e também de fomento a pesquisa para que efetivamente a ciência funcione como uma ferramenta muito importante na resolução dos problemas do Estado”, destacou a diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales.

Dos sete editais lançados nesta quinta-feira, quatro têm um olhar diferenciado para o interior do Estado. “A ciência, tecnologia e inovação são uma ferramenta indispensável para qualquer processo de inovação e empreendedorismo e nós estamos justamente buscando essas alternativas, fortalecendo para isso o interior do Estado. Vários dos editais que estão aqui têm um olhar diferente para o interior para fortalecer essa busca de soluções”, afirmou Perales.

WhatsApp Image 2019-06-13 at 18.46.29

Dos sete editais lançados, quatro têm um olhar diferenciado para o interior do Estado. Foto: Érico Xavier

Propostas – O investimento de R$ 20 milhões dos sete editais vai atender as propostas que serão selecionadas nos seguintes editais: Programa de Apoio à Publicação de Artigos Científicos (Papac); Programa de Apoio à Manutenção de Equipamentos (Pameq); Programa de Apoio à Pesquisa (Universal Amazonas); Programa de Apoio à Popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação (Pop CT&I) e Programa de Apoio à Organização, Restauração, Preservação e Divulgação das Coleções Biológicas e de Museus do Estado do Amazonas (Coleções Biológicas/Museus), Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev) e Programa de Apoio à Incubadoras (Pró-Incubadoras).

Logo mais os novos editais estarão disponíveis no site da Fapeam, com exceção do Pró-Incubadoras que será publicado posteriormente.

Os recursos fomentados pela Fapeam, por meio dos editais, serão destinados exclusivamente para apoiar atividades de pesquisa nas linhas de ação da Fundação: Formação e Capacitação de Recursos Humanos para CT&I; Pesquisa Tecnologia e Inovação; Infraestrutura e Organização Institucional para CT&I; Popularização e Difusão da CT&I; e Intercâmbio e Cooperação Interinstitucional, Nacional e Internacional.

Secom e Fapeam

O post Fapeam lança sete editais de apoio à ciência, tecnologia e inovação, com aporte de R$ 20 milhões do Governo do Estado apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam amplia número de bolsas para estudantes de iniciação científica no Amazonas

As instituições de ensino e pesquisa do Amazonas vão receber um reforço aos seus programas de iniciação científica. Num empenho do Governo do Estado em fortalecer a Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) amplia a oferta de cotas de bolsas para o Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic) edição 2019-2020.

A nova edição do programa contará com investimento de mais de R$ 7 milhões, divididos em cotas para bolsas e auxílio pesquisa. No total, serão 1.282 cotas de bolsas, distribuídas para estudantes de 14 instituições do Estado. Trata-se de 280 bolsas a mais que em 2018, o que representa um aumento de 28%. O valor da bolsa para estudante de iniciação científica corresponde a R$400, ao mês, por 12 meses.

A Fapeam manteve  o apoio às coleções biológicas das instituições de ensino e pesquisa do Amazonas. Serão 12 bolsas exclusivas para esse pleito, a serem distribuídas entre o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia).

 

MICHELE SANCHES - DOUTORANDA - INPA - FOTO ERICO X._-4

Fapeam amplia número de bolsas para estudantes de iniciação científica no Amazonas. Foto: Érico Xavier

 

A diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, ressaltou que o Governo do Estado, por meio da Fapeam, tem reafirmado seu compromisso com a CT&I no Amazonas, ao dedicar atenção especial aos programas que possibilitam aos jovens vivenciarem o processo de iniciação científica.

“A Fapeam tem avaliado todas as possibilidades para atender às demandas postas pelas instituições de CT&I, sobretudo, dedicando-se estrategicamente no incentivo aos estudantes para que possam crescer nas atividades de pesquisa. O Paic possibilita aos estudantes de graduação o envolvimento com a ciência e qualificação, por meio da vivência em projetos de iniciação científica, bem como fortalece o cenário de formação de recursos humanos  com uma possível continuidade acadêmica em nível de mestrado e doutorado”, disse.

Diretora Presidente da FAPEAM Márcia Perales  - Fotos Érico Xavier. _-2

Márcia Perales – diretora-presidente da Fapeam. Foto: Érico Xavier

 

Cotas de bolsas para instituições

A distribuição das bolsas será entre as seguintes instituições: Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas do Amazonas (Ifam), Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Fundação de Dermatologia Tropical e Venereologia Alfredo da Matta (Fuam), Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), ILMD/Fiocruz Amazônia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), UEA e Ufam.

