Arquivo da Categoria: pós-graduação

Fiocruz Amazônia prorroga realização do processo seletivo para o PPGVIDA

Considerando a situação de pandemia instalada pela COVID-19, a Vice Diretoria de Ensino, Comunicação e Informação do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), divulgou nesta quinta-feira, 9/4, a prorrogação do Processo Seletivo do Mestrado Acadêmico em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA), objeto da Chamada Pública N.006/2020, foi prorrogado.

A VDEIC  Informou ainda, que no dia 14 de abril de 2020, será publicado o novo cronograma de realização do referido processo seletivo.

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

Ascom ILMD /Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Aula inaugural marca início do ano letivo na Fiocruz Amazônia

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promoveu nesta segunda-feira, 2/3, a abertura do ano letivo Institucional para os cursos de mestrado dos programas de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação) e de Pós-Graduação em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA). A atividade foi marcada pela realização da aula inaugural, que contou com a apresentação da palestra “Imunopatogênese da Infecção pelo HIV-1”, ministrada por Fernanda Heloise Côrtes, pesquisadora do Instituto Oswaldo Cruz (IOC).

Compuseram a mesa de abertura da aula inaugural, Sérgio Luz, Diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca, Vice Diretor de pesquisa e inovação, além dos pesquisadores Priscila Aquino e Fernando Herkrath, representando os programas PPGVIDA e PPGBIO-Interação.

Em entrevista, Fernanda falou sobre a experiência de apresentar para os alunos, um assunto de grande relevância para a saúde pública. “Foi um prazer, eu acho que é um momento muito especial, em que os alunos estão entrando cheios de expectativas. O HIV é um exemplo muito bom de como a ciência saiu da bancada e foi para o hospital. As vezes você acha que o que você está fazendo na sua bancada não possui tanto impacto, e surge uma nova demanda, que ninguém estava olhando e aquilo que você estava pesquisando pode ajudar aquele novo problema”

SOBRE A PALESTRANTE

Fernanda é graduada em Ciência Biológicas pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, mestre em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz e doutora em Biologia Parasitária pelo Instituto Oswaldo Cruz.

 Atualmente desenvolve projetos envolvendo indivíduos infectados pelo HIV-1, capazes de controlar a replicação viral na ausência da terapia antirretroviral e indivíduos HIV-1 positivos na fase aguda da infecção.

Possui experiência na área de Imunologia e biologia molecular com ênfase na resposta imune em HIV/Aids, com foco na resposta de células T, ativação imune celular e inflamação.

FORMAÇÂO

Os programas desenvolvidos pelo ILMD/Fiocruz Amazônia têm por finalidade qualificar profissionais para funções especializadas nos campos das ciências e tecnologias em saúde, necessários à sociedade, bem como aprofundar conhecimentos e habilidades, voltando-se prioritariamente para a área de Saúde Coletiva e afins, promovendo atualização sobre os avanços de conhecimentos nesse campo e a ampliação das competências profissionais dos discentes.

Ex bolsista do Programa de Iniciação Científica PIC/ILMD/Fiocruz Amazônia, e agora mestranda pelo PPGBIO-Interação, Thaís Pinto, destacou a importância deste novo momento em sua carreira acadêmica e profissional. “Esse início trouxe um novo significado para minha nova vida profissional aqui na Instituição, pois ampliou muito mais a minha visão a respeito da ciência e da importância dela, no Brasil e no mundo. Espero que nossos projetos também sejam importantes e que possam contribuir para a saúde pública, além de auxiliar nos avanços tecnológicos à serviço da saúde, para o desenvolvimento de novos métodos de diagnósticos de doenças e tratamento, assim como servir de base para outros trabalhos”.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O curso se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

SOBRE O PPGVIDA

O programa visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica

A aula inaugural ocorreu no Salão Canoas, no ILMD/Fiocruz Amazônia. Durante a manhã, os alunos participaram de uma recepção realizada pela equipe do ensino, onde foram apresentados o regulamento do Ensino, regimento do PPGVIDA, manual do aluno e calendário acadêmico.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Fotos: Eduardo Gomes/ ILMD/ Fiocruz Amazônia

Fapeam reúne com pró-reitores de instituições de ensino e pesquisa do AM

WhatsApp Image 2019-12-26 at 17.01.52

Com a finalidade de fortalecer a política de ciência, tecnologia e inovação (CT&I) do Amazonas e conhecer a realidade dos Programas de Pós-Graduação (PPGs) das principais instituições de ensino e pesquisa do Estado, pró-reitores e responsáveis pelos programas apresentaram para a direção da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) um prognóstico dos PPGs.

