Arquivo da Categoria: Fapeam

Fomento à CT&I no Amazonas é apresentado em audiência pública

O fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no Amazonas realizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) foi apresentado na segunda-feira (16/9) pela diretora-presidente, Márcia Perales, durante audiência pública realizada no Auditório Belarmino Lins na Assembleia Legislativa do Estado Amazonas (Aleam), bairro Flores, zona Centro Sul de Manaus.

O debate foi uma iniciativa do presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação, Informática e Inovação da Aleam, deputado estadual Serafim Corrêa (PSB),  e trouxe como tema “A Amazônia não tem solução fora da ciência e tecnologia”.

Segundo Serafim Corrêa, o objetivo da reunião foi colocar as instituições de ensino, pesquisa e CT&I para conversarem, e a audiência permitiu esse diálogo entre os órgãos e o Parlamento, em conjunto com a sociedade.

Comissão de CTi - ALEAM   - Fotos Érico Xavier_-4

Durante a audiência pública, Márcia Perales, apresentou o panorama dos investimentos realizados pela Fapeam ao longo de 10 anos (2008-2018) e evidenciou que o investimento para a CT&I no Amazonas tem retomado crescimento em 2019. De janeiro a agosto deste ano, a Fapeam já lançou 13 programas para apoiar a formação de recursos humanos, pesquisa, inovação, difusão e popularização da ciência no Estado.

Para 2019 estão provisionados de fomento à CT&I pela Fapeam investimentos da ordem de R$85.671.650,00 muito mais do que nos anos de 2017 e 2018, R$39.213.917,00 e R$ 63.355.350, 00 respectivamente.

“A Ciência tem sido a principal mola propulsora de todas as transformações societárias produtivas, tecnológicas e culturais, com um papel muito grande em todos os processos da nossa vida, inclusive no nosso cotidiano. Por exemplo, todas às vezes que entramos numa farmácia ali está o resultado de uma pesquisa. Manter os investimentos em CT&I para o Amazonas tem sido uma prioridade do Governo do Estado, para que essa produção tecnológica e científica contribua no desenvolvimento social, econômico e ambiental do nosso Estado. A ciência tem que estar a serviço da sociedade” disse a diretora-presidente.

Comissão de CTi - ALEAM   - Fotos Érico Xavier_-10

Atualmente, a Fapeam conta com três editais abertos. Na área de inovação e empreendedorismo tem o Programa de Apoio à Incubadoras (Pró-Incubadoras), que recebe propostas até o dia 21 de outubro, e o Programa Centelha Amazonas, que recebe inscrição até o dia 29 de outubro.  Já o Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev) recebe propostas de interessados, em realizar eventos no segundo semestre de 2020, até o dia 31 de janeiro de 2020.

Além da Fapeam, participaram ainda da audiência pública representantes do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti) e Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

 

Por: Esterffany Martins

Fotos: Érico Xavier

 

 

O post Fomento à CT&I no Amazonas é apresentado em audiência pública apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha Amazonas é apresentado no 2º Confex Roda de Conversa com a Rami

Transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso, esse é o objetivo do Programa Centelha Amazonas apresentado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) durante o 2º Confex na Roda com a Rede de Inovação e Empreendedorismo da Amazônia (Rami), no sábado (14/06), no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, bairro Crespo, zona Sul de Manaus.

A Rami é uma das 26 instituições parceiras do Programa Centelha Amazonas, a iniciativa visa transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso, oferecendo aos participantes, capacitação e suporte para alavancar o negócio e ampliação do networking.

II CONFEX NA RODA COM A RAMI  - Fotos Érico Xavier_-7

Na oportunidade, a coordenadora do Centelha Amazonas pela Fapeam, Kathya Thomé, destacou que  o Programa conta  com investimento de R$ 1.820.000,00 (um milhão oitocentos e vinte mil reais) para apoiar, por meio de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis),  até 28 projetos de inovação no Amazonas, no valor unitário de até R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais).