Paic

O programa  apoia instituições de Ciências e Tecnologias (ICT’S), de natureza pública ou privada, sem fins lucrativos, sediadas no Estado do Amazonas, por meio da concessão de bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica, sob forma de cotas.

A Fapeam tem como missão fomentar a pesquisa científica, o desenvolvimento tecnológico, a inovação e formação de recursos humanos.

 

Por Esterffany Martins

O post Fapeam amplia número de bolsas para estudantes de iniciação científica no Amazonas apareceu primeiro em FAPEAM.

Articulação do Programa Centelha continua em Manaus

Visando estabelecer potenciais parcerias para atuar no Programa Centelha, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) estiveram nesta terça-feira (4/6) no Instituto Euvaldo Lodi (IEL) para apresentar e divulgar o Programa, que tem previsão para ter edital lançado ainda neste mês pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep).

Segundo a coordenadora local do Programa Centelha, Kathya Thomé, a visita aos possíveis parceiros é para que eles possam atuar no Programa como divulgadores, captadores de ideias e difundir o Centelha  aos seus clientes  e  público.

“Acreditamos que vamos absorver esses parceiros e, consequentemente, teremos bons resultados na apresentação de propostas, bem como na própria pré-incubação de possíveis  startups que vierem a ser implementadas”, disse.

Segundo a Superintendente Regional do IEL Amazonas, Andrea Guerra Araújo, o Instituto vai divulgar o Programa Centelha para a rede de contatos que eles possuem com um público bastante extenso e que abrange empresas, estagiários, jovens aprendizes e pós-graduação. “O IEL pretende fazer um evento de divulgação voltado para o empreendedorismo e especificamente para a divulgação do Programa Centelha. A ideia é estimular os jovens a desenvolverem ideias que possam se tornar projetos a serem submetidos ao Programa”, disse.

04.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA VISITA IEL - FOTOS ÉRICO X._

Equipe da Fapeam  apresenta Programa Centelha para representantes do IEL. Foto: Érico Xavier

 

Outras visitas

Na segunda-feira (3/6) a equipe da Fapeam apresentou o Programa Centelha para representantes do Impact Hub Manaus e do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT).

A Co-Fundadora do Impact Hub Manaus, Juliana Telles de Andrade, explica que o espaço fomenta o empreendedorismo e a inovação e que o trabalho desenvolvido no Impact  vai ao encontro dos objetivos propostos pelo Programa Centelha. “Queremos ver mais negócios e fomentar a cultura do empreendedorismo na nossa cidade e na nossa região. O Programa está nessa linha de buscar pessoas e oferecer as ferramentas para que as ideias virem para prática”, disse.

 

03.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA NO ESPAÇO HUB - FOTOS ÉRICO X._-3

Equipe da Fapeam visita espaço Impact Hub Manaus. Foto: Érico Xavier

 

Segundo a consultora de negócios do  INDT, Gláucia Campos, o Centelha é fundamental para o amadurecimento do ecossistema de inovação na região. “Quando unimos forças  podemos  dar suporte para que as Startups virem um negócio promissor e  se desenvolvam regionalmente para oferecer emprego e gerar  renda”, comentou.

 

03.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA E INDT - FOTOS ÉRICO X._-8

Consultora de negócios do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico, Gláucia Campos. Foto: Érico Xavier

 

Programa Centelha

A iniciativa, que no Amazonas será executada pela Fapeam, é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação Certi.

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. Estão entre os objetivos do Programa, gerar novas empresas, a partir do conhecimento concebido nas instituições de ciência, tecnologia e inovação; gerar inovações de interesse direto da sociedade e de empresas; formar cultura e fortalecer ecossistema de empreendedorismo inovador.

Podem concorrer ao Programa pessoas físicas ou empresas, que atenderem às exigências do edital.

 

Por Helen de Melo e Jessie Silva

 

 

 

O post Articulação do Programa Centelha continua em Manaus apareceu primeiro em FAPEAM.

Confap e Conselho Britânico abrem chamada para workshops entre pesquisadores do Brasil e do Reino Unido

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o Conselho Britânico, no contexto do Fundo Newton, lançaram na segunda-feira (3/6) a Chamada 2019-2020 do programa Researcher Links. O programa tem como objetivo apoiar a realização de workshops científicos que sirvam como plataformas para a colaboração entre cientistas brasileiros e britânicos.

