Arquivo da Categoria: GUYAmazon

Alimentos funcionais são criados a partir de frutas amazônicas

O açaí (Euterpe oleracea Mart.) e o camu-camu (Myrciaria dubia (Kunth) Mac vaugh), frutas típicas da região Amazônica, mostraram ser capazes de auxiliar na redução do colesterol. Os resultados são de uma pesquisa científica que busca extrair dos frutos da região, propriedades nutricionais e benéficas para saúde, com objetivo de produzir alimentos funcionais como, por exemplo, barra de cereal, bebidas, farinhas, cereal matinal e produtos de panificação, para oferecer ao mercado alimentício.

Intitulado “Estudo de Frutos Amazônicos para a Produção de Alimentos Funcionais”, o projeto conta com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), por meio do Programa de Cooperação Internacional (GUYAMAZON).

Em andamento, o estudo coordenado pela doutora em Biotecnologia, Francisca Souza, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), também já analisou o cubiu (Solanum sessiliflorum), a pupunha (Bactris gasipaes H.B.K) e o tucumã (Astrocaryum aculeatum).

alimentos funcionais 1

Estudo é coordenado pela doutora em Biotecnologia, Francisca Souza, do Inpa

Segundo a pesquisadora, já foram elaborados os cereais com o açaí e com a pupunha. Também foi feita bebida, tipo shake (que mistura o pó do fruto na água) de camu-camu, que apresentou potencial para auxiliar no tratamento da obesidade e diabetes.

Shake de Camu-camu

Bebida, tipo shake que mistura o pó do camu-camu na água, apresentou potencial para auxiliar no tratamento da obesidade e diabetes

“A bebida foi capaz de reduzir as taxas de colesterol e diabetes. O cubiu também conseguiu reduzir. Mas o efeito desse fruto comparado ao camu-camu foi menor. Mas os dois apresentaram resultados significativos. Já a pupunha tem como benefício melhorar a saúde da visão”, explicou.

Francisca conta que o estudo continua na avaliação da quantidade e biodisponibilidade de nutrientes em frutos da região para produção de alimentos funcionais.

“Nosso objetivo é oferecer à sociedade mais informações sobre o consumo e benefícios das frutas amazônicas. Na pesquisa buscamos comprovar se realmente elas trazem benefícios à saúde e de que forma podem auxiliar no tratamento, por exemplo, de doenças crônicas”, disse.

GUYAMAZON

O programa apoia a execução de projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), no âmbito da colaboração científica e tecnológica entre pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa do Estado do Amazonas e pesquisadores franceses. O apoio se destina ao financiamento de pesquisa e mobilidade de pesquisadores e estudantes.

O programa é realizado pela Fapeam, em parceiras com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Maranhão (Fapema), Embaixada da França, Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD), Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (Cirad) e região da Guiana Franceses.

Por Esterffany Martins

Fotos- Barbara Brito

O post Alimentos funcionais são criados a partir de frutas amazônicas apareceu primeiro em FAPEAM.

Divulgado resultado do Programa de Cooperação Internacional Guyamazon

O programa apoia projetos de P&D&I no âmbito da colaboração científica e tecnológica entre os pesquisadores do Amazonas e da França

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) divulgou, nesta terça-feira (22), o resultado do processo de seleção do Programa de Cooperação Internacional Guyamazon, referente ao edital n˚ 002/2017. O programa apoia a execução de projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D&I), no âmbito da colaboração científica e tecnológica entre os pesquisadores de instituições de ensino superior e pesquisa do Amazonas e pesquisadores franceses.

Os candidatos brasileiros concorreram no edital lançado pela Fapeam, enquanto os franceses em edital específico lançado simultaneamente pelo Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD) naquele País. Nesta edição, foram aprovados os projetos “Saberes Científicos e Saberes locais sobre agrobiodiversidade na Amazônia”, submetido pelo pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Charles Roland Clement; “Biogeografia comparada de Anfíbios amazônicos”, da pesquisadora Fernanda de Pinho Werneck, também do Inpa; “Dinâmica de circulação de bens e pessoas e planejamento territorial na fronteira franco-brasileira”, de Kátia Cilene do Couto, da Universidade Federal do Amazonas (Ufam); e por último o projeto “Delimitação de espécies e genômica ecológica na família das castanheiras do Brasil diante das mudanças globais”, da pesquisadora do Inpa, Maristerra Rodrigues Leme.

proposta-GuyAmazon

Os recursos alocados pela Fapeam para financiamento do Edital foram da ordem de R$ 600 mil

No total, 25 propostas foram submetidas ao programa. Pelo Amazonas, o GuyAmazon recebeu 13 projetos. As propostas foram avaliadas pelo Comitê de Pilotagem. As propostas apresentadas deveriam se inserir em uma das seguintes modalidades: Realização de missões, reuniões e workshops que sirvam como plataforma de aproximação e aprimoramento da colaboração entre pesquisadores brasileiros e franceses de forma a promover a elaboração conjunta de projetos de pesquisas; e projetos de pesquisa, de inovação e fortalecimento de capacidades.

