Arquivo da Categoria: Programa Centelha

Articulação do Programa Centelha continua em Manaus

Visando estabelecer potenciais parcerias para atuar no Programa Centelha, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) estiveram nesta terça-feira (4/6) no Instituto Euvaldo Lodi (IEL) para apresentar e divulgar o Programa, que tem previsão para ter edital lançado ainda neste mês pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep).

Segundo a coordenadora local do Programa Centelha, Kathya Thomé, a visita aos possíveis parceiros é para que eles possam atuar no Programa como divulgadores, captadores de ideias e difundir o Centelha  aos seus clientes  e  público.

“Acreditamos que vamos absorver esses parceiros e, consequentemente, teremos bons resultados na apresentação de propostas, bem como na própria pré-incubação de possíveis  startups que vierem a ser implementadas”, disse.

Segundo a Superintendente Regional do IEL Amazonas, Andrea Guerra Araújo, o Instituto vai divulgar o Programa Centelha para a rede de contatos que eles possuem com um público bastante extenso e que abrange empresas, estagiários, jovens aprendizes e pós-graduação. “O IEL pretende fazer um evento de divulgação voltado para o empreendedorismo e especificamente para a divulgação do Programa Centelha. A ideia é estimular os jovens a desenvolverem ideias que possam se tornar projetos a serem submetidos ao Programa”, disse.

04.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA VISITA IEL - FOTOS ÉRICO X._

Equipe da Fapeam  apresenta Programa Centelha para representantes do IEL. Foto: Érico Xavier

 

Outras visitas

Na segunda-feira (3/6) a equipe da Fapeam apresentou o Programa Centelha para representantes do Impact Hub Manaus e do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT).

A Co-Fundadora do Impact Hub Manaus, Juliana Telles de Andrade, explica que o espaço fomenta o empreendedorismo e a inovação e que o trabalho desenvolvido no Impact  vai ao encontro dos objetivos propostos pelo Programa Centelha. “Queremos ver mais negócios e fomentar a cultura do empreendedorismo na nossa cidade e na nossa região. O Programa está nessa linha de buscar pessoas e oferecer as ferramentas para que as ideias virem para prática”, disse.

 

03.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA NO ESPAÇO HUB - FOTOS ÉRICO X._-3

Equipe da Fapeam visita espaço Impact Hub Manaus. Foto: Érico Xavier

 

Segundo a consultora de negócios do  INDT, Gláucia Campos, o Centelha é fundamental para o amadurecimento do ecossistema de inovação na região. “Quando unimos forças  podemos  dar suporte para que as Startups virem um negócio promissor e  se desenvolvam regionalmente para oferecer emprego e gerar  renda”, comentou.

 

03.06.2019 - PROGRAMA CENTELHA E INDT - FOTOS ÉRICO X._-8

Consultora de negócios do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico, Gláucia Campos. Foto: Érico Xavier

 

Programa Centelha

A iniciativa, que no Amazonas será executada pela Fapeam, é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação Certi.

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. Estão entre os objetivos do Programa, gerar novas empresas, a partir do conhecimento concebido nas instituições de ciência, tecnologia e inovação; gerar inovações de interesse direto da sociedade e de empresas; formar cultura e fortalecer ecossistema de empreendedorismo inovador.

Podem concorrer ao Programa pessoas físicas ou empresas, que atenderem às exigências do edital.

 

Por Helen de Melo e Jessie Silva

 

 

 

O post Articulação do Programa Centelha continua em Manaus apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha é apresentado a pesquisadores e alunos da Fiocruz Amazônia

Você tem uma ideia inovadora que possa impactar positivamente a vida das pessoas e acredita valer a pena empreender com ela? Então, fique atento ao Programa Centelha, que deve ser lançado, em junho deste ano.

A iniciativa, que no Amazonas será executada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e  Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação Certi.

Para falar sobre o Programa Centelha, esteve hoje, 23/5, na sede do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), a diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos, que, na oportunidade, apresentou em linhas gerais o programa, seus objetivos e forma de participação.

