Arquivo da Categoria: PPP

Divulgado resultado de seleção do Programa Primeiros Projetos

O prazo de execução dos projetos é de 24 meses. Foram disponibilizados R$ 1,463 milhão para este edital

Foram divulgadas as propostas aprovadas no âmbito do Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores, mais conhecido como Programa Primeiros Projetos (PPP), referente ao edital n˚ 004/2017. Iniciativa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), o programa tem por objetivo apoiar a instalação e modernização de infraestrutura em instituições de ensino superior e/ou de pesquisa como suporte à fixação de jovens pesquisadores e novos grupos.

Os projetos aprovados compreendem as áreas de Ciências Agrárias, Humanas e Sociais, Exatas e da Terra, Biológicas, da Computação, Engenharias, Linguística/Letras/Artes e por fim, Ciências da Saúde. De Ciências Agrárias foram aprovados os projetos “Ozônio na conservação pós-colheita de bananas: controle de micro-organismos, amadurecimento e capacidade antioxidante” (Aline Souza); “Características físico-químicas, microbiológicas e propriedades bioativas do mel de meliponíneos do Alto Solimões” (Emerson Chambó); “Crescimento e hebivoria de espécies florestais em plantio de enriquecimento de floresta secundária” (Marciel Ferreira) e “Aspectos da Morfofisiologia reprodutiva do peixe-boi da Amazônia macho” (Rodrigo Amaral).

No âmbito das Ciências Humanas e Sociais, os projetos aprovados foram “Comunicação, Ciência e Meio Ambiente: análise da cobertura jornalística de problemas ambientais nas regiões Norte e Nordeste” (Allan Rodrigues); “Reflexões sobre história, memória, identidade e representação nos escritos de historiadores orais Alessandro Portelli e José Carlos Sebe Bom Meihy” (Glauber Biazo); “A Alexandria Greco-romana: multiculturalismo, mobilidade e divulgação” (Joana Clímaco); “Uso do solo e alterações do clima em cidades da região do Médio Solimões – Amazonas – Brasil” (João Cândido Neto); “Processos de territorialização, interculturalidade e bem viver – um estudo sobre as atividades turísticas realizadas pelas comunidades indígenas do rio Negro” (Jocilene Cruz); “Parentesco e mobilidade venezuelana no Norte do Brasil” (Sandro Santos).

achievement-3385068_1920

Os projetos aprovados compreendem as áreas de Ciências Agrárias, Humanas e Sociais, Exatas e da Terra, Biológicas, da Computação, Engenharias, Linguística/Letras/Artes e por fim, Ciências da Saúde

Em Ciências Exatas e da Terra, foram selecionadas as propostas “Balanço de energia superficial e evapotranspiração em área de campos amazônicos” (Carlos Querino); “Disruptores Endócrinos no Meio Ambiente Amazônico” (Giovana Bataglion); “Síntese de óxidos nanoestruturados de ZnWO4 por métodos químicos: aplicações em fotocatálise e fotoluminesnência” (Içamira Nogueira); “Aplicações de Modelos Birnbaum-Saunders” (Jeremias Leão); “Modelagem e estimativa de Estado em crescimento de tumores sólidos com e sem tratamento” (José Mir Costa) e “Desenvolvimento e estudo de novos compostos de coordenação para atividade eletrocatalítica e atividade antimicrobiana” (Paulo José Maia). De Ciências Biológicas, foram aprovadas as seguintes propostas “Nicho trófico de espécies de piranhas em área de várzea na região do Baixo Solimões” (Flávia Souza); “O que determina a dominância de espécies de lianas e árvores na Amazônia central?” (Juliana Almeida); e “Caracterização proteômica e avaliação do potencial biotecnológico de fungos filamentosos isolados de diferentes ambientes do Amazonas” (Priscila Aquino).

No âmbito das Ciências da Saúde, os selecionados foram “Caracterização e modelação do desempenho de nadadores da região ao longo das etapas de formação desportiva” (Karla de Jesus); “Estudo do perfil da coordenação motora, desempenho acadêmico e crescimento somático: saberes necessários à educação inclusiva” (Lúcio Ferreira); e “Padronização de ensaios analíticos para estimativa do shelf life e monitoramento de produtos de mandioca tradicionalmente consumidos em Manaus” (Simone Ramos). Das Engenharias foram classificados os projetos “Investigação de técnicas modernas de sensoriamento remoto aplicado à preservação de florestas” (Celso Carvalho); “Estudo experimental do comportamento de nanopartículas de dióxido de titânio (TiO2) em efluentes líquidos” (Maryana Souza); da Ciência da Computação, foi aprovado o projeto “Aprendizagem de máquina aplicada em problemas de domínios diversos” (Elloá Costa); e para finalizar, houve  a seleção do projeto “Verificando a efetividade de estratégias usadas pro professores e estudantes para a construção de escrita musical”, da área de Linguística, Letras e Artes, tendo como autor Caroline Caregnato.

O prazo de execução dos projetos é de 24 meses. Foram disponibilizados R$ 1,463 milhão para este edital. Os projetos deverão ter valor máximo de R$ 100 mil. Dos recursos orçados no projeto, 70% deverão ser destinados às despesas de capital e 30% a despesas de custeio. No caso das instituições de ensino superior e/ou pesquisa privada, os recursos financeiros destinados a custeio integrarão a contrapartida da instituição, sendo que os recursos deste edital somente poderão ser aplicados em despesas de capital no valor máximo de R$ 70 mil.

Departamento de Difusão do Conhecimento – Decon

O post Divulgado resultado de seleção do Programa Primeiros Projetos apareceu primeiro em FAPEAM.

Projetos submetidos ao PPP são avaliados por consultores externos

Programa conta com investimento de R$1,5 milhão oriundos da Fapeam e CNPq

Mais de 140 propostas submetidas no Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores-Programa Primeiro Projetos (PPP), edital Nº 004/2017, foram avaliadas, nesta quarta-feira (18), na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). A previsão é que o resultado com as propostas aprovadas seja divulgado ainda no mês de abril.

A avaliação foi  feita  por sete consultores externos de várias áreas do conhecimento vindos de diferentes localidades do país. A ação é para garantir segurança e transparência  na seleção dos projetos.

O edital tem como objetivo apoiar a aquisição, instalação, modernização, ampliação ou recuperação da infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica nas instituições públicas e particulares, sem fins lucrativos, de ensino superior e/ou de pesquisa, sediadas ou com unidades permanentes no Estado do Amazonas visando dar suporte à fixação de jovens pesquisadores doutores de novos grupos, em quaisquer áreas do conhecimento.

banner_ppp (1)

Com um investimento de quase R$1,5 milhão, o programa  é uma ação do Governo do Amazonas por meio da Fapeam, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Os projetos aprovados terão vigência de até 24 meses, a contar da assinatura do termo, com término em até 30 dias após o prazo de execução.

“A partir desta reunião serão definidos quais serão os projetos aprovados para o financiamento. As propostas podem requerer até R$100 mil de auxilio pesquisa, sendo que 70% deverão ser destinados a despesas de capital e 30% a despesas de custeio”, disse a responsável pelo Departamento de Análise de Projetos (Deap) da Fapeam, Michele Brito.

 No caso de instituições de ensino superior e/ou pesquisa privada, os recursos financeiros destinados a custeio formarão parte da contrapartida da instituição, sendo os recursos deste edital somente poderão ser aplicados em despesas de capital no valor máximo de R$ 70 mil.

Departamento de Difusão do Conhecimento- Decon

O post Projetos submetidos ao PPP são avaliados por consultores externos apareceu primeiro em FAPEAM.