Os recursos alocados pela Fapeam para financiamento do Edital foram da ordem de R$ 600 mil. O Guyamazon é uma iniciativa do Governo do Estado Amazonas por intermédio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas em parceira com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (FAPEAP), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Maranhão (Fapema), a Fundação Amazônia de Amparo à Estudos e Pesquisas (Fapespa), a Embaixada da França, o Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD),  o Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (CIRAD), o Centro Nacional de Pesquisas Científicas (CNRS) e a Coletividade Territorial da Guiana (CTGA). O apoio se destina ao financiamento de pesquisas e mobilidade de pesquisadores e estudantes.

Departamento de Difusão do Conhecimento – Decon

O post Divulgado resultado do Programa de Cooperação Internacional Guyamazon apareceu primeiro em FAPEAM.

Propostas submetidas no Guyamazon são avaliadas em Brasília

Programa apoia a execução de projetos conjuntos de P&D&I entre os pesquisadores de instituições de ensino superior e pesquisa do Amazonas e pesquisadores franceses

As propostas submetidas no Programa de Cooperação Internacional (GuyAmazon), edital N° 002/2017, foram avaliadas pelo Comitê de Pilotagem do projeto.  A reunião ocorreu na última quinta-feira (5) e sexta-feira (6), na sede da Embaixada da França, em Brasília.

O programa apoia a execução de projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P&D&I), no âmbito da colaboração científica e tecnológica entre os pesquisadores de instituições de ensino superior e pesquisa do Estado do Amazonas e pesquisadores franceses.

Os candidatos brasileiros concorreram no edital lançados pelas Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs). Já os candidatos franceses concorreram em edital específico lançado, simultaneamente, pelo Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD) no território Francês. O apoio se destina ao financiamento de pesquisas e mobilidade de pesquisadores e estudantes.

No total, 25 propostas foram submetidas ao programa. Do Amazonas, incluindo instituições e pesquisadores, o GuyAmazon recebeu 13 projetos, sendo que quatro foram aprovados. A previsão é que o resultado seja divulgado ainda nesta semana no site da Fapeam.

WhatsAppImage2018-04-06at16.59.531

Avaliação do Comitê de Pilotagem do GUYAmazon ocorreu na sede da Embaixada da França, em Brasília

 

Esta edição do programa conta com a participação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Maranhão (Fapema), Fundação Amazônia de Amparo à Estudos e Pesquisas (Fapespa), Embaixada da França, IRD,  Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento  (CIRAD), o Centro Nacional de Pesquisas Científicas  (CNRS) e a Coletividade Territorial da Guiana (CTGA).

Representando a Fapeam durante a reunião, o diretor técnico-científico da instituição, Dércio Reis, destacou a importância do GuyAmazon. Ele disse que o programa por se tratar de uma cooperação internacional permite o intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores franceses e brasileiros.

“Esse é um programa que envolve, obrigatoriamente, a participação de pesquisadores franceses em conjunto com os brasileiros. Os projetos aprovados estão ligados a uma problemática que envolve a região. No programa temos pesquisas que envolvem a flora e fauna amazônica, a mobilidade de pessoas na fronteira, entre outros”, detalhou.

Avaliação

Segundo Reis, a reunião foi dividida em dois momentos: o primeiro com a análise dos projetos pelo Comitê Científico do projeto composto por pesquisadores brasileiros e franceses. O Comitê Científico é responsável pela análise de mérito e classificação das propostas.

Após isso, ocorreu a reunião com o Comitê de Pilotagem do GuyAmazon, que conta com participação de integrantes da Embaixada Francesa, IRD, Cirad e representantes das Faps brasileiras.

“Todos os projetos submetidos passaram pela avaliação de consultores Ad hocs, que fizeram a análise e julgamento de mérito técnico-científico. A partir do resultado e as notas do comitê francês foram selecionados os projetos contemplados com o recurso financeiro no programa”, explicou.

 

Departamento de Difusão do Conhecimento- Decon

 

O post Propostas submetidas no Guyamazon são avaliadas em Brasília apareceu primeiro em FAPEAM.