O encontrou ocorreu em dois dias, 18 e 23 de dezembro, na nova sede da Fapeam localizada na Avenida Professor Nilton Lins, 3279, Flores, zona centro-sul de Manaus.

Este é o 5º movimento promovido pela Fapeam com o objetivo de obter um diagnóstico dos PPGs, para identificar prioridades de melhorias na pós-graduação do Estado. Atualmente, o Amazonas possui 59 PPGs, que atendem a 82 cursos de mestrado e doutorado, entretanto, 86% apresentam conceitos 3 e 4.

Segundo a diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, com esse diagnóstico será possível obter-se dados consolidados sobre o cenário dos PPGs no Amazonas. “Essa reunião com os representantes das instituições é para alinharmos informações necessárias que devem constar no documento que as instituições devem enviar à Fapeam no dia 6 de janeiro”.

Perales enfatizou que a construção desse diagnóstico não seria possível sem o apoio das instituições de ensino e pesquisa, considerando que cada uma tem especificidades, que precisam ser consideradas para que a política de CT&I possa reconhecê-las e trabalhar essas diversidades.

Segundo a pró-reitora de pesquisa e pós-graduação da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Maria Paula Mourão, esse diagnóstico não é um trabalho fácil, mas é importante, pois permite às instituições fazerem um balanço de tudo que foi feito ao longo do ano e programarem as atividades e metas para o ano seguinte.

“As principais instituições de ensino e pesquisa do Amazonas conseguiram se reunir e mostrar com firmeza tudo o que foi feito e apoiado pela Fapeam, ao longo desse triênio. Essa tarefa é importante para que possamos garantir os recursos para a Amazônia, especialmente para a área de ciência e tecnologia. Temos trabalhado de forma muito consistente,  articulando com os principais atores, para que possamos conseguir apoio para a pós-graduação na Amazônia”.

Para a representante da vice-diretoria de Ensino, Informação e Comunicação do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), Rosana Parente, o diagnóstico institucional é importante e irá contribuir positivamente para a CT&I, principalmente para saber o que é preciso para melhorar e crescer o conceito dos cursos.

Para a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Selma Suely Baçal, “ter esse diálogo com outras pró-reitorias, juntamente com a Fapeam, é importante para ter um levantamento do cenário da pós-graduação do nosso Estado, além de pontuar políticas”, disse.

Participaram da reunião pela Fapeam, a diretora-presidente, Márcia Perales; a diretora técnico-científica, Marne Vasconcellos; e a diretora administrativo-financeira, Márcia Irene Andrade. As instituições presentes foram UEA, Ufam e ILMD/Fiocruz Amazônia, Instituto Federal do Amazonas (Ifam) e Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa).

Por: Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

 

O post Fapeam reúne com pró-reitores de instituições de ensino e pesquisa do AM apareceu primeiro em FAPEAM.

Diretora da Capes vem a Manaus para falar do processo de avaliação do Sistema Nacional de Pós-Graduação

O novo processo de avaliação do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG/Capes) foi assunto de encontro promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas (Fapeam) nesta quinta-feira, 7/11. O evento reuniu público formado por mais de 120 professores, coordenadores e gestores de instituições de ensino e pesquisa do Amazonas.

Para falar sobre “Os avanços no processo de avaliação do Sistema Nacional de Pós-Graduação”, a Fapeam convidou Sônia Báo, diretora de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O evento contou com a participação de professores, coordenadores, vice-diretora de Ensino, Informação e Comunicação (VDEIC) e diretor do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), Sérgio Luz.