“O Centelha é um incentivo ao empreendedorismo inovador, visando empreendimentos de sucesso ao final do programa, que recebe até o dia 29 de outubro as propostas de interessados em inscrever ideias inovadoras, por meio do site: www.programacentelha.com.br/am”, destacou, informando que com o cadastro na plataforma a pessoa já tem acesso aos vídeos de capacitação.

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa será executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Outro programa de fomento na área de empreendedorismo e inovação da Fapeam destacado foi o Programa de Apoio à Incubadoras (Pró-Incubadoras), cujo o objetivo é fomentar a estruturação de novas incubadoras e o desenvolvimento de incubadoras de empresas alinhadas ao Modelo de Centros de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne), de forma a ampliar o número e a qualidade de empreendimentos inovadores no Amazonas.  O Pró-Incubadoras recebe propostas até o dia 21 de outubro, via SigFapeam disponível em www.fapeam.am.gov.br.

Roda de Conversa – Além da Fapeam, participaram da Roda de Conversa com a Rami o  Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam) e o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT), que apresentaram parte do trabalho desenvolvido nas suas instituições.

A presidente da Rami, Olinda Marinho, disse que o evento é itinerante,  e tem o intuito de fomentar a inovação e empreendedorismo no ecossistema da Região Norte, com apresentações de pitchs de startups e empresas selecionadas da região a investidores convidados.

II CONFEX NA RODA COM A RAMI  - Fotos Érico Xavier_

Edital do Pró-Incubadoras

Acesse ao edital do Programa Centelha Amazonas 

Por: Esterffany Martins

Fotos: Érico Xavier

 

O post Programa Centelha Amazonas é apresentado no 2º Confex Roda de Conversa com a Rami apareceu primeiro em FAPEAM.

Estudo avaliou bactérias multirresistentes no ambiente hospitalar

Estudo intitulado “Epidemiologia molecular de Staphylococcus Epidermidis multirresistentes” coordenado pelos os pesquisadores Cristina Motta Ferreira e William Antunes Ferreira, e executado pelo grupo de pesquisa que atua na área de bacteriologia Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), buscou avaliar bactérias que são capazes de causar doenças graves nos pacientes internados em hospitais que apresentaram mecanismos de resistência aos antibióticos.

Dra. Cristina Mota Ferreira - Fotos Érico Xavier-17

O projeto concluído, teve fomento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, por meio do edital 030/2013 do Programa Apoio à Pesquisa (Universal). Segundo a pesquisadora buscou verificar se os profissionais que trabalham no Hemoam estariam “carreando” em suas vestimentas ou algumas partes do corpo, bactérias resistentes aos antibióticos comumente utilizados no tratamento de infecções causadas por esses agentes e, caso encontrássemos algumas dessas bactérias, estudar com ferramentas da biologia molecular os “mecanismos de resistência”.

“A importância dessa pesquisa é que esses patógenos são capazes de causar doenças graves nas pessoas, principalmente em pacientes internados nos hospitais ou que possam estar sob tratamento de medicamentos que podem comprometer ou reduzir a capacidade de defesa ou resposta imune do organismo”, conta.

 

Dra. Cristina Mota Ferreira - Fotos Érico Xavier-20

Conforme Cristina Motta,foram coletadas amostras das mãos, nariz e jalecos dos profissionais da saúde do Hemoam. No total de 230 profissionais com média de idade de 44 anos.

“Para a pesquisadora, as pessoas, inclusive os profissionais da saúde, carregam consigo bactérias e algumas delas podem até ser multirresistentes aos antibióticos, portanto, os resultados da pesquisa evidenciam a grande importância das medidas de prevenção já implantadas ou implementadas pelas Comissões de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) nos hospitais tais como: a lavagem das mãos, uso de toucas, máscaras, luvas, jalecos descartáveis, etc, simples ações que se realizadas pelos profissionais da saúde no exercício de suas atividades, certamente contribuirão para a evitar ou reduzir significativamente os casos ou surtos de infecção hospitalar, afirma.

