Arquivo da Categoria: inscrição

Fiocruz Amazônia recebe inscrições para o PPGVIDA até 3 de julho

O Instituto Leônidas & Maria Deane  (ILMD/Fiocruz Amazônia) recebe até 3/7, as inscrições para o processo seletivo do Mestrado Acadêmico em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia  (PPGVIDA).

Para esta chamada pública estão sendo oferecidas 15 vagas nas seguintes linhas de pesquisa: Fatores sócio biológicos no processo saúde -doença na Amazônia (10 vagas);  e Processo saúde, doença e organização da atenção a populações indígenas e outros grupos em situações de vulnerabilidade (5 vagas).

Confira o edital.

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

 ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

PPGVIDA e PPGBIO-Interação abrem inscrições para vagas de aluno especial

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) informa a abertura de vagas para inscrição de aluno especial em disciplinas dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA) e em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação), para o 1° semestre de 2020.

Para se inscrever, os candidatos devem preencher formulário de inscrição, disponível no site institucional, tanto para o PPGVIDA, como para o PPGBIO-Interação. Após preenchimento, o formulário deverá ser impresso, assinado pelo candidato e anexado juntamente com outros documentos estabelecidos no edital.

Os candidatos devem enviar os documentos solicitados em chamada pública, para o e-mail alunoespecial.ilmd@fiocruz.br nos dias 10 e 11 de fevereiro de 2020. O envio da inscrição será considerado até as 21h59 (horário de Manaus) do último dia.

A seleção dos candidatos ocorrerá no período de 14 a 19 de fevereiro de 2020.

Para saber mais, confira na Plataforma SIGA, as disciplinas ofertadas, o formulário de inscrição, o edital e demais informações, para aluno especial do PPGVIDA e para aluno especial do PPGBIO – Interação.

QUEM PODE SE INSCREVER:

  • Alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu da Fiocruz;
  • Alunos de outros cursos de pós-graduação stricto sensu de outras instituições públicas e/ou privadas;
  • Alunos de curso de pós-graduação lato sensu da Fiocruz;
  • Alunos de outros cursos de pós-graduação lato sensu de outras instituições públicas e/ou privadas;
  • Candidatos com curso de pós-graduação lato sensu concluído, que não estejam no momento da inscrição fazendo outro curso de lato sensu ou cursando stricto sensu.

DISCIPLINAS OFERTADAS:

As disciplinas ofertadas no PPGVIDA e a quantidade de vagas, respectivamente, são: Tópicos especiais em saúde coletiva: Geografia da Saúde (6); Microbiologia em Saúde Pública (10); Tópicos especiais em saúde coletiva: Alimentação e nutrição das populações amazônicas (6); APS e Redes de Saúde em Cenários Amazônicos (15); Epidemiologia II (6).

Para o PPGBIO – Interação, as disciplinas ofertadas para aluno especial, são: Interação da Relação Patógeno Hospedeiro I (3); The art of reading a paper (4); Metodologia da Pesquisa (3); Interação da Relação Patógeno Hospedeiro II (5).

SOBRE O PPGVIDA

O curso de mestrado em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos, capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O PPGVIDA também visa planejar, propor e utilizar métodos e técnicas para executar investigações na área de saúde, mediante o uso integrado de conceitos e recursos teórico-metodológicos advindos da saúde coletiva, biologia parasitária, epidemiologia, ciências sociais e humanas aplicadas à saúde, comunicação e informação em saúde e de outras áreas de interesse acadêmico, na construção de desenhos complexos de pesquisa sobre a realidade amazônica.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O curso se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Diovana Rodrigues
Imagem: Mackesy Nascimento

Divulgada a homologação das inscrições do curso de mestrado do PPGBIO-Interação

Divulgado hoje (21/10), o resultado da primeira etapa do processo seletivo do curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro (PPGBIO-Interação), do Instituo Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia). O resultado refere-se à homologação das inscrições e fornece informações sobre o local da prova escrita.

O período para interposição de recursos das inscrições não homologadas ocorre no dia 22/10, na sede da Fiocruz Amazônia, situada à Rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus (AM).