Na abertura do evento, Marcia Perales, falou da importância da “Reunião Interinstitucional sobre os Avanços no Processo de Avaliação do SNPG/Capes”, para que professores, coordenadores e as instituições que oferecem cursos de pós-graduação no Amazonas possam estar preparados para essa verificação, que deve ocorrer no ano que vem.

Na oportunidade, ela lembrou que o Governo do Amazonas disponibilizou para 2019 mais de 85 milhões para serem aplicados em CT&I, desse valor 50.7% foram destinados à formação e capacitação de recursos humanos para CT&I, e deste percentual, 72% foram aplicados na pós-graduação.  “Todos esses investimentos foram aplicados para fortalecer o sistema de CT&I do Amazonas. Em 2019, 20 editais foram lançados pela Fapeam, alguns em parceria com outras instituições”, disse Perales.

Para Sérgio Luz, “a iniciativa da Fapeam é importante perante o cenário atual, onde se vê grandes discussões sobre o financiamento da pós-graduação, e o cenário político que vem sendo mostrado. É também um ótimo momento para se propiciar essas discussões e trazer as instituições para esse debate. Vale lembrar, que basicamente esse sistema de proposta de avaliação dos nossos programas de pós-graduação não é uma coisa que começou agora, é algo que já vem sendo anunciado há um tempo, sendo trabalhado dentro da Capes e pelas instituições. Temos que acompanhar esse processo e obter informações diretamente com as coordenações de avaliação, para que possamos sugerir, tirar dúvidas, confrontar os questionamentos e as posições para, de forma mais clara, vermos as transformações dos novos apontamentos que estão sendo reportados”, comentou.

AVALIAÇÃO

Sônia Báo falou da importância da atualização do sistema de avaliação da Capes, lembrou que 90% das pesquisas feitas no Brasil estão atreladas a cursos de pós-graduação.  “Está na hora de se repensar o sistema de pós-graduação no Brasil”, disse. Comentou ainda que o novo sistema de avaliação está sendo construído, considerando as especificidades regionais, o que de certa forma é defendido pelos coordenadores e professores desses cursos.

Após a apresentação da diretora de avaliação da Capes, foi aberto a professores e coordenadores de cursos de pós-graduação, espaço para perguntas e considerações. O evento ocorreu no auditório do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas, na avenida Pedro Teixeira, no bairro Dom Pedro, em Manaus.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Foto: Érico Xavier (Fapeam)

PPGBIO-Interação divulga resultado final da Homologação das inscrições e análises dos recursos

Divulgado hoje (23/10), o resultado final da homologação das inscrições e da análise dos recursos – 1ª etapa, referente a Republicação da Chamada Pública Nº 008/2019 – do processo seletivo do curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação), do Instituo Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia).

Confira o resultado em:  http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=127

A Chamada Pública Nº 008/2019 do Programa oferece 20 vagas, distribuídas entre duas linhas de pesquisa: Eco epidemiologia das doenças transmissíveis; e Bioquímica, biologia celular e molecular de patógenos e seus vetores.

O início das aulas está previsto para ocorrer no dia 2/3/2020.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O PPGBIO-Interação se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Fiocruz Amazônia promove I Encontro da Pós-Graduação

Com o tema One Health, o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promove entre os dias 29/10 a 1/11, o I Encontro da Pós-graduação da Instituição. Um evento científico direcionado aos pesquisadores, alunos de pós-graduação e iniciação científica, com o objetivo de divulgar as pesquisas realizadas e promover a integração dos Programas de pós-graduação existentes, além de fomentar discussões sobre os estudos que estão sendo desenvolvidos de acordo com a especificidade de cada área.

Podem participar alunos de iniciação científica, de pós-graduação e pesquisadores, vinculados ou não a Instituição. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do site do evento: https://www.doity.com.br/encontro-de-pos-graduacao-do-ilmd

O evento é realizado pela comissão organizadora, composta por pesquisadores da Fiocruz Amazônia e discentes de pós-graduação do Programa de Pós-Graduação em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA) e Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro (PPGBIO-Interação).