Financiado com recursos das Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) participantes e do Fundo Newton, o programa Researcher Links oferece até 44 mil libras esterlinas para a realização dos workshops. Participam desta chamada as Fundações dos Estados de Alagoas (Fapeal), Amazonas (Fapeam), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Minas Gerais (Fapemig), Paraná (Fundação Araucária), São Paulo (Fapesp) e do Distrito Federal (FAPDF).

Acesse a chamada aqui: http://confap.org.br/pt/editais/29/researcher-links-workshops-2019-2020

researcher-links-2

Os workshops deverão ser coordenados por pesquisadores seniores de reconhecida competência nos seus campos de atividades. Os dois coordenadores (um pesquisador britânico e um brasileiro) poderão identificar quatro outros pesquisadores líderes, dois de cada país, para participar como mentores, e os demais participantes deverão ser pesquisadores em início de carreira de ambos os países (entre 12 a 17 de cada país). Os workshops deverão ser em inglês e com duração entre 3 a 5 dias. A iniciativa busca servir como plataforma para a colaboração entre cientistas das duas localidades, de modo a dar suporte internacional às pesquisas e estabelecer novos links que se desenvolvam a longo prazo entre os dois países.

A  ideia da proposta deve trazer um benefício social para o Brasil, ou seja, demonstrar impacto direto ou indireto em populações vulneráveis ou de baixa renda. Todos os projetos financiados pelo Newton Fund seguem os critérios da OECD para investimento tipo ODA (sigla em inglês para Assistência Internacional para o Desenvolvimento).

Requisitos

Propostas devem ser submetidas conjuntamente por dois pesquisadores, um brasileiro dos estados participantes e um britânico. Os proponentes devem ser pesquisadores seniores, ou seja, que consigam demonstrar a relevância de seu trabalho em seu campo de conhecimento. Serão consideradas evidências de relevância: títulos, publicações, colaborações internacionais, orientação e/ou supervisão.

O proponente no Brasil deve estar filiado a uma universidade ou instituição/centros de pesquisa, públicos ou privados sem fins lucrativos, nos estados mencionados anteriormente. Algumas FAPs poderão possuir as suas próprias orientações associadas a essa chamada. As partes interessadas deverão consultar a sua FAP apoiadora antes de preparar a proposta.

University UK International – UUKi, instituição parceira, auxilia as organizações brasileiras a encontrar instituições com interesses similares no Reino Unido para projetos do British Council financiados pelo Fundo Newton. Para saber mais, escreva para newton@international.ac.uk, indicando o assunto “Researcher Links 2019/2020 – Brazil call” ou acesse o site http://www.universitiesuk.ac.uk/International/funding-and-opportunities/Pages/newton-fund.aspx

Cronograma e envio de propostas
A chamada permanecerá aberta até às 16h horas (4:00 pm) horário de Londres do dia 9 de agosto de 2019. Os workshops selecionados deverão ser realizados entre 1º de fevereiro de 2020 e 31 de janeiro de 2021.

O edital (Guidelines for Applicants, em inglês) e o formulário de inscrição para esta chamada estão disponíveis no site global do British Council (https://www.britishcouncil.org/education/science/current-opportunities/newton-fund-researcher-links-workshops?_ga=2.73371923.1876622296.1559598007-1699884055.1559598007).

Mais informações: newton@britishcouncil.org.br

Coordenação de Comunicação Social do Confap com informações do Conselho Britânico

O post Confap e Conselho Britânico abrem chamada para workshops entre pesquisadores do Brasil e do Reino Unido apareceu primeiro em FAPEAM.

Prorrogado prazo para manifestação de interesse à Chamada ERC – Confap-CNPq 2019

As inscrições para a manifestação de interesse e pedido à lista de contatos aos grupos de pesquisadores do European Research Council (ERC) participantes da Chamada ERC Confap-CNPq Call 2019 foram prorrogadas até o dia 6 de junho de 2019. A Chamada Pública foi lançada pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para pesquisadores doutores vinculados a instituições de pesquisa brasileiras integrarem equipes de Pesquisadores Principais com projetos financiados pelo Conselho Europeu de Pesquisa (European Research Council – ERC).