“Dentre as instituições visitadas, a Fiocruz tem como diferencial trabalhar com conhecimentos e tecnologias voltados para a saúde, especialmente para o Sistema Único de Saúde (SUS). Então, nossa expectativa é de que pelo Amazonas sejam submetidas ao Programa Centelha boas ideias para a área da Saúde”, comentou Marne Vasconcellos.

Sérgio Luz, diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, vê com bons olhos a oportunidade que será dada pelo Programa Centelha a pesquisadores, estudantes e demais grupos. “Essa iniciativa vem ao encontro de outras já apresentadas pela Vice-Presidência de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, como o Programa Inova Fiocruz, que apoia projetos tecnológicos e inovadores em Saúde, nas áreas de atuação da Fundação Oswaldo Cruz”, explicou.

Participaram do encontro com a diretora técnico-científica da Fapeam, estudantes, pesquisadores e equipe do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT-ILMD/Fiocruz Amazônia).

Fonte: Programa Centelha.

O Programa Centelha será lançado em 21 estados. Para o Amazonas estão previstos R$ 1.820.000,00 (um milhão, oitocentos e vinte mil reais) em subvenção econômica, sendo uma parte verba federal e, outra, do estado. Estão entre os objetivos do Programa, gerar novas empresas, a partir do conhecimento concebido nas instituições de ciência, tecnologia e inovação; gerar inovações de interesse direto da sociedade e de empresas; formar cultura e fortalecer ecossistema de empreendedorismo inovador.

A expectativa é que pelo Amazonas sejam submetidas ao menos 1.000 novas ideias e que este seja o mesmo número de empreendedores a serem capacitados no Estado. Vão poder concorrer ao Programa pessoas físicas ou empresas, que atenderem às exigências do edital.

WORKSHOP

Amanhã, 24/5, às 9h, será realizado o Workshop de Apresentação do Programa Centelha e Construção da Rede de Parceiros, no Salão Tauató, sede da Fapeam, à  rua Sobradinho, n° 100 – Flores.

O evento destina-se a representantes de instituições de ensino e pesquisa e atores envolvidos no ecossistema de inovação e empreendedorismo, e tem como objetivo formar uma rede de parceiros do Programa Centelha, no Amazonas, para difusão e ampliação tanto de instituições parceiras quanto de Agentes Centelha. Na oportunidade, serão definidas as estratégias de atuação desses parceiros.

Para mais informações acesse Programa Centelha e Fapeam.

ILMD/Fiocruz Amazonia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Eduardo Gomes

Estudantes e empreendedores conhecem Programa Centelha

Com o intuito de incentivar a participação de pessoas com ideias que possam ser transformadas em negócios de sucesso, representantes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em parceria com a Rede Amazônica de Instituições em Prol do Empreendedorismo e da Inovação (Rami), estiveram em dois eventos sobre empreendedorismo para apresentar o Programa Centelha à estudantes e atores envolvidos no ecossistema de inovação do Amazonas.

As apresentações ocorreram no sábado (18/5) durante o Startup Day, idealizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e na sexta-feira (17/5) na Faculdade Anhanguera Educacional, unidade do Shopping Sumaúma, no evento “Bate-papo sobre startup e empreendedorismo”.

IMG_0489 (1)

Apresentação do Centelha foi realizada no sábado (18/5) durante o Startup Day, promovido pela Sebrae. Foto: Barbara Brito

Durante os eventos, foram realizadas apresentações sobre o programa explicando o passo a passo das etapas e também esclarecidas dúvidas do público presente.

Com previsão para ser lançado no mês de junho, o Centelha será desenvolvido pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep). O Programa irá oferecer capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios.

A diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos, agradeceu a parceria firmada com a Rami e ressaltou que o Centelha é uma oportunidade para as pessoas transformarem ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso no Amazonas.

A presidente da Rami, Olinda Marinho, comentou que o objetivo da parceria com a Fapeam é facilitar o acesso da Fundação dentro dos ambientes de empreendedorismo e inovação para que as ideias proliferem e gerem novos negócios.

foto 01 (1)

Presidente da Rami, Olinda Marinho, destaca parceria com a Fapeam na divulgação do Centelha. Foto: Érico Xavier

Conforme a diretora técnica do Sebrae Amazonas, Adrianne Antony Gonçalves, o programa é importante, principalmente, para as pessoas que estão começando na área do empreendedorismo e também para as que não estão, mas que possuem boas ideias. Ela explica que quando se tem uma ideia é necessário um ecossistema para fazer com que se concretize, e  o Centelha traz a oportunidade de realizá-la .