ONE HEALTH

Segundo a organização, o tema foi escolhido pelo fato de estarmos vivendo um momento sem precedentes na história da humanidade, onde nunca se discutiu tanto a saúde do planeta e sua relação direta com a continuação da existência de muitas espécies, incluindo a humana. A percepção da comunidade científica e sociedade vem crescendo sobre a conectividade da saúde humana, animal e dos ecossistemas naturais, como também os questionamentos sobre as políticas públicas efetivas que possam pautar esse tema e melhorar as perspectivas futuras.

Nesse sentido, o tema One Health permeia diversas pesquisas científicas na Fiocruz Amazônia, que possuem diferentes abordagens e perspectivas. Um dos objetivos do encontro é mostrar o que está sendo realizado na instituição para a sociedade e estudantes de pós-graduação.

SAÚDE ECOSSISTÊMICA

A primeira mesa de discussão, destinada a abordar o conceito One Health, tema central do evento, irá debater o impacto da ação do homem no ambiente e a sua influência na saúde ecossistêmica e o contexto amazônico. A atividade contará com a presença dos pesquisadores Philip Fearnside, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Diogo Cesar Lagroteria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) e Alessandra Nava do ILMD/Fiocruz Amazônia.

Nos três dias de evento, a Fiocruz Amazônia irá promover outras mesas destinadas a discussão sobre políticas públicas, com enfoque para a Amazônia, realização de práticas integrativas e apresentação de pesquisas concluídas dos discentes de mestrado, entre outras atividades.

Confira mais informações no site do Evento: https://www.doity.com.br/encontro-de-pos-graduacao-do-ilmd

ASCOM – ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagens: Mackesy Nascimento

PPGVIDA da Fiocruz Amazônia prorroga inscrições do processo seletivo para candidatos estrangeiros até 29/10

Foram prorrogadas até o dia 29/10, as inscrições para processo de seleção pública de candidatos estrangeiros, para ingresso no Curso de Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA), do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), conforme Chamada Pública N.007/2019.

Para a republicação CLIQUE AQUI

As vagas são destinadas a candidatos estrangeiros. O ingresso de alunos estrangeiros ao Curso de Mestrado será realizado mediante processo seletivo simplificado, nos termos da chamada pública e cronograma com todos os eventos das etapas, disponíveis no Edital.

Para esta Chamada Pública, serão oferecidas seis vagas, devendo o candidato, obrigatoriamente, escolher uma das duas linhas de pesquisas e os respectivos projetos: Fatores sócio biológicos no processo saúde-doença na Amazônia, com 3 vagas; Processo Saúde, Doença e Organização da Atenção a populações indígenas e outros grupos em situações de vulnerabilidade, com 3 vagas. O curso, cujas vagas são oferecidas, terá sede em Manaus – AM.

Poderão participar do processo de seleção, candidatos que até a data da matrícula institucional, possuam diploma de graduação de duração plena, devidamente reconhecido pela instância competente de seu país. O Curso será ministrado em regime integral, com duração mínima de 12 meses e máxima de 24 meses, incluindo a realização da defesa de dissertação.

Os candidatos estrangeiros interessados em cursar o Mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia no ILMD/Fiocruz Amazônia devem encaminhar a documentação descrita no edital para o e-mail selecaoppgvida.ilmd@f iocruz.br

O resultado do processo seletivo será divulgado no dia 6/12.

SOBRE O CURSO

O curso de Mestrado de Condições de vida e situações de saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O programa também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

Ascom/ILMD Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Fiocruz Amazônia prorroga inscrições para curso de especialização em Gestão das Organizações Públicas de Saúde, em Itacoatiara (AM)

Foram prorrogadas até o dia 14/10, as inscrições para o processo de seleção pública simplificada de candidatos, para ingresso no Curso de LatoSensu em Gestão das Organizações Públicas de Saúde, oferecido pelo Instituto Leônidas & Maria Deane – ILMD/Fiocruz Amazônia, em parceria com o Conselho dos Secretários Municipais de Saúde -COSEMS, no âmbito do Projeto QUALIFICA SUS.