A Chamada é lançada por meio do Acordo (Implementing Arrangement) assinado entre a Comissão Europeia e o Confap, em 2016, e inclui o CNPq por meio do Arranjo Administrativo (Administrative Arrangement) assinado entre as instituições, em maio de 2018. Pelo Confap, participam desta chamada as Fundações dos Estados de Alagoas (Fapeal), Amapá (Fapeap), Amazonas (Fapeam), Bahia (Fapesb), Ceará (Funcap), Distrito Federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Mato Grosso (Fapemat), Mato Grosso do Sul (Fundect), Minas Gerais (Fapemig), Pará (Fapespa), Paraíba (Fapesq), Paraná (Fundação Araucária), Pernambuco (Facepe), Piauí (Fapepi), Rio de Janeiro (Faperj), Rio Grande do Sul (Fapergs), Santa Catarina (Fapesc), São Paulo (Fapesp) e Sergipe (Fapitec).

Para submeter uma proposta, o pesquisador vinculado a uma instituição brasileira deverá se cadastrar na plataforma do Confap (http://www.confap.org.br/news/ercform/public/login), observando as exigências do edital, para ter acesso à lista dos projetos fomentados pelo ERC que podem receber pesquisadores brasileiros, incluindo a descrição dos projetos fomentados pelo ERC e contatos dos pesquisadores desses projetos. Algumas Fundações podem ter critérios de elegibilidade específicos que devem ser consultados antes da submissão.

A lista é enviada após o preenchimento do formulário cumprindo os requisitos em até cinco dias úteis. Feito isso, o pesquisador do Brasil deverá contatar o pesquisador principal do projeto financiado pelo ERC e acordar sua participação. O pesquisador precisará receber do pesquisador principal do ERC e de sua instituição de destino um aceite, que é necessário para sua elegibilidade à submissão da proposta de trabalho.

De posse das cartas de aceite e incluindo os documentos solicitados na Chamada Pública, o pesquisador fará, em seguida, a submissão da proposta na plataforma do Confap, observando as possíveis exigências de elegibilidade junto à Fundação de seu estado e ao CNPq. Pesquisadores dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco também deverão submeter as propostas no sistema específico da Fundação correspondente, conforme constado do edital.

Cronograma

– Abertura da Chamada 2019: 10 de abril de 2019
– Apresentação da manifestação de interesse e pedido da lista: prorrogada até 6 de junho de 2019
– Submissão de propostas: até 30 de junho de 2019

Fomento

Os projetos aprovados terão início no segundo semestre de 2019. As visitas poderão ser realizadas em um período contínuo ou divididas em visitas curtas. As FAPs e o CNPq apoiarão os projetos aprovados viabilizando as despesas de viagem. Os pesquisadores brasileiros aprovados na chamada continuarão a receber seus salários ou bolsas de acordo com os termos e condições de suas Instituições.

Os pesquisadores brasileiros visitantes aprovados e incorporados no grupo de pesquisadores financiados pelo ERC poderão receber suporte dos projetos ERC e o fomento poderá ser negociado e definido entre os Pesquisadores Principais (ERC Grantees) e os pesquisadores brasileiros.

Mais informações podem ser consultadas no link (https://erc.europa.eu/managing-your-project/set-and-develop-your-team). Esclarecimento de dúvidas e suporte podem ser solicitados pelo e-mail: confap.erc.ia@gmail.com

Acesse aqui a ERC – Confap – CNPq Call 2019: http://confap.org.br/pt/editais/28/erc-confap-cnpq-call-2019.

Acesse aqui o Corrigendum que altera o cronograma: http://confap.org.br/pt/editais/download/95

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do Confap

O post Prorrogado prazo para manifestação de interesse à Chamada ERC – Confap-CNPq 2019 apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam participa da 12ª Reunião do Fórum de Gestores de Instituições de Ensino e Pesquisa do Amazonas

Fortalecer a colaboração entre as instituições de ensino e pesquisa no Amazonas em favor do desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) foi o objetivo da 12ª Reunião do Fórum de Gestores de Instituições de Ensino e Pesquisa do Amazonas realizada na terça-feira (28/05) na sede da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

Promovido pela Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti), o Fórum reuniu reitores de universidades públicas e particulares e gestores de instituições de ciência, tecnologia e inovação no Amazonas, com intuito de trocar informações, experiências e cooperação técnica.