Os candidatos que tiveram suas inscrições homologadas estão aptos a seguir para a segunda etapa, que compreende a submissão à prova escrita, a ser realizada no ILMD/Fiocruz Amazônia, no dia 25/10, de 9h às 12h.

O resultado da homologação das inscrições está disponível no sistema Sigass em: http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=127

A Chamada Pública Nº 008/2019 do Programa oferece 20 vagas, distribuídas entre duas linhas de pesquisa: Eco epidemiologia das doenças transmissíveis; e Bioquímica, biologia celular e molecular de patógenos e seus vetores.

O início das aulas está previsto para ocorrer no dia 2/3/2020.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O PPGBIO-Interação se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Prorrogadas as inscrições para o processo seletivo do curso de Mestrado PPGBIO-Interação

Foram prorrogadas nesta quarta-feira, 16/10, as inscrições para o processo seletivo do curso de Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro – PPGBIO-Interação, do Instituto Leônidas & Maria Deane  (ILMD/Fiocruz Amazônia). Interessados podem se inscrever até 18/10.

Confira aqui a Republicação da Chamada Pública.

A Chamada Pública Nº 008/2019 do Programa oferece 20 vagas, distribuídas entre duas linhas de pesquisa: Eco epidemiologia das doenças transmissíveis; e Bioquímica, biologia celular e molecular de patógenos e seus vetores.

O início das aula está previsto para ocorrer no dia 2/3/2020.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O PPGBIO-Interação se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Fiocruz Amazônia abre inscrições para processo seletivo do PPGBIO-Interação

Iniciaram nesta sexta-feira, 6/9, as inscrições para o processo seletivo do curso de Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biologia da Interação Patógeno Hospedeiro – PPGBIO-Interação, do Instituto Leônidas & Maria Deane  (ILMD/Fiocruz Amazônia). Os interessados podem se inscrever por meio de formulário online, disponível na Plataforma Siga: http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=127

A Chamada Pública Nº 008/2019 do Programa oferece 20 vagas, distribuídas entre duas linhas de pesquisa: Eco epidemiologia das doenças transmissíveis; e Bioquímica, biologia celular e molecular de patógenos e seus vetores. Até o dia 12/9, ocorre o período para solicitação da isenção da taxa de inscrição.

Para se inscrever, o candidato deverá apresentar a documentação solicitada no Edital. A admissão no curso de Mestrado será feita através de processo seletivo que é composto das seguintes etapas: Homologação das inscrições, Prova Escrita e Prova Oral (Entrevista). Todas as etapas do processo seletivo são eliminatórias. As inscrições ocorrem até o dia 16/10.

A primeira etapa compreenderá a análise, pela Comissão de Seleção da documentação, apresentada pelo candidato. A segunda etapa, Prova Escrita, será discursiva e valerá 10 (dez) pontos. A terceira etapa será a Prova Oral, que compreende a avaliação do projeto de pesquisa, pontuação do currículo lattes e entrevista.

O início das aula está previsto para ocorrer no dia 2/3/2020.

SOBRE O PPGBIO-INTERAÇÃO

O Programa de Pós-Graduação em Biologia da Interação Patógeno-Hospedeiro é curso strictu sensu que tem como essência a dinâmica de transmissão das doenças e as interações moleculares e celulares da relação patógeno-hospedeiro no âmbito da maior biodiversidade mundial.

O PPGBIO-Interação se enquadra na grande área em Parasitologia devido a pesquisa e ensino terem ênfase na eco-epidemiologia e biodiversidade de micro-organismos e vetores; fatores de virulência, mecanismos fisiopatológicos e imunológicos associados na interação parasito-hospedeiro.

