Arquivo da Categoria: Selo Comemorativo

Em agosto a Fiocruz Amazônia intensifica celebrações dos seus 25 anos

Instituído oficialmente por meio da Portaria Fiocruz nº 195, de 19 de agosto de 1994, como Escritório Técnico da Amazônia (ETA-Fiocruz), o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) completa em agosto 25 anos.

As comemorações do seu jubileu vão ocorrer até 2020, com uma programação variada que inclui eventos científicos, de popularização da ciência e de geração e difusão do conhecimento científico e tecnológico, voltado para a promoção da saúde, qualidade de vida, meio ambiente, sustentabilidade e cidadania.

O jubileu do ILMD/Fiocruz Amazônia vem sendo pensado desde o início deste ano e, com o apoio da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), um selo foi criado especialmente para este aniversário.

ALEAM

Numa propositura da autoria da deputada estadual Alessandra Campelo, no dia 23 de agosto, às 13h, uma Sessão Especial, a ser realizada na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), marcará o jubileu do ILMD/Fiocruz Amazônia, com o reconhecimento parlamentar da importância da instituição para o Amazonas.

A Sessão Especial será realizada no Plenário Ruy Araujo, na Av. Mario Ypiranga Monteiro, 3.950 – Parque 10. O evento é aberto ao público.

Na ocasião será lançada a 4ª edição da Fiocruz Amazônia Revista, uma publicação de divulgação científica do ILMD, que numa edição especial trará um resgate histórico do Instituto.

MOSTRA DE FILMES

As celebrações do jubileu deram início em junho, com a mostra de filmes de “Adrian Cowell – Um olhar sobre a Amazônia”, que abordou questões socioambientais e políticas da Amazônia Brasileira. O evento aconteceu entre os dias 12 e 14 de junho, no Casarão de Ideias, que fica no Centro de Manaus.

Para acompanhar as celebrações do jubileu do ILMD/Fiocruz Amazônia acesse e curta a fanpage

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas

Fiocruz relembra os 100 anos de falecimento de Oswaldo Cruz

Neste ano a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) relembra os 100 anos de falecimento de seu patrono, Oswaldo Gonçalves Cruz. Para celebrar, foi instituído o Ano Oswaldo Cruz: ciência e saúde no projeto nacional, uma proposta de mobilização para todas as unidades da Fiocruz recordarem a trajetória de um dos maiores pesquisadores da história do Brasil.

A oportunidade também é propícia para revisitar o legado de Oswaldo Cruz e repensar a Fiocruz de hoje e do futuro. O projeto Ano Oswaldo Cruz tem oito eixos temáticos: Promoção da ciência, tecnologia e inovação em benefício da sociedade e a serviço da vida; A importância do papel de uma instituição pública na produção e inovação em saúde; Fiocruz na articulação do sistema de ciência, tecnologia e inovação, nas dimensões regional, nacional e global; Desafios dos objetivos de desenvolvimento sustentável; Políticas e Estratégias de Saúde: passado, presente e futuro com perspectivas ao fortalecimento do SUS; Preparação da Fiocruz para a 4ª Revolução Tecnológica; A Fiocruz e a Educação Permanente; e Democracia e perspectiva nacional na prospecção institucional.

O cientista, médico e sanitarista Oswaldo Cruz nasceu em São Luís do Paraitinga (SP), em 5 de agosto de 1872, e faleceu em 11 de fevereiro de 1917. Sua família se transferiu para o Rio de Janeiro em 1877. Graduou-se na Faculdade de Medicina do Rio de janeiro em 1892, apresentando a tese de doutoramento A vehiculação microbiana pelas águas.

Para saber mais sobre a trajetória de Oswaldo Cruz, clique.

Confira aqui as informações sobre o Ano Oswaldo Cruz: ciência e saúde no projeto nacional.

Em sites e publicações das unidades da Fiocruz será utilizado o selo comemorativo ao Ano Oswaldo Cruz.

Ascom – ILMD/Fiocruz Amazônia