29.05.2019 - REUNIÃO DO FÓRUM DE GEST. DE INST. DE ENS. E PESQ DO AMAZ - FOTOS ÉRICO X._-58

12ª Reunião do Fórum de Gestores de Instituições de Ensino e Pesquisa do Amazonas. Foto: Érico Xavier

A diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, destacou a importância do Fórum e do diálogo entre as instituições de ensino e pesquisa para o fortalecimento da CT&I do Amazonas.

Durante o encontro, Márcia Perales apresentou os investimentos e principais programas desenvolvidos pela Fapeam ao longo de 10 anos (2008-2018), bem como os novos editais lançados e com previsão de lançamento ainda  em 2019.

“A Fapeam interage com todas as instituições de ensino e pesquisa do Estado e o Fórum tem o intuito de aproximar ainda mais as instituições para que possam atuar de forma conjunta para o desenvolvimento da CT&I no Amazonas, com uma agenda convergente, que contemple as reivindicações e demandas institucionais”, comentou.

29.05.2019 - REUNIÃO DO FÓRUM DE GEST. DE INST. DE ENS. E PESQ DO AMAZ - FOTOS ÉRICO X._-57

Márcia Perales – Diretora-presidente da Fapeam. Foto: Érico Xavier

O Programa Centelha foi um dos destaques apresentado pela Fapeam, uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), que será executado no Amazonas pela Fundação.

Dentre os programas desenvolvidos pela Fapeam, a diretora-presidente evidenciou a importância do Programa Ciência na Escola (PCE), desenvolvido pela Fapeam, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc-AM) e Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed), direcionado a professores e estudantes da educação básica de escolas públicas do Amazonas, que esse ano completa 15 anos.  Em comemoração à data, o programa contará com premiação para os melhores projetos de 2019.

29.05.2019 - REUNIÃO DO FÓRUM DE GEST. DE INST. DE ENS. E PESQ DO AMAZ - FOTOS ÉRICO X._-3

Tatiana Schor- Secretária executiva de CT&I. Foto: Érico Xavier

A secretária executiva de CT&I, Tatiana Schor, destacou a retomada do Fórum e a importância da participação das instituições para garantir a estruturação e o fortalecimento das políticas públicas de ciência e tecnologia.

“No fórum conseguimos reunir forças, pensar juntos e tentar fazer com que essa área da CT&I no Amazonas se fortaleça. Então, a retomada do fórum é extremamente importante, essa é a 12ª reunião, sendo que a 11ª foi em 2014, 5 anos atrás”, pontuou.

29.05.2019 - REUNIÃO DO FÓRUM DE GEST. DE INST. DE ENS. E PESQ DO AMAZ - FOTOS ÉRICO X._-17

Cleinaldo Costa – reitor da UEA. Foto: Érico Xavier

Segundo o reitor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Cleinaldo Costa, a retomada do Fórum faz jus ao papel estratégico que o estado tem na área de ciência e tecnologia.

“É um Fórum colaborativo em que as universidades, instituições de pesquisa trabalham juntas e contribuem para o crescimento do Amazonas no cenário de ciência e tecnologia nacional e internacional. Esse fórum tem esse foco, esse objetivo e eu parabenizo essa ação tão importante”, comentou.

Pauta

Dentre as pautas discutidas na reunião pela Seplancti foi destacada a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, evento tradicional do calendário de popularização e divulgação da ciência. A previsão é que seja uma expoxição ,Expo- CTI, um evento com maior participação de diversos segmentos da sociedade, a ser realizado em novembro, no Centro de Convenções Vasco Vasques, com transmissões via Central de Mídias da Seduc.

Outro tema discutido durante o Fórum foi a futura parceria do Governo do Amazonas com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que conforme a chefe do departamento de políticas públicas da Seplancti, Nina Best, a proposta  está em trâmite para firmar parceria.

 Calendário

 As próximas reuniões do Fórum de Gestores foram definidas para os dias 27 de agosto, 12 de novembro e 18 de fevereiro de 2020.

Por Jessie Silva

O post Fapeam participa da 12ª Reunião do Fórum de Gestores de Instituições de Ensino e Pesquisa do Amazonas apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam realiza workshop para consolidação de parcerias institucionais do Programa Centelha

Representantes de 21 instituições de ensino e pesquisa e atores envolvidos no ecossistema de ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo no Amazonas firmaram parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) para dar apoio e suporte à edição regional do Programa Centelha, previsto para ser lançado no mês de junho.