A pesquisa utilizou procedimentos ou técnicas atuais para a cultura isolamento e identificação dos Staphylococcus epidermidis, e procedimentos automatizados para verificar a sensibilidade delas aos antibióticos, assim como metodologias ou procedimentos específicos de biologia molecular para identificar as respectivas mutações nos genes – dentre outros aspectos – que poderiam configurar que um determinado estafilococo como resistente a vários antibióticos e assim, potencialmente patogênico para causar infecções graves em indivíduos ou pacientes suscetíveis.

Dra. Cristina Mota Ferreira - Fotos Érico Xavier-10

“Buscamos também conhecer a origem ou a fonte dessas bactérias nos profissionais, apoiar a clínica com o diagnóstico laboratorial dessas infecções e assim sugerir estratégias para evitar a disseminação. Quanto mais pesquisarmos e conhecermos sobre um determinado tipo de patógeno e os processos pelos quais eles se disseminam, seja no HEMOAM, ou em outros Hospitais, ou nos centros de saúde, melhor será a prevenção da disseminação, da transmissão, das infecções e dos possíveis danos causados aos pacientes”, explica.

 

2019-08-30

 

OMS

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) no ano de 2018, dados de vigilância sobre resistência aos antibióticos revelaram elevados níveis de resistência a uma série de infecções bacterianas graves em países de alta e baixa renda. Conforme a Global Antimicrobial Surveillance System (GLASS), há ocorrência generalizada de bactérias com resistência a antibióticos em diferentes países, incluindo o Brasil. Estudos internacionais de vigilância epidemiológica, detectaram mais de 70% de S. epidermidis, multirresistentes, circulando nos hospitais.

Universal

Programa Apoio à Pesquisa (Universal),  tem como objetivo conceder aporte financeiro para atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, em todas as áreas de conhecimento, que representem contribuição significativa para o desenvolvimento do Amazonas.

Este ano houve uma chamada para o universal que recebeu propostas até 15 de julho de 2019.

Por Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

Arte: Suellen Sousa

O post Estudo avaliou bactérias multirresistentes no ambiente hospitalar apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha é apresentado durante seminário para produtores rurais, em Manaus

O Programa Centelha Amazonas  foi apresentado para produtores rurais durante o 3° Seminário de Boas Práticas do Edital Floresta em Pé  promovido pela  Fundação Amazonas Sustentável (FAS), na terça-feira (10), no bairro Parque Dez, zona centro sul de Manaus. O evento teve o objetivo de  compartilhar as atividades desenvolvidas  durante o Programa Floresta em Pé e seus respectivos resultados, além do planejamento para os novos rumos dos empreendimentos sustentáveis.

A FAS é uma das 26 instituições parceiras do Programa Centelha Amazonas. O Programa  é uma iniciativa de promoção do empreendedorismo inovador que visa transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso, oferecendo aos participantes, capacitação e suporte para alavancar os empreendimentos de sucesso. Realizado  pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), o programa conta  com investimento de R$ 1.820.000,00 (um milhão oitocentos e vinte mil reais). Os recursos disponibilizados serão destinados à subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) de até 28 projetos de inovação, no valor unitário de até R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais).

Acesse ao edital do Programa Centelha Amazonas 

Na oportunidade,  a diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos, explicou o objetivo e as fases do Programa, bem como quem pode participar e esclareceu dúvidas do público presente.  A ação é para divulgar e incentivar a submissão de ideias inovadoras do Centelha, que recebe propostas de ideias inovadoras até o dia 29 de outubro. “O Programa  Centelha Amazonas é uma oportunidade para as pessoas que têm uma ideia inovadora colocarem em prática seus projetos, transformando assim ideias em  empreendimentos de sucesso para o Estado”, disse.

Programa Centelha - FAS - 10.09.2019  - Fotos Érico X._-32

Para a coordenadora do Edital Floresta em Pé, Mickela Souza, o Centelha surge com uma nova oportunidade para as pessoas que já desenvolvem projetos com incentivo da FAS. “O programa vem  fazer com que efetivamente os projetos dessas pessoas deem continuidade, eles ainda enquanto produtores rurais precisam de capital de giro,  precisam fazer algumas melhorias em seus processos. Eu vejo que o edital Centelha vem com essa oportunidade de abraçar inciativas inovadoras”, pontuou.