Estes diversos aspectos são os principais delineadores para escolha da área de concentração da Ciências Biológicas III, por esta ser uma área multidisciplinar e baseada no eixo bioquímica, genética, biológico, celular e molecular. Os alunos recebem uma formação em áreas estratégicas por sua importância e que precisam ser desenvolvidas no Estado.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Prêmio e-Gov está com inscrições abertas

 Prêmio e-Gov reconhece os melhores cases dos profissionais do setor público 

A 17ª edição do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-Gov) abre as inscrições para quem atua no serviço público ou na administração pública e tem algum case de TIC que se converte em benefícios para o cidadão. Realizado anualmente, o Prêmio e-Gov tem como objetivos incentivar e disseminar as soluções de governo eletrônico que além de modernizarem a gestão pública, geram impacto direto na vida dos brasileiros.

A premiação sempre acontece no SECOP (Seminário Nacional de TIC para Gestão Pública), uma iniciativa da ABEP (Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação).

O evento este ano será realizado entre os dias 8 e 10 de agosto, em Florianópolis (SC). Todos os finalistas vão ao SECOP com todas as despesas pagas.

Além da oportunidade de expor o seu case e ser reconhecido por todo o Brasil, o grande vencedor ainda ganha R$ 10 mil e a oportunidade de palestrar para todos os participantes do SECOP 2018.

As inscrições vão até o dia 30/05. Para conferir o regulamento e mais informações, acesse www.premioegov.org.br.

Banner---Premio-e-Gov-(SITEABEP)

Sobre o Prêmio e-Gov

O Prêmio Excelência em Governo Eletrônico – e-Gov foi criado em 2002, pela Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP) e pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

Entregue anualmente, tem como objetivos reconhecer e incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo eletrônico nas administrações públicas federais, estaduais e municipais, assim como divulgar as iniciativas que, com o uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação, modernizam a gestão pública em benefício do cidadão brasileiro.

Sobre o SECOP

O mais importante evento de TIC para a gestão pública do Brasil, o SECOP, é uma iniciativa da ABEP – Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação. A cada ano, o SECOP é organizado por uma das associadas ABEP: empresas estaduais de TIC espalhadas pelo Brasil.

Em sua 46ª edição, o SECOP é organizado pelo Ciasc – Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina.

Voltado para profissionais do setor público de todo o Brasil, representantes das 3 esferas de Governo

Sobre a ABEP

Atua no fortalecimento da cooperação entre suas associadas em todo o País há quase quatro décadas.

Missão

Promover a cooperação entre as suas associadas e participar efetivamente na formulação de políticas públicas de TIC, nas diversas esferas governamentais, visando ao fortalecimento da informática pública como instrumento de gestão, prestação de serviços e cidadania.

As Afiliadas

Todas as empresas estaduais de TIC do País integram hoje a ABEP. Essa entidades atuam na busca da modernização administrativa, aliada à qualidade e produtividade dos serviços que os governos estaduais prestam à sociedade em setores como educação, saúde, transportes, segurança pública, habitação, entre tantos outros.

Fonte: Prodam

 

O post Prêmio e-Gov está com inscrições abertas apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa de apoio à realização de eventos científicos e tecnológicos no AM recebe inscrições até o dia 16 de Outubro

Primeira chamada do programa é para eventos ocorrentes no período de março a dezembro de 2018

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebe, até o dia 16 de outubro, as propostas de interessados na realização de eventos de cunho científico e tecnológico no Amazonas. As propostas devem estar relacionadas  à Ciência, Tecnologia e Inovação: congressos, simpósios, workshops, seminários, ciclo de palestras, conferências e oficinas de trabalho, visando divulgar resultados de pesquisas científicas e contribuir para a promoção do intercâmbio científico e tecnológico.

Os projetos devem ser submetidos ao Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev), em versão eletrônica, por intermédio do formulário contido no Sistema de Gestão da Informação da Fapeam (SIGFapeam), disponível na página eletrônica da instituição. Para acessar o formulário eletrônico, o proponente deverá utilizar seu login e senha previamente cadastrados.

SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO AMAZONAS 2016-84

Programa visa divulgar resultados de pesquisas científicas e contribuir para a promoção do intercâmbio científico e tecnológico no Estado Amazonas

Novos usuários deverão realizar o cadastramento no banco de pesquisadores da Fapeam, no endereço citado acima. Além do envio do Formulário online, por meio da Fapeam, a submissão da proposta requer também a apresentação de documentação complementar a ser anexada no SIGfapeam.