A cooperação foi formalizada durante o Workshop Regional para Consolidação de Parceiros do Programa Centelha, promovido pela Fapeam na sexta-feira (24/05), na sede da instituição, bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

Os parceiros têm papel importante no desenvolvimento do Programa. Eles podem auxiliar na realização de eventos de divulgação do Centelha, orientação aos interessados em participar do programa, esclarecimentos de dúvidas, dentre outras formas.

Participaram da mesa de abertura do Wokshop pela Fapeam a diretora-presidente, Márcia Perales, a diretora técnico-científica, Marne Vasconcellos, o gerente técnico da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), Nonato Aguiar, e a chefe de Departamento de Políticas Públicas da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti), Nina Best.

24.05.2019 - WORKSHOP CENTELHA - FAPEAM - FOTOS ÉRICO XAVIER_-15

Workshop Regional para Consolidação de Parceiros do Programa Centelha- AM. Foto: Érico Xavier

Márcia Perales disse que o Programa Centelha se destaca como uma ferramenta que irá catalisar e apoiar potenciais ideias para produzir não só impacto na área científica e tecnológica, mas também impacto social, econômico e político para o Estado.

“Queremos contar também com o apoio de um conjunto mais amplo de instituições, porque se conseguirmos fortalecer esse ecossistema de inovação teremos resultados ainda mais promissores para a sociedade amazonense, para a ciência e a inovação”, comentou, enfatizando que outras parcerias institucionais podem ser formalizadas para o Programa Centelha.

Nina Best disse que o Centelha é uma iniciativa fantástica e importante no fomento de ideias inovadoras, principalmente nesse momento no qual é discutida a Matriz Econômica do Estado. Destacou ainda que a Seplancti entra como parceiro interveniente para apoiar na disseminação do Programa, que tem futuro promissor.

Representando a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), o gerente técnico, Nonato Aguiar, destacou que o Programa Centelha é importante por trabalhar o empreendedorismo criativo, por meio da transformação de ideias inovadoras em produtos e serviços para serem disponibilizados à sociedade.

24.05.2019 - WORKSHOP CENTELHA - FAPEAM - FOTOS ÉRICO XAVIER_-221

Parceiros institucionais têm papel importante no desenvolvimento do Programa Centelha-AM. Foto: Érico Xavier

 

Visão dos parceiros

O representante do sistema de startup Jaraqui Valley, Macaulay Souza, explica que para o ecossistema de startups se consolidar precisa de cinco pilares e um desses  é justamente capital financeiro,  e o Programa Centelha vem contribuir com isso.

“O Centelha é um programa muito interessante para o ecossistema e  vamos apoiar, compartilhando com outros empreendedores da nossa rede para que eles submetam ideias e, possivelmente,  sejam selecionados”, disse.

Para o coordenador da incubadora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Sálvio Rizzato, a parceria com a Fapeam, por meio do Centelha, surge num momento importante no desenvolvimento da economia do Estado.

“A grande contribuição da UEA é formar alunos multiplicadores do Programa para que eles possam fomentar essa centelha do empreendedorismo no Amazonas, com a possibilidade de geração de negócios no interior e para desenvolver não somente a capital, mas também a região como um todo”, disse.

Segundo o coordenador da incubadora do Centro Universitário do Norte (UniNorte), Ramdas Lopes, a instituição concederá apoio institucional, técnico e de infraestrutura, além de capital intelectual como assessoria, consultoria e treinamentos de capacitação sobre o Programa Centelha.

O coordenador de empreendedorismo da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Wildney Mourão, informou que a Fundação entrará como parceira para participar, se possível, de todas as etapas do Centelha, desde a qualificação dos empreendedores, sensibilização, oficinas e propostas de projetos para estimular empreendedores a participarem do Programa.

Para o coordenador de pós-graduação do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Paulo Maurício, o Programa Centelha traz um grande estímulo para que os institutos dedicados à ciência e à pesquisa possam tirar seus conhecimentos de laboratório para a geração de produtos.

24.05.2019 - WORKSHOP CENTELHA - FAPEAM - FOTOS ÉRICO XAVIER_-27

Instituições de ensino e pesquisa e atores que fazem parte do ecossistema de empreendedorismo no Amazonas participaram do Workshop. Foto: Érico Xavier

 

Programa Centelha

A iniciativa, que no Amazonas será executada pela Fapeam, é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação Certi.