Inscrição abertas 

O Programa Centelha  Amazonas recebe inscrições de ideias inovadoras até o dia 29 de outubro. Os interessados podem se submeter suas ideias por meio do site: www.programacentelha.com.br/am. Podem participar pessoas físicas, vinculadas ou não a empresas com até 12 meses de existência anteriores à data de publicação do edital e faturamento bruto anual de até R$ 4.800.000, 00 (quatro milhões e oitocentos mil reais), sediadas no Amazonas.

Programa Centelha - FAS - 10.09.2019  - Fotos Érico X._-18

Sobre o Centelha

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa será executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Programa Centelha - FAS - 10.09.2019  - Fotos Érico X._-54

Acesse ao edital do Programa Centelha Amazonas 

Por: Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

O post Programa Centelha é apresentado durante seminário para produtores rurais, em Manaus apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha é apresentado aos presidentes das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas

Para incentivar que mais pessoas consigam colocar ideias inovadoras em prática, representantes da Fundação de Amparo à pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) apresentaram o Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Programa Centelha-AM) aos presidentes das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas (CDL-AM). A apresentação foi realizada na segunda-feira (2/9) durante a 2ª Convenção Estadual da Federação da CDL-AM, no bairro Chapada, zona Centro-Sul de Manaus.

O programa realizado pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), conta com investimento na ordem de R$ 1.820.000,00 (um milhão oitocentos e vinte mil reais), para apoiar até 28 projetos de inovação no Amazonas, por meio de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis). Cada projeto poderá receber  até R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais). As propostas podem ser submetidas até o dia 29 de outubro, por meio do site www.programacentelha.com.br/am.

Durante o evento, a  diretora técnico-científica da Fapeam, Marne Vasconcellos, destacou que o Programa vem para estimular o empreendedorismo no Amazonas, a partir de ideias inovadoras. “O objetivo é tentar fortalecer esse ecossistema no Amazonas. A Fapeam tem  atuado também  para levar ao  interior do Amazonas essa cultura do empreendedorismo”, disse.

02.09.2019 - PROGRAMA CENTELHA NA FCDL - FOTOS ÉRICO X._-30

Acesse o edital do Progama Centelha Amazonas 

O presidente da  CDL  de Iranduba, Marco Rosas, informou que o município está em pleno desenvolvimento e há perspectivas para incentivar o empreendedorismo inovador no local. A proximidade com a capital faz com que muitas pessoas deixem Manaus para empreender em Iranduba, nas áreas de turismo, indústrias e comércios varejistas e atacadistas.  

“É um município com grande perspectiva de desenvolvimento só que nós precisamos de desenvolvimento planejado, uma coisa é crescer outra é desenvolver e eu não vejo outra maneira de se desenvolver se não de forma planejada, organizada com apoio acadêmico e também de fomentos”, pontuou. 

Segundo o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Ezra Azury, existe interesse da FCDL em firmar parcerias, por meio da CDL dos municípios, com o Programa Centelha.

Quem pode participar do Centelha

Podem participar pessoas físicas, vinculadas ou não a empresas com até 12 meses de existência anteriores à data de publicação do edital e faturamento bruto anual de até R$ 4.800.000, 00 (quatro milhões e oitocentos mil reais), sediadas no Amazonas. Os projetos terão prazo de execução de até 12 meses, não prorrogáveis, contados a partir da data do Termo de Outorga. 

Etapas

A submissão, avaliação e seleção das propostas serão realizadas em três fases distintas e eliminatórias, sendo elas, Fase 1: Ideias Inovadoras; Fase 2: Projeto de Empreendimento e Fase 3: Projeto de Fomento. As propostas  deverão ser submetidas por meio do Sistema Centelha (http://am.programacentelha.com.br), conforme formulário específico para cada uma das fases, respeitando os prazos estabelecidos do cronograma do edital. A data limite para as submissões de propostas na primeira fase é dia 29 de outubro de 2019.

Durante as três fases de seleção, os proponentes receberão capacitação gratuita online ou presencial, ministrada pela Fundação Certi, com o intuito de alinhar alguns conceitos importantes, para aprimorar suas ideias e projetos. 

