Arquivo da Categoria: Confap

Novas diretrizes estabelecidas pela Fapeam para fomento a empresas são destaques em Fórum do Confap

Também houve o anúncio por parte da Finep dos programas Tecnova 2 e Centelha, os quais contarão com a adesão da Fapeam

Diretrizes introduzidas, no  último edital de fomento a empresas lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), receberam elogios durante o segundo Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) de 2018. O evento, que está sendo realizado em Teresina (PI), pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi), reúne presidentes das 26 FAPs do País, além dos representantes do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), das agências de fomento nacionais, parceiros internacionais e comunidade científica.

Conforme o diretor técnico-científico, Dércio Reis, que representa a Fapeam no evento, as manifestações são importantes e foram oriundas tanto de Fundações de Amparo (FAPs) de outros Estados  quanto da própria Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Segundo ele, os argumentos apresentados ratificam a ideia da Fapeam de adotar critérios para geração de maior segurança na aplicação dos recursos públicos. “Com isso, garantimos assim maior eficácia no desenvolvimento das ações na área de Inovação”, destacou.

Durante o Fórum, o Confap informou sobre as tratativas junto ao British Council, organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais, por meio do Fundo Newton, para lançamentos de novos editais voltados ao intercâmbio de pesquisadores brasileiros e britânicos. Já o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) asseverou o  empenho no cumprimento dos acordos já firmados e que estavam pendentes da liberação dos recursos.

IMG_0879 (1)

Estão presentes na reunião os presidentes das FAPs, representantes da CNPq, Capes e Finep

Também houve o lançamento por parte da Finep dos programas Tecnova 2 e Centelha, que vão propiciar subvenção econômica a empresas nascentes e de base tecnológica. Representando a Financiadora, o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (DRCT), Wanderley de Souza, e o gerente do Departamento de Fomento à Interação entre Ciências Aplicadas e Inovação (DICI) da Finep, Marcelo Camargo, informaram que as cartas-convites à participação das Fundações estarão disponíveis ainda neste mês. Dércio Reis disse que os programas contarão com a adesão da Fapeam, garantindo desta forma mais recursos para o sistema de Inovação do Amazonas.

O Fórum Confap Piauí 2018 é uma atividade regular promovida pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa com o intuito de debater e deliberar sobre as ações desenvolvidas nos Estados no que se refere ao fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação. De acordo com o diretor técnico-científico, a participação da Fapeam, no evento, Fórum é fundamental  no sentido de discutir, aprender e, sobretudo, apresentar e defender os interesses do estado do Amazonas e da região Norte junto aos principais órgãos de fomento do país, principalmente CNPQ, Finep e Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). “Em uma sociedade em que o conhecimento é construído e reconstruído em períodos de tempo cada vez menores, as Faps também precisam ter celeridade em suas ações, as quais devem estar alinhadas com a sociedade e seus anseios”, ressalta Dércio Reis.

No primeiro dia do evento, o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Alvaro Prata, proferiu palestra sobre Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação e o financiamento da pesquisa.

Departamento de Difusão do Conhecimento – Decon

O post Novas diretrizes estabelecidas pela Fapeam para fomento a empresas são destaques em Fórum do Confap apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam participa de workshop sobre Novo Marco Legal de Ciência Tecnologia e Inovação no Piauí

O workshop foi promovido pela Fapepi, Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), entre outras instituições

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) participou do workshop “Novo Marco Legal de Ciência Tecnologia e Inovação”. O objetivo do evento, ocorrido nesta terça-feria (06), na Universidade Federal do Piauí (UFPI), foi promover amplo debate sobre as melhorias para a elaboração da Lei Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí, bem como discutir a inserção do Brasil na inovação mundial.

A Fapeam foi representada pelo diretor técnico-científico, Dércio Reis. Segundo ele, o Workshop Novo Marco Legal de CT&I e o financiamento de pesquisa é uma ação proposta pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) para buscar entendimento da nova legislação que rege a pesquisa no Brasil e levar esse entendimento aos órgãos de controle, permitindo, sobretudo, a simplificação dos procedimentos de aquisição, contratações e de prestação de contas dos projetos de pesquisa.

