Arquivo da Categoria: reunião

Diretoria do Ifam visita a Fapeam

Com objetivo de estreitar a interlocução e prospectar parcerias visando o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no Amazonas, a direção da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebeu na segunda-feira, 1/4, a  visita de representantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas do Amazonas (Ifam).

Do encontro participaram o reitor do Ifam Antônio Venâncio, a  pró-reitora de Extensão, Sandra Darwich, o pró-reitor de Pesquisa, José Pinheiro, a diretora de pós-graduação, Ana Claúdia Souza, diretor de gestão de Tecnologia da Informação (TI), Carlos Garantizado, além da diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, diretora técnico-científica, Marne Vasconcellos e da diretora administrativo-financeira, Márcia Irene Andrade.

Na oportunidade, Márcia Perales destacou que o diálogo com as instituições é importante para que sejam formuladas estratégias, por meio de projetos e programas, que atendam a demandas relevantes para o desenvolvimento regional.

01.04.2019 - Reunião FAPEAM - IFAM - Fotos Erico Xavier-19

A reunião teve a finalidade de estreitar a interlocução e prospectar futuras parcerias

“Essa interlocução vai acontecer sempre, ouvir é fundamental para se construir um caminho de respeito em conjunto com as instituições. Esse diálogo precisa ser constante para que a gente possa avançar respondendo às demandas, que às vezes parecem específicas, mas quando começamos a ouvir as instituições, percebemos que há algo em comum que as une à Fapeam”, disse.

O reitor do Ifam lembrou a parceria firmada entre o Instituto com a Fapeam, destacando a importância do Programa Estratégico em Tecnologia da Informação (RH-TI) da Fundação, realizado no Ifam, cujo objetivo foi  estimular estudantes a seguirem a carreira acadêmica na área da TI.

“O Ifam e a Fapeam são instituições que participam da realidade amazônica, o programa RH-TI foi um divisor de águas, ele fez com que alunos do ensino médio de escolas públicas de oito municípios do interior do Amazonas (Manacapuru, Coari, Tefé, Maués, Presidente Figueiredo, Itacoatiara, Parintins e Manaus) tivessem a oportunidade de desenvolver atividades voltadas para área de TI, por meio de didáticas relacionadas à utilização da robótica, que propiciou aos estudantes  conhecimento diferenciado”, enalteceu.

Atualmente, o IFAM conta com 15 campi, sendo três em Manaus (Centro, Distrito Industrial e Zona Leste), Coari, Lábrea, Maués, Manacapuru, Parintins, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Humaitá, Eirunepé, Itacoatiara e Tefé.

Por Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

O post Diretoria do Ifam visita a Fapeam apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam participa de reuniões com CNPq, Capes e Confap, em Brasília

Agenda com presidentes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e participação no Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) são compromissos desta quinta-feira e sexta-feira (14, 15/3) de Márcia Perales, diretora-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em Brasília.

As pautas com o CNPq e Capes incluem conversas para a formação de possíveis parcerias institucionais em ações de cooperação com a Fapeam. No Confap, participação no Fórum, que reúne presidentes e diretores das 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos Estados, além de representantes de agências federais de fomento, ministérios e de organismos internacionais, parceiros do Confap em atividades conjuntas de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação.

f7af259a-d5c7-4566-b961-fdda4ad41dda

As pautas com o CNPq e Capes incluem conversas para a formação de possíveis parcerias institucionais em ações de cooperação com a Fapeam

O Fórum aborda assuntos importantes para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no país e possibilita para o Estado do Amazonas, no campo científico e tecnológico, o fortalecimento de parcerias em níveis nacional e internacional.

TECNOVA 2

Durante o Fórum também será realizada a assinatura do Convênio entre a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) e Fundações de Amparo à Pesquisa para o início do Programa Tecnova 2, de fomento à inovação por meio de recursos de subvenção econômica.

O evento contará com mesas com parceiros nacionais incluindo CNPq, Finep, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Capes, Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), Ministério da Saúde e o Centro de Gestão de Estudos Estratégicos (CGEE), de evento também participam representantes da Comissão Europeia e do Conselho Britânico.

Departamento de Comunicação e  Difusão do Conhecimento- Decon

 

O post Fapeam participa de reuniões com CNPq, Capes e Confap, em Brasília apareceu primeiro em FAPEAM.

Propostas submetidas no Guyamazon são avaliadas em Brasília

Programa apoia a execução de projetos conjuntos de P&D&I entre os pesquisadores de instituições de ensino superior e pesquisa do Amazonas e pesquisadores franceses

As propostas submetidas no Programa de Cooperação Internacional (GuyAmazon), edital N° 002/2017, foram avaliadas pelo Comitê de Pilotagem do projeto.  A reunião ocorreu na última quinta-feira (5) e sexta-feira (6), na sede da Embaixada da França, em Brasília.

O programa apoia a execução de projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D&I), no âmbito da colaboração científica e tecnológica entre os pesquisadores de instituições de ensino superior e pesquisa do Estado do Amazonas e pesquisadores franceses.

Os candidatos brasileiros concorreram no edital lançados pelas Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs). Já os candidatos franceses concorreram em edital específico lançado, simultaneamente, pelo Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD) no território Francês. O apoio se destina ao financiamento de pesquisas e mobilidade de pesquisadores e estudantes.

No total, 25 propostas foram submetidas ao programa. Do Amazonas, incluindo instituições e pesquisadores, o GuyAmazon recebeu 13 projetos, sendo que quatro foram aprovados. A previsão é que o resultado seja divulgado ainda nesta semana no site da Fapeam.