Sobre o Centelha

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa será executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Acesse o edital do Progama Centelha Amazonas 

Por: Helen de Melo

Fotos: Érico Xavier

 

O post Programa Centelha é apresentado aos presidentes das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha é apresentado em evento de empreendedorismo, em Manaus

O Programa Centelha Amazonas  foi apresentado no 53º Meetup Jaraqui Valley para pessoas envolvidas no ecossistema de empreendedorismo e inovação do Estado. O evento foi realizado no Vila Hub Café Coworking, no bairro Aleixo, zona Centro de Sul de Manaus.

O Programa Centelha é uma iniciativa de promoção do empreendedorismo inovador que visa transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso, oferecendo aos participantes, capacitação e suporte para alavancar o negócio e ampliação do networking. 

Realizado  pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), o programa conta  com investimento de R$ 1.820.000,00 (um milhão oitocentos e vinte mil reais). Os recursos disponibilizados serão destinados à subvenção econômica (recursos não reembolsáveis) de até 28 projetos de inovação, no valor unitário de até R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais).

Acesse ao edital do Programa Centelha Amazonas 

A apresentação foi feita pela coordenadora do Programa Centelha Amazonas- Fapeam, Kathya Tomé, na quinta-feira (29). Na oportunidade,  foi  explicado o objetivo e as fases do Programa, bem como quem pode participar e esclarecidas dúvidas do público presente. A ação é para divulgar e incentivar  a submissão de ideias inovadoras ao Centelha Amazonas, que recebe propostas de interessados até o dia 29 de outubro.

A jornalista Daiana Solarte, que participou do evento, avaliou de forma positiva o Programa Centelha. Para ela, o Programa vem para incentivar as pessoas a apostarem nas suas ideias e projetos. “Eu me sentir incentivada com o programa, tem tanta coisa que pensamos todo dia, mas não colocamos no papel e em prática”, disse.

APRES. PROGRAMA CENTELHA NO MEETUP JARAQUI VALLEY - Fotos Érico Xavier-45

Para o coordenador de Inovação da Fundação Rede Amazônica (FRAM), Alessandro Dias, o Programa Centelha é uma oportunidade para ampliar o conhecimento dos empreendedores do Amazonas em relação ao surgimento de ideias inovadoras. “Essa fase inicial do Centelha é muito importante, não é só o incentivo do fomento financeiro, mas também o acompanhamento, as mentorias para saber como usar o recurso. Esse apoio na fase inicial é sensacional, porque  motiva as pessoas  a tirarem a ideia do papel e colocar em prática”, disse.

Sobre o Centelha

O Programa Centelha será realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa será executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Acesse ao edital do Programa Centelha Amazonas 

Departamento de Difusão do Conhecimento- Decon

Fotos- Érico Xavier

O post Programa Centelha é apresentado em evento de empreendedorismo, em Manaus apareceu primeiro em FAPEAM.

Agosto Lilás- palestra promovida pela Fapeam, em parceria com a Sejusc, aborda violência contra a mulher e rede de atendimento no Amazonas

Com o tema “Violência contra a mulher – delineamento da problemática e a rede de atendimento às mulheres em situação de violência no Amazonas” foi realizada na sexta-feira (30) palestra para as colaboradoras da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), na sede da instituição, bairro Flores, Zona Centro-Sul. A ação realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), fez parte do calendário Agosto Lilás, mês de conscientização pelo fim da violência contra a mulher.

A palestra foi ministrada pela assessora da Secretaria Executiva de Políticas Públicas para a Mulher, Andreia Barros. Na oportunidade, foi abordada a Lei  Maria da Penha, que completou 13 anos neste ano, e criou mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher.  Foram explicados pontos como: em quais situações a Lei se enquadra e como  funciona a rede de proteção as mulheres vítimas de violência, no Amazonas.

FAPEAM AGOSTO LILÁS - FOTOS ÉRICO XAVIER._-12

Um painel montado pelo Setor de Promoção da Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho da Fapeam apresentou dados com registros da violência no Brasil, bem como diversas frases de empoderamento feminino. Além disso, indicou livros, filmes e documentários que apresentam histórias de mulheres inspiradoras, sejam elas reais ou fictícias, que superaram preconceitos e adversidades.