O diretor técnico-científico esclarece que a grande novidade das novas normas é a aproximação entre Academia e empresas,  diretamente ligada à necessidade de levar o desenvolvimento dos laboratórios para o mercado, beneficiando todas as áreas e a sociedade como um todo. “ Vale salientar que a atual legislação só se aplica aos recursos federais e os estados precisam regulamentar o uso dos recursos provenientes do Tesouro Estadual para que esses avanços possam abranger também esta esfera, portanto, a participação dos técnicos da Fapeam nessas discussões é fundamental para a reformulação da legislação em nível estadual”, diz Reis, ressaltando que essa nova legislação precisa ainda de muitas avaliações quanto à sua aplicação e muitas alterações inclusive nas normas internas dos institutos de Ciência e Tecnologia para que possa ser empregada em sua totalidade.

WhatsApp Image 2018-06-06 at 13.57.04

O objetivo do evento foi promover amplo debate sobre as melhorias para a elaboração da Lei Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí, bem como discutir a inserção do Brasil na inovação mundial

Programação do Workshop

A programação consistiu em palestras e mesas-redondas. Pela manhã, foram realizadas as seguintes palestras: “Experiência mineira na construção do Marco Legal da CT&I estadual”, ministrada pelo Prof. Dr. Evaldo Ferreira Vilela, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig); e “Formas de captação de recursos para o aumento da competitividade e inserção do Brasil na inovação mundial”, proferida pela advogada e especialista em Legislação de CT&I.

No horário da tarde, ocorreram as mesas-redondas que debateram sobre “Marco Legal e regulamentação da lei de CT&I – panorama nacional” e “Lei estadual de CT&I”, com a Dr Maria Cristina Leftel, representante do Tribunal de Contas da União (TCU); e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi). A programação foi encerrada com a palestra “Experiências e perspectivas de agentes da CT&I no Estado do Piauí”, tendo à frente a Drª Lucile Moura, da Secretaria de Governo do Piauí; e Dr. Ney Paranaguá, presidente da Cajuina Tech, Organização Social (OS), dirigida ao ensino, à pesquisa científica, ao desenvolvimento tecnológico e à prestação de serviços sociais.

WhatsApp Image 2018-06-06 at 14.02.46

O workshop foi promovido pela Fapepi, Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Instituto Federal do Piauí (IFPI), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e pelas Câmaras Setoriais de Biotecnologia e de Tecnologia da Informação e Comunicação

O workshop foi promovido pela Fapepi, Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Instituto Federal do Piauí (IFPI), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e pelas Câmaras Setoriais de Biotecnologia e de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Departamento de Difusão do Conhecimento – Decon

O post Fapeam participa de workshop sobre Novo Marco Legal de Ciência Tecnologia e Inovação no Piauí apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam participa de workshop sobre Novo Marco Legal de Ciência Tecnologia e Inovação no Piauí

O workshop foi promovido pela Fapepi, Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), entre outras instituições

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) participou do workshop “Novo Marco Legal de Ciência Tecnologia e Inovação”. O objetivo do evento, ocorrido nesta terça-feria (06), na Universidade Federal do Piauí (UFPI), foi promover amplo debate sobre as melhorias para a elaboração da Lei Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí, bem como discutir a inserção do Brasil na inovação mundial.

A Fapeam foi representada pelo diretor técnico-científico, Dércio Reis. Segundo ele, o Workshop Novo Marco Legal de CT&I e o financiamento de pesquisa é uma ação proposta pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) para buscar entendimento da nova legislação que rege a pesquisa no Brasil e levar esse entendimento aos órgãos de controle, permitindo, sobretudo, a simplificação dos procedimentos de aquisição, contratações e de prestação de contas dos projetos de pesquisa.