Segundo o diretor de unidade na Faculdade Anhanguera Manaus, Robinson Ferraresi, o Programa é sensacional por ser uma oportunidade para os alunos colocarem em prática o conhecimento adquirido ao longo da sua vida acadêmica, por meio das ideias, com a possibilidade de se tornar um empreendedor de sucesso em Manaus.

foto 02

Apresentação do Centelha para alunos da Faculdade Anhanguera durante o “Bate papo sobre startup e empreendedorismo”. Foto: Érico Xavier

O estudante de Análises e Desenvolvimento de Sistemas, Rayner Garcez, que participou dos dois eventos, disse que tem várias ideias e que após conhecer o Programa tem buscado mais informações sobre o Centelha, com objetivo de tirá-las do papel e transformar em projetos.

IMG_0183

Representantes da Fapeam com a equipe da Anhanguera e Rami. Foto: Érico Xavier

Centelha

O Programa Centelha é uma iniciativa promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operado pela Fundação Certi.

Por Esterffany Martins

 

O post Estudantes e empreendedores conhecem Programa Centelha apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam inicia visita de apresentação do Programa Centelha

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) iniciou visitas de apresentação do Programa Centelha, desenvolvido em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), com os principais atores envolvidos no ecossistema de empreendedorismo e inovação no Estado. A iniciativa é para apresentar o Programa e formalizar parcerias com as entidades, bem como incentivar a participação e a divulgação do Programa.

A primeira visita foi realizada com representantes da Rede Amazônica de Instituições em Prol do Empreendedorismo e da Inovação (Rami), na terça-feira (14/5),  na sede da reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas do Amazonas (Ifam), no bairro Centro, zona Sul de Manaus.

Conforme a  diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos,  o Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir de novas ideias. Espera-se com o programa a geração de  28 novas startups no Amazonas.

“Estamos na fase de sensibilização de parceiros. Os institutos de ensino, pesquisa e setor produtivo podem contribuir para que boas ideias sejam lançadas no âmbito do empreendedorismo e inovação tecnológica. Por isso, estamos iniciando a divulgação do Programa Centelha, que será lançado no dia 3 de junho”, disse.

14.05.2019 - REUNIÃO FAPEAM - RAME E IFAM SOBRE CENTELHA- FOTOS ÉRICO X._-27

Fapeam realiza primeira visita com representantes da Rami. Foto: Érico Xavier

 

Segundo a diretora-presidente da Rami, Olinda Marinho,  o Programa é uma oportunidade para ampliar o conhecimento dos empreendedores do Amazonas em relação ao surgimento de ideias inovadoras.

“Uma iniciativa fantástica da Fapeam para esse momento  que temos trabalhado a cultura empreendedora, divulgando  muito isso nas universidades. A gente acredita que o Programa Centelha, com a orientação,  programação e capacitação será um impulso para o cenário de empreendedorismo”, disse.

Outras visitas serão realizadas em instituições de ensino e pesquisa e com atores envolvidos no ecossistema de inovação e empreendedorismo no Estado.

14.05.2019 - REUNIÃO FAPEAM - RAME E IFAM SOBRE CENTELHA- FOTOS ÉRICO X._-25

Iniciativa é para apresentar o Programa Centelha e formalizar parcerias com atores envolvidos no ecossistema de inovação e empreendedorismo no Amazonas. Foto: Érico Xavier

 

 

Programa Centelha

Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, bem como disseminar  a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

 

por Esterffany Martins

O post Fapeam inicia visita de apresentação do Programa Centelha apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha promove capacitação para criação de empreendimentos inovadores

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) participou nos dias 12 e 13 de março, em Brasília, da segunda capacitação presencial das Equipes Executoras dos estados participantes do Programa Centelha. Foram dois dias intensos de troca de informações sobre o programa e esclarecimento de dúvidas sobre a metodologia, com o objetivo de capacitar as equipes para operacionalizar o programa em âmbito estadual.