O edital conta com um investimento da ordem de R$1,2 milhão para apoiar a realização de eventos locais, regionais, nacionais e internacionais sediados no Amazonas. As propostas para a primeira chamada, que contempla eventos realizados de março a junho de 2018, podem ser submetidas até o dia 16 de outubro de 2017. Já a segunda chamada, para eventos que ocorrem de julho a dezembro de 2018, podem ser enviadas até o dia 19 de fevereiro de 2018.

Um dos requisitos para participar do edital é ter vínculo empregatício com instituição de pesquisa e ensino superior, centros de pesquisas, órgãos públicos sediados ou com unidade permanente no Amazonas, adiante denominados instituição executora do evento e ter título de doutor.

SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO AMAZONAS 2016-72

Clique aqui para acessar ao edital

Esterffany Martins – Agência Fapeam

O post Programa de apoio à realização de eventos científicos e tecnológicos no AM recebe inscrições até o dia 16 de Outubro apareceu primeiro em FAPEAM.

Abertas inscrições para programa de apoio aos jovens pesquisadores no Amazonas

Pesquisadores têm até o dia 20 outubro para participar do Edital PPP. O programa conta com investimento de R$1,5 milhões oriundos da Fapeam e CNPq

Pesquisadores interessados em participar do Programa de Infraestrutura para Jovens Pesquisadores Programa Primeiros Projetos (PPP) têm até o dia 20 de outubro para submeterem o projeto ao edital. As propostas devem estar claramente caracterizadas como pesquisa científica, tecnológica ou de inovação e devem ser enviadas em versão eletrônica por intermédio de formulários contidos no Sistema de Gestão da Informação da Fapeam (SIGFapeam), disponível na página eletrônica da instituição.

O edital tem o objetivo apoiar a aquisição, instalação, modernização, ampliação ou recuperação da infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica nas instituições públicas e particulares, sem fins lucrativos, de ensino superior e/ou de pesquisa sediadas ou com unidades permanentes no Estado do Amazonas visando dar suporte à fixação de jovens pesquisadores e nucleação de novos grupos, em quaisquer áreas do conhecimento.

O programa é uma ação do Governo do Amazonas por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e conta com um investimento de quase R$ 1,5 milhão.

EDITAL PPP

O edital tem o objetivo apoiar a aquisição, instalação, modernização, ampliação ou recuperação da infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica nas instituições públicas e particulares

SIGFapeam

Para acessar o formulário eletrônico, o proponente deverá utilizar seu login e senha previamente cadastrados.

Novos usuários deverão realizar o cadastramento no banco de pesquisadores da Fapeam, nos endereços supracitados. Além do envio do Formulário online, via SigFapeam, a submissão da proposta requer também apresentação da documentação complementar a ser anexada ao sistema SigFapeam, como detalhado adiante.

Edital

Um dos requisitos do edital é que os pesquisadores precisam ter título de doutor com até cinco anos de obtenção da referida titulação e produção científica ou tecnológica relevante nos últimos cinco anos, na área específica do projeto de pesquisa apresentado.

Os projetos deverão ter valor máximo de R$ 100 mil, destinados ao cumprimento exclusivo de suas atividades. Dos recursos orçados no projeto, 70% deverão ser destinados as despesas de capital e 30% as despesas de custeio, conforme previsto no edital.

No caso de instituições de ensino superior e/ou pesquisa privada, os recursos financeiros destinados a custeio formarão parte da contrapartida da instituição, sendo os recursos deste edital somente poderão ser aplicados em despesas de capital no valor máximo de R$ 70 mil.

ANA BEATRIZ  FARIAS  GRADUANDA DE ENGENH. DE PESCA - FOTO ÉRICO X-3

Para acessar o edital clique aqui

Esterffany Martins – Agência Fapeam

Fotos- Agência Fapeam

 

 

 

O post Abertas inscrições para programa de apoio aos jovens pesquisadores no Amazonas apareceu primeiro em FAPEAM.