O diretor técnico-científico esclarece que a grande novidade das novas normas é a aproximação entre Academia e empresas,  diretamente ligada à necessidade de levar o desenvolvimento dos laboratórios para o mercado, beneficiando todas as áreas e a sociedade como um todo. “ Vale salientar que a atual legislação só se aplica aos recursos federais e os estados precisam regulamentar o uso dos recursos provenientes do Tesouro Estadual para que esses avanços possam abranger também esta esfera, portanto, a participação dos técnicos da Fapeam nessas discussões é fundamental para a reformulação da legislação em nível estadual”, diz Reis, ressaltando que essa nova legislação precisa ainda de muitas avaliações quanto à sua aplicação e muitas alterações inclusive nas normas internas dos institutos de Ciência e Tecnologia para que possa ser empregada em sua totalidade.

WhatsApp Image 2018-06-06 at 13.57.04

O objetivo do evento foi promover amplo debate sobre as melhorias para a elaboração da Lei Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Piauí, bem como discutir a inserção do Brasil na inovação mundial

Programação do Workshop

A programação consistiu em palestras e mesas-redondas. Pela manhã, foram realizadas as seguintes palestras: “Experiência mineira na construção do Marco Legal da CT&I estadual”, ministrada pelo Prof. Dr. Evaldo Ferreira Vilela, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig); e “Formas de captação de recursos para o aumento da competitividade e inserção do Brasil na inovação mundial”, proferida pela advogada e especialista em Legislação de CT&I.

No horário da tarde, ocorreram as mesas-redondas que debateram sobre “Marco Legal e regulamentação da lei de CT&I – panorama nacional” e “Lei estadual de CT&I”, com a Dr Maria Cristina Leftel, representante do Tribunal de Contas da União (TCU); e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi). A programação foi encerrada com a palestra “Experiências e perspectivas de agentes da CT&I no Estado do Piauí”, tendo à frente a Drª Lucile Moura, da Secretaria de Governo do Piauí; e Dr. Ney Paranaguá, presidente da Cajuina Tech, Organização Social (OS), dirigida ao ensino, à pesquisa científica, ao desenvolvimento tecnológico e à prestação de serviços sociais.

WhatsApp Image 2018-06-06 at 14.02.46

O workshop foi promovido pela Fapepi, Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Instituto Federal do Piauí (IFPI), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e pelas Câmaras Setoriais de Biotecnologia e de Tecnologia da Informação e Comunicação

O workshop foi promovido pela Fapepi, Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Instituto Federal do Piauí (IFPI), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e pelas Câmaras Setoriais de Biotecnologia e de Tecnologia da Informação e Comunicação.

Departamento de Difusão do Conhecimento – Decon

O post Fapeam participa de workshop sobre Novo Marco Legal de Ciência Tecnologia e Inovação no Piauí apareceu primeiro em FAPEAM.

Prazo para submissão de propostas ao Researcher Links termina dia 8 de junho

Programa apoia a realização de workshops científicos que sirvam como plataformas para a colaboração entre cientistas brasileiros e britânicos

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o British Council, no contexto do Fundo Newton, está com oportunidade aberta a pesquisadores. Com o objetivo de apoiar a realização de workshops científicos que sirvam como plataformas para a colaboração entre cientistas brasileiros e britânicos está aberta, até o dia 8 de junho, a chamada 2018/2019, do programa Researcher Links. Os workshops serão realizados em inglês e coordenados por pesquisadores seniores de reconhecida competência nos seus campos de atividades.