O Programa Centelha foi idealizado com o objetivo de estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

53902813_452639705475337_6781863887072395264_o (1)

Segunda capacitação presencial das Equipes Executoras dos estados participantes do Programa Centelha

Nesta segunda turma de capacitação, estiveram presentes as Equipes Executoras de 14 estados participantes do programa: Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Piauí e Sergipe. Os demais estados estiveram presentes na primeira turma de capacitação, que ocorreu nos dias 21 e 22/02, no Rio de Janeiro.

Pela Fapeam participaram da capacitação a diretora técnico-científica (Ditec), Marne Vasconcellos, a chefe do Departamento de Análise de Projetos (Deap), Michele Brito, e a Assessora do Núcleo de Convênios (NUCV), Moema Amorim.

Capacitação reuniu equipes executoras de 14 estados participantes do Programa Centelha

O encontro foi aberto com a fala do secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC, Paulo Alvim, e estiveram presentes o Gerente do Departamento de Fomento a Interação entre Ciências Aplicadas e Inovação da Finep, Marcelo Camargo; a presidente do Confap, Maria Zaira Turchi; e o Diretor de Empreendedorismo Inovador da Fundação Certi, Leandro Carioni.

Inicialmente, foi feita a apresentação detalhada do Programa Centelha, seus delineamentos estratégicos e objetivos, e de sua metodologia. Na sequência, Antônio Rogério de Souza e Fernanda Konradt de Campos, coordenadores de projeto da Fundação Certi, apresentaram as primeiras etapas do programa: (1) Articulação e Preparação e (2) Divulgação e Captação, com o detalhamento das principais atividades a serem desenvolvidas no âmbito do programa e o esclarecimento de dúvidas das Equipes Executoras.

A programação do primeiro dia contou ainda com a fala de Luciana de Paiva, coordenadora de projetos da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes),  que compartilhou o caso do Programa Sinapse da Inovação Espírito Santo, destacando as lições aprendidas da instituição na execução de programas de incentivo ao empreendedorismo inovador.

O segundo dia de capacitação abrangeu a Etapa 3 do programa, relacionada a fase de submissão, avaliação e seleção das ideias inovadoras, onde foi apresentado o passo a passo das atividades. Para encerrar o encontro, a Finep repassou as orientações jurídicas e de prestação de contas, além de repassar os encaminhamentos de próximos passos do programa.

Sobre o Programa Centelha

O programa será executado de forma descentralizada, por meio da articulação institucional e cooperação com órgãos e entidades da administração pública estadual que atuam na área de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), com o apoio técnico e financeiro do MCTIC e das agências federais de fomento.

Do total de 21 projetos aprovados pela Finep na seleção pública de propostas dos parceiros operacionais estaduais, 19 são provenientes das Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos estados. No total, a previsão é de que sejam investidos R$ 34 milhões, sendo R$ 21 milhões pela Finep e R$ 13 milhões pelos parceiros nos estados.

Os principais benefícios a serem oferecidos pelo programa são capacitações, recursos financeiros e suporte para ajudar empreendedores a transformarem suas ideias em negócios de sucesso. O Programa Centelha irá oferecer mais de R$ 40 mil reais por empresa contemplada em subvenção da Finep e de seus respectivos parceiros estaduais para ajudar os novos empreendedores a tirarem seu negócio do papel.

O programa visa também contribuir para ampliação da quantidade e melhoria da qualidade das propostas de empreendimentos de base tecnológica submetidas aos ambientes promotores de inovação existentes no país, tais como incubadoras, aceleradoras de empresas, espaços de coworking, laboratórios abertos de prototipagem, parques e polos tecnológicos.

O período de inscrições para empreendedores interessados deve acontecer ainda no primeiro semestre de 2019. Enquanto isso, o programa já oferece informações para a comunidade empreendedora por meio do FacebookInstagramLinkedIn e Twitter, e também dicas para que os empreendedores cheguem com suas ideias mais preparadas no lançamento do edital.

Fonte: Decon com informações do Programa Centelha

Fotos:Programa Centelha

O post Programa Centelha promove capacitação para criação de empreendimentos inovadores apareceu primeiro em FAPEAM.