Com previsão para ser lançado a partir do mês de junho, o Programa Centelha será realizado em 21 estados. Estão entre os objetivos do Programa, gerar novas empresas, a partir do conhecimento concebido nas instituições de ciência, tecnologia e inovação; gerar inovações de interesse direto da sociedade e de empresas; formar cultura e fortalecer ecossistema de empreendedorismo inovador.

Podem concorrer ao Programa pessoas físicas ou empresas, que atenderem às exigências do edital, a ser lançado.

Por Jessie Silva e Helen Melo

O post Fapeam realiza workshop para consolidação de parcerias institucionais do Programa Centelha apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam encerra ciclo de visitas em instituições de Manaus para articulação do Programa Centelha

Um total de 15 instituições de Manaus recebeu visitas de representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) para apresentar e divulgar o Programa Centelha. O encerramento dessa etapa de articulação e preparação das instituições de ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo finalizou com palestras ministradas no Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa/Amazônia Ocidental) Centro Universitário do Norte (UniNorte) e Instituto Federal do Amazonas (Ifam).

23 .05.2019 - PROGRAMA CENTELHA - VISITA EMBRAPA - FOTOS BARBARA BRITO_-14

Representantes da Embrapa Amazônia Ocidental

O Programa Centelha no Amazonas será executado pela Fapeam. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e  Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação Certi.

As visitas iniciaram no dia 15 de maio e tiveram como objetivo conquistar parcerias institucionais e incentivar a participação de pessoas físicas para submeterem ideias inovadoras ao edital do Programa, que será lançado no mês de junho.

A diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos, destacou que em todas as visitas às instituições os representantes da Fapeam foram bem recebidos, assim como o Programa Centelha bem aceito, independente das características específicas de cada uma.

“Todas as visitas tiveram êxito. Encerramos a primeira etapa e iremos agora para a formalização dos agentes centelhas que serão os atores fundamentais desse processo, os multiplicadores da divulgação e da capacitação de ideias para a submissão de propostas ao Centelha ”, disse.

 

23.05.2019 - PROGRAMA CENTELHA VISITA FIOCRUZ- FOTOS EDUARDO-4

diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos ao centro, com diretores da Fiocruz

 

O chefe geral da Embrapa, Celso Paulo de Azevedo, disse que a instituição deve ajudar não somente na divulgação do Programa, mas também na seleção de ideias, auxiliando principalmente produtores e estudantes que tenham alguma solução para o setor primário.

“O Programa é excelente, resolve alguns problemas locais. A Embrapa desenvolve tecnologias e às vezes essas tecnologias não chegam aos produtores, então acreditamos que através do Centelha nós aproximaremos um pouco o resultado das pesquisas com a solução chegando ao produtor”, disse.

Segundo a reitora do UniNorte, Nilzete Teixeira Santiago, é uma satisfação firmar parceria para o Programa e o centro universitário poderá contribuir em todas as etapas do Centelha.

O diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz, vê com bons olhos a oportunidade que será dada pelo Programa Centelha a pesquisadores, estudantes e demais grupos.

“Essa iniciativa vem ao encontro de outras já apresentadas pela Vice-Presidência de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, como o Programa Inova Fiocruz, que apoia projetos tecnológicos e inovadores em Saúde, nas áreas de atuação da Fundação Oswaldo Cruz”, explicou.

A coordenadora geral de Empreendedorismo e Incubadoras (CGEI/ Ifam), Maria Goretti Araújo, explica a importância do Centelha para os estudantes, o programa será uma oportunidade e incentivo  de desenvolvimento de  projetos de  inovação, vai preparar  o aluno  ser para modelar ideias  na  construção de futuras  empresas incubadoras.

 

Por Esterffany Martins, Helen de Melo e Jessie Silva

Fotos: Barbara Brito e Érico Xavier

O post Fapeam encerra ciclo de visitas em instituições de Manaus para articulação do Programa Centelha apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam visita instituições de Manaus para articulação e preparação do Programa Centelha

Seguindo o roteiro de visitas da etapa de articulação e preparação do Programa Centelha, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) estiveram nesta quarta-feira (22/5) em instituições de ensino e pesquisa e em entidades envolvidas no ecossistema de empreendedorismo e inovação no Amazonas, para apresentar e tratar de assuntos relacionados ao Programa Centelha, a ser lançado pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep).