WhatsAppImage2018-04-06at16.59.531

Avaliação do Comitê de Pilotagem do GUYAmazon ocorreu na sede da Embaixada da França, em Brasília

 

Esta edição do programa conta com a participação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Maranhão (Fapema), Fundação Amazônia de Amparo à Estudos e Pesquisas (Fapespa), Embaixada da França, IRD,  Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento  (CIRAD), o Centro Nacional de Pesquisas Científicas  (CNRS) e a Coletividade Territorial da Guiana (CTGA).

Representando a Fapeam durante a reunião, o diretor técnico-científico da instituição, Dércio Reis, destacou a importância do GuyAmazon. Ele disse que o programa por se tratar de uma cooperação internacional permite o intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores franceses e brasileiros.

“Esse é um programa que envolve, obrigatoriamente, a participação de pesquisadores franceses em conjunto com os brasileiros. Os projetos aprovados estão ligados a uma problemática que envolve a região. No programa temos pesquisas que envolvem a flora e fauna amazônica, a mobilidade de pessoas na fronteira, entre outros”, detalhou.

Avaliação

Segundo Reis, a reunião foi dividida em dois momentos: o primeiro com a análise dos projetos pelo Comitê Científico do projeto composto por pesquisadores brasileiros e franceses. O Comitê Científico é responsável pela análise de mérito e classificação das propostas.

Após isso, ocorreu a reunião com o Comitê de Pilotagem do GuyAmazon, que conta com participação de integrantes da Embaixada Francesa, IRD, Cirad e representantes das Faps brasileiras.

“Todos os projetos submetidos passaram pela avaliação de consultores Ad hocs, que fizeram a análise e julgamento de mérito técnico-científico. A partir do resultado e as notas do comitê francês foram selecionados os projetos contemplados com o recurso financeiro no programa”, explicou.

 

Departamento de Difusão do Conhecimento- Decon

 

O post Propostas submetidas no Guyamazon são avaliadas em Brasília apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam propõe inclusão de FAPS como beneficiárias da Lei de Informática

A proposta foi apresentada durante Audiência Pública da Comissão Mista da Medida Provisória (MP) 810/2017, ocorrida na manhã desta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM)

Inserir as Fundações de Amparo à Pesquisa dos Estados abrangidos pela Lei de Informática (8248/1991) foi uma das propostas apresentadas durante a Audiência Pública da Comissão Mista da Medida Provisória (MP) 810/2017, ocorrida na manhã da última terça-feira (27), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM). Formada no âmbito do Congresso Nacional, a Comissão está realizando uma série de audiências públicas com o objetivo de coletar sugestões a serem inseridas no parecer do deputado federal Thiago Peixoto (PSD-GO), relator da MP, cujo objetivo é modernizar a Lei de Informática (8.248/1991) de maneira a contribuir para fortalecer o segmento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) no País.

A sugestão foi apresentada pelo diretor técnico-científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Dércio Reis. De acordo com ele, a propositura se justifica em razão das Fundações de Amparo à Pesquisa possuírem a visão estratégica dos Governos de Estado. No texto da MP, só há previsão de destinação de recursos para Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) e empresas privadas.

a81c9043-2e51-4b91-8bb1-04879be409ef (1)

Audiência Pública da Comissão Mista da Medida Provisória (MP) 810/2017 foi realizada na ALEAM

 

O diretor técnico-científico destacou que a Fapeam, em especial, tem cinco linhas de atuação, sendo uma delas a formação de capital intelectual. Desde sua criação, a Fundação incentivou a formação de 3,5 mil mestres e 2 mil doutores por meio da concessão de bolsas. Todas as bolsas de estudo são concedidas por meio do lançamento de editais. “Muitos desses mestres e doutores estão atuando em ICTs (Institutos de Ciência e Tecnologia), o que fortalece ainda mais a nossa proposta”, destacou.

Durante sua explanação, Dércio Reis ressaltou também que a Fapeam  está atuando no sentido de  contribuir para o fortalecimento de novas matrizes econômicas de maneira que o Estado possa ter novas alternativas para o seu desenvolvimento. Nesse sentido, ele diz que a intenção é lançar novos editais de maneira a permitir que o Amazonas enfrente o desafio da chamada indústria 4.0.

O relator da comissão mista que analisa a MP 810/17, deputado Thiago Peixoto (PSD-GO), também participou da audiência pública. O parlamentar frisou que a MP deixa com muita clareza a possibilidade de novos investimentos em C&T e em startups e afirmou ainda que não se poderia votar a MP sem discuti-la no Amazonas, apontada por ele como a “terra do P&D nacional”. “Nada melhor do que vir beber na fonte”. A senadora Vanessa Graziottin alertou para o fato de que é necessário criar mecanismos que garantam a eficiência e a transparência na aplicação dos recursos oriundos da Lei de Informática. Participaram ainda da audiência, entre outras autoridades, o Senador Omar Aziz, os deputados federais Pauderney Avelino e Silas Câmara, além de representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e instituições de ensino e pesquisa.

Sobre a Medida Provisória – A MP amplia o prazo para as empresas brasileiras de informática, beneficiadas com incentivos fiscais associados a investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D), reinvestirem valores pendentes.

O texto do governo altera a Lei da Informática Nacional (8.248/91) e a Lei de Informática da Suframa (8.387/91),  as quais permitem a concessão de incentivos para empresas de tecnologia da informação e comunicação que investirem 5% do faturamento bruto em P&D.  Na próxima semana, será apresentado o relatório com propostas à MP pelo deputado Thiago Peixoto.

Departamento de Difusão do Conhecimento- Decon

O post Fapeam propõe inclusão de FAPS como beneficiárias da Lei de Informática apareceu primeiro em FAPEAM.