Opinião das Colaboradoras Fapeam

Para Jéssica de Aguiar Alvares, que faz parte da assessoria jurídica da Fapeam, a palestra foi enriquecedora por apresentar toda a assistência que o Estado oferece a essas mulheres. “Esclareceu muitas dúvidas sobre o assunto. Todas as mulheres que estavam participando sempre conhecem alguém que tem uma história ou que já passou por isso. A advogada que veio é uma pessoa totalmente esclarecida que deu toda a oportunidade para todas falarem, trocar experiência e também mostrar para gente qual é o trabalho do Estado em cima disso”, pontuou.

A colaboradora Geisiane Barata da Silva, do Núcleo de Prestação de Contas, contou que a palestra foi ótima, principalmente por envolver todo o público presente com o assunto. “Deu oportunidade para que trocássemos experiências. É muito importante falar sobre a violência contra a mulher, porque muitas vezes as mulheres estão nessas situações e não conseguem reconhecer esse momento por vários fatores, de fraqueza, emocional, dependência financeira. É importante trazer para o ambiente de trabalho também essas informações, porque às vezes elas estão nesse meio e não conseguem se dar conta, por meio dessas palestras elas podem ter um choque de realidade”, disse.

 

Por: Esterffany Martins e Helen de Mello

Foto: Érico Xavier

 

 

 

O post Agosto Lilás- palestra promovida pela Fapeam, em parceria com a Sejusc, aborda violência contra a mulher e rede de atendimento no Amazonas apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam participa do Fórum do Confap, em São Paulo

A terceira edição do Forúm do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap) de 2019 foi realizada em São Paulo, no período de 21 a 23 de agosto. A diretoria da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) participou do encontro, representando o Amazonas. O evento discutiu temas relacionados ao cenário da ciência, tecnologia e inovação, além de assuntos de interesse como acordos de cooperação, editais e parcerias.

O Fórum reúne presidentes e diretores das 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos Estados, além de representantes de agências federais de fomento, ministérios e de organismos internacionais, parceiros do Confap na realização de atividades conjuntas no fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação.

Durante o evento, os representantes das FAPs demostraram dados sobre o trabalho desenvolvido nas suas instituições nos últimos anos.  A diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, apresentou os investimentos e alguns programas desenvolvidos pela Fapeam ao longo de 10 anos (2008-2018), bem como os avanços de 2019 como, por exemplo, os últimos editais lançados pelo Governo do Amazonas, por meio da Fapeam, que contabilizam um investimento de mais de R$57 milhões, apenas no primeiro trimestre deste ano.

Novos acordos e editais

Durante o encontro, foi anunciado um novo acordo de cooperação internacional entre o Confap e a Itália. O acordo prevê o lançamento, em setembro, de uma chamada conjunta com as FAPs, que apoiará cinco projetos em cinco áreas prioritárias: espacial, materiais estratégicos, energias renováveis, agricultura e alimentos e agricultura de precisão.

No evento, também foi apresentada uma nova chamada de propostas do Newton Fund Impact Scheme, aberta até 13 de setembro. O objetivo da chamada é apoiar projetos já realizados ou em andamento, financiados pelo Fundo Newton, que possam iniciar ou aumentar os impactos em políticas públicas ou elevar o engajamento com multiplicadores de impacto, como startups, ONGs ou instituições do terceiro setor. Os projetos terão duração de 24 meses e poderão receber até £200 mil.

Ainda durante o evento, Diêgo Lôbo, gerente de comunicações da Global Health Strategies – organização que representa a Fundação Bill & Melinda Gates na América Latina –, anunciou que será lançada, ainda este ano, uma nova chamada de propostas do programa Grand Challenge Exploration (GCE), na área de ciência de dados em saúde materna e infantil.

Serão apoiados 10 projetos que usem ferramentas de computação para análise e visualização de dados e gerem informações que possam ser usadas na avaliação de políticas públicas ou para a criação de programas voltados à melhoria da saúde de crianças e mulheres.