O curso tem por objetivo o aperfeiçoamento do processo de gestão, planejamento e orçamento público dos sistemas e serviços de saúde em qualquer nível de organização, uma  vez que este exige dos gestores o enfrentamento de novos paradigmas e um esforço de apropriação de informações relevantes para a melhoria do desempenho institucional.

Poderão participar do curso, profissionais com nível superior, do município de Itacoatiara (AM) e municípios vizinhos, que desempenham suas funções e/ou atividades na área de Gestão da Atenção Básica. O ingresso ao Curso de Especialização ocorrerá por meio de processo seletivo simplificado, que será realizado em duas etapas: Homologação das inscrições e análise documental.

Confira aqui a republicação do Edital

Para esta Chamada, serão oferecidas 50 vagas. As aulas ocorrem entre outubro de 2019 e setembro de 2020, com início previsto para 28/10/2019, na cidade de Itacoatiara, no horário de 08h às 12h e 14h às 18h, com oferta de uma disciplina por mês, em módulos com duração de uma semana.

As inscrições são gratuitas. Para se inscrever, o candidato deverá apresentar a documentação solicitada no Edital.

Após o preenchimento do formulário de inscrição, disponível no Anexo I da Chamada Pública, este deverá ser impresso, assinado pelo candidato e encaminhado juntamente com toda documentação exigida no subitem 2.2.1, que deve ser digitalizada em único arquivo, no formato “pdf” de até 10 MB. O arquivo deve ser anexado e enviado para o endereço eletrônico inscricaolato.ilmd@fiocruz.brInscrição

Ao longo de 12 meses, o aluno deverá cursar 400 horas em disciplinas e Trabalho de Conclusão de Curso – TCC. Os egressos do referido curso receberão certificado de Especialista em Gestão das Organizações Públicas de Saúde, considerando como requisitos obrigatórios para obtenção do título de especialista são os seguintes: cumprimento da carga horária total do curso; aprovação da defesa de Trabalho de Conclusão de Curso.

Esclarecimentos sobre os documentos e envio da inscrição poderão ser solicitados somente através do endereço eletrônico duvidaslato.ilmd@fiocruz.br

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotarão modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos serão ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com apoio da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Cosems-AM.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Pinheiro

PPGBIO divulga novas datas de defesa

A Secretaria Acadêmica (SECA) do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) informa novas datas de defesa, do curso de Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro (PPGBIO-Interação).

As apresentações acontecem na sede da Fiocruz Amazônia, situada à Rua Teresina, 476, Adrianópolis/ Manaus.

CONFIRA:

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagens: Mackesy Pinheiro

Divulgadas novas datas de defesas do PPGVIDA

A Secretaria Acadêmica (SECA) do Instituo Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) informa novas data de defesa, dos alunos do curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA).

As apresentações acontecem na sede da Fiocruz Amazônia, situada à Rua Teresina, 476, Adrianópolis/ Manaus.

 

CONFIRA:

 

Nome do discente: Camila Soares Teixeira

Título da Dissertação: Análise da Saúde de Perinatal na Região de Tríplice Fronteira do Amazonas

Orientador (a): Prof. Dr. Rodrigo Tobias de Sousa Lima (ILMD/Fiocruz Amazônia)

Data da Defesa: 15/6/2019

Horário: 8h

Local: Sala de Aula 101, 1º andar – ILMD-FIOCRUZ – Rua Teresina, 476, Adrianópolis/ Manaus

 

Nome do discente: Milene Neves da Silva

Título da Dissertação: Redes Vivas em Região de Fronteira: usos e percursos na Rede de Saúde Materno-Infantil.

Orientador (a): Prof. Dr. Júlio César Schweickardth (ILMD/Fiocruz Amazônia)

Data da Defesa: 15/6/2019

Horário: 10h

Local: Sala de Aula 101, 1º andar – ILMD-FIOCRUZ – Rua Teresina, 476, Adrianópolis/ Manaus