As visitas foram realizadas no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) e  a Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

A diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos, destacou que as reuniões têm o objetivo de formar uma rede de parceiros institucionais para contribuir na captação de ideias inovadoras ao Programa Centelha, que visa transformar ideias em negócios de sucesso.

“A expectativa é que 2 mil ideias sejam submetidas do Amazonas ao programa, que tem previsão para ser lançado a partir do mês de junho”, disse.

Marne Vasconcellos destacou que as reuniões têm sido positivas e que o Sebrae, por exemplo, sinalizou a possibilidade de atuar em várias fases do processo dentro do Centelha. Ela afirma que isso é algo importante, tendo em vista a expertise que a entidade tem e o trabalho realizado voltado para esse público na área de empreendedorismo.

A gerente da unidade de solução empresarial do Sebrae Amazonas, Sâmia Nunes, conta que ficou encantada ao conhecer o Centelha, principalmente por ser mais uma forma de incentivo para quem está na fase de ideação.

“O Sebrae trabalha com uma pré-aceleração desse público, e a gente observa que em determinado momento tem uma necessidade de injetar um recurso pra que essas ideias sejam realmente impulsionadas. O Programa Centelha  vem ao encontro disso,  e estamos com pensamento positivo, ansiosos para o lançamento desse edital, para divulgarmos juntos aos nossos empreendedores, aos empresários, para que eles possam participar desse programa”, comentou.

22.05.2019 - PROGRAMA CENTELHA - VISITA SEBRAE  - FOTOS ÉRICO X._-24

Visita de apresentação do Centelha no Sebrae Amazonas. Foto: Érico Xavier

O gerente técnico da Afeam, Nonato Aguiar, destacou o fato do Centelha ser voltado para incentivo da inovação no Amazonas. Ele comenta que a Afeam, como agência de fomento, avalia o Centelha como algo importante para o desenvolvimento do Estado.

“Vamos poder participar em alguns tópicos como, por exemplo, na divulgação, com palestras sobre o Centelha e indicar especialistas,  além de outras coisas que precisamos decidir junto a nossa diretoria”, disse.

22.05.2019 - PROGRAMA CENTELHA - VISITA AFEAM - FOTOS ÉRICO X._-10

Apresentação do Programa Centelha na Afeam. Foto: Érico Xavier

Interior

Para atingir parceiros institucionais no interior do Amazonas, a Fapeam reuniu também com os  diretores  de unidades acadêmicas  da Ufam  José Ribamar Nunes (Benjamin Constant), José Luiz Fonseca ( Parintins), Geone Corrêa (Itacoatiara) e o diretor  da Propesp  Jamal Chaar (Manaus), para apresentar o Centelha.

Segundo o diretor do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (Icet/Itacoatiara),  Geone Corrêa, conta que o  instituto  já trabalha com disciplinas voltadas para a inovação  e  que o Centelha será uma oportunidade  de incentivar o público do interior para desenvolvimento de  projetos com ideias inovadoras.

22.05.2019 - PROGRAMA CENTELHA - VISITA UFAM COORD. INTERIOR - FOTOS ÉRICO X._-17

Visita de apresentação do Programa Centelha na Ufam. Foto: Érico Xavier

O superintendente de Inovação e Desenvolvimento Institucional da FAS, Victor Salviati, destacou que a instituição tem grande atuação no interior do estado, especificamente em 27 municípios, com empreendimentos de base florestal.

“O Centelha vem em boa hora. É muito importante ter o envolvimento da Finep e aqui no Amazonas  com a Fapeam, que conhece bastante a realidade do estado”, comentou.

22.05.2019 - PROGRAMA CENTELHA - VISITA FAS  - FOTOS ÉRICO X._-17

Visita de apresentação do Programa Centelha na FAS. Foto: Érico Xavier

Desde o dia 15 de abril, a Fapeam iniciou uma série de visitas às instituições de ensino e pesquisa e com os atores envolvidos no ecossistema de inovação e empreendedorismo do Amazonas, com objetivo de formalizar parcerias, bem como  incentivar a participação de pessoas físicas  com ideias que possam ser transformadas em produtos inovadores.

Centelha

O Programa Centelha é uma iniciativa promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e com o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operado pela Fundação Certi.

Por Esterffany Martins, Helen de Melo e Jessie Silva

O post Fapeam visita instituições de Manaus para articulação e preparação do Programa Centelha apareceu primeiro em FAPEAM.