Fapeam com informações da Agência Fapesp

O post Fapeam participa do Fórum do Confap, em São Paulo apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam lança edital Pró-Incubadoras de apoio à estruturação de incubadoras no Amazonas

Com o objetivo de fomentar a estruturação de novas incubadoras e o desenvolvimento de incubadoras de empresas alinhadas ao Modelo de Centros de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (Cerne) de forma a ampliar o número e a qualidade de empreendimentos inovadores no estado do Amazonas, a Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) lançou o edital do Programa de Apoio a Incubadoras (Pró-Incubadoras), Nº 010/2019, com recurso no valor de até R$ 2.850.000, (dois milhões e oitocentos e cinquenta mil reais).

O aporte financeiro deve subsidiar no mínimo 18 propostas selecionadas em duas modalidades. A modalidade 1 contempla propostas para a criação de incubadoras de empresas, alinhadas ao Modelo Cerne, no Estado do Amazonas. Cada proponente poderá solicitar recurso de no máximo R$ 145 mil. Já na modalidade 2  são para propostas de melhoria dos resultados das incubadoras de empresas, preferencialmente de base tecnológica, individuais, que já se encontram em operação.  O valor para esta modalidade é R$175 mil.

2019-08-23 (1)

Os projetos a serem apoiados no âmbito desse Edital terão prazo de execução de 24 meses, podendo ser prorrogados a critério exclusivo da Fapeam. A data limite para submissão eletrônica das propostas é  dia 21 de outubro de 2019.

As propostas deverão ser apresentadas em formulário online específico e enviadas por meio eletrônico, via Sistema de Gestão da Informação da Fapeam (SigFapeam), disponível no endereço eletrônico:http://www.fapeam.am.gov.br.

Na  edição anterior do Pró-Incubadoras, lançada em 2014, foram alocados R$2 milhões de recursos financeiros. Para atender 15 propostas nas duas modalidades de apoio.

Edital do Pró-Incubadoras

Por: Helen de Melo

Arte – Barbara Brito

O post Fapeam lança edital Pró-Incubadoras de apoio à estruturação de incubadoras no Amazonas apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam divulga resultado dos Programas Universal Amazonas e Papac

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) divulgou, na sexta-feira (16/8), os resultados das análises das propostas submetidas  ao Programa de Apoio à Publicação de Artigos Científicos (Papac), edital Nº 005/2019, e Programa de Apoio à Pesquisa (Universal Amazonas), edital Nº 006/2019.

Lançados no mês de junho desse ano, juntos os dois editais receberam um total de 414 propostas, nas áreas de Ciências Humanas, Biológicas, Saúde, Agrárias, Sociais Aplicadas, Linguística, Letras e Artes, Exatas e da Terra e Engenharias. Destas, 123 foram enquadradas pelo Conselho Diretor da Fapeam. 

Para o cumprimento do edital Universal Amazonas será alocado o valor de até R$7 milhões oriundos do orçamento da Fapeam para despesas de capital, custeio e bolsas. Para o Papac serão aplicados recursos financeiros estimados em R$ 2,2 milhões provenientes da dotação orçamentária da Fundação, destinados ao fomento de despesas de custeio.

para-destaque-matéria

Universal Amazonas

O objetivo do Programa é financiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, ou de transferência tecnológica, em todas as áreas do conhecimento, que representem contribuição significativa para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental do estado do Amazonas em instituição de pesquisa ou ensino superior ou centro de pesquisa, públicos ou privados, sem fins lucrativos, com sede ou unidade permanente no estado do Amazonas.

Papac

O Programa tem o objetivo de ampliar a produção científica, tecnológica e de inovação de pesquisadores vinculados aos Programas de Pós-Graduação stricto sensu do Amazonas por meio da concessão de auxílio pesquisa para apoiar a publicação de artigos científicos em revistas.

Resultado do PAPAC -EDITAL N°005/2019

Resultado do Universal Amazonas- Edital N°006/2019

Por Helen de Melo

Arte Suellen Sousa

O post Fapeam divulga resultado dos Programas Universal Amazonas e Papac apareceu primeiro em FAPEAM.