A proposta deve trazer um benefício social para o Brasil, ou seja, demonstrar impacto direto ou indireto em populações vulneráveis ou de baixa renda. Todos os projetos financiados pelo Newton Fund seguem os critérios da OECD para investimento tipo ODA (sigla em inglês para Assistência Internacional para o Desenvolvimento). O valor disponível para o financiamento de cada workshop é de até cinquenta mil libras esterlinas e os workshops selecionados deverão ser realizados entre 1º de fevereiro de 2019 e 31 de janeiro de 2020.

newton-fund-hero

A chamada permanecerá aberta até as 16 horas (4:00 pm) horário de Londres do dia 8 de junho de 2018. As propostas devem ser submetidas conjuntamente por dois pesquisadores, um brasileiro dos estados participantes e um britânico. Os proponentes devem ser pesquisadores seniores, ou seja, que consigam demonstrar a relevância de seu trabalho em seu campo de conhecimento. Serão consideradas evidências de relevância: títulos, publicações, colaborações internacionais, orientação e/ou supervisão. O proponente no Brasil deve estar filiado a uma universidade ou instituição/centros de pesquisa, públicos ou privados sem fins lucrativos, nos estados mencionados anteriormente.

Dúvidas ou informações podem ser solicitadas pelo e-mail: newton@international.ac.uk

Acesse aqui o edital completo

Fonte:  Confap com informações do British Council

O post Prazo para submissão de propostas ao Researcher Links termina dia 8 de junho apareceu primeiro em FAPEAM.

Inscrições para o Prêmio Newton 2018 estão abertas

Incentivo adicional de 1 milhão de reais será concedido a projetos do Fundo Newton em cada um dos 4 países da América Latina: Brasil, Chile, Colômbia e México

O Governo Britânico, em parceria com o Fundo Newton, abre as inscrições para o Prêmio Newton 2018. Os países contemplados para a chamada são Brasil, Chile, Colômbia e México. São elegíveis beneficiários existentes ou passados de projetos financiados pelo Newton Fund. O prêmio será concedido para a melhor pesquisa ou inovação que promova desenvolvimento econômico, bem-estar social ou que enfrente desafios globais.

O Prêmio Newton reconhece e celebra pesquisas e inovações de excelência financiadas pelo Fundo Newton, desde o seu lançamento em 2014. Ele busca incentivar pesquisadores e inovadores a participarem como parceiros do Reino Unido e a trabalharem para responder aos mais urgentes desafios globais.

banner_found

Neste ano, cinco projetos serão contemplados, pelo menos um prêmio para cada país será concedido, no valor máximo de 200 mil libras, aproximadamente 1 milhão de reais, o qual deve ser usado para avançar ou desenvolver trabalhos existentes no Fundo Newton. A lista de inscrições será analisada por um comitê independente, liderado pelo Sir Venkatraman Ramakrishnan, um dos mais ilustres cientistas britânicos, vencedor do Prêmio Nobel e presidente da Royal Society de Londres.

“A América Latina tem uma riqueza de excelentes pesquisadores trabalhando em colaboração com o Reino Unido para abordar questões diversas como biodiversidade, saúde e observação da Terra através das parcerias do Fundo Newton na região. Como presidente do Comitê do Prêmio, estou ansioso para descobrir mais sobre esses empreendimentos colaborativos”, afirmou o cientista.

As inscrições, em inglês, são feitas pelo site até o dia 25 de maio de 2018:

http://www.newtonfund.ac.uk/newtonprize/

 

Fonte: Confap

O post Inscrições para o Prêmio Newton 2018 estão abertas apareceu primeiro em FAPEAM.

Inscrições para o Prêmio Newton 2018 estão abertas

Incentivo adicional de 1 milhão de reais será concedido a projetos do Fundo Newton em cada um dos 4 países da América Latina: Brasil, Chile, Colômbia e México

O Governo Britânico, em parceria com o Fundo Newton, abre as inscrições para o Prêmio Newton 2018. Os países contemplados para a chamada são Brasil, Chile, Colômbia e México. São elegíveis beneficiários existentes ou passados de projetos financiados pelo Newton Fund. O prêmio será concedido para a melhor pesquisa ou inovação que promova desenvolvimento econômico, bem-estar social ou que enfrente desafios globais.

O Prêmio Newton reconhece e celebra pesquisas e inovações de excelência financiadas pelo Fundo Newton, desde o seu lançamento em 2014. Ele busca incentivar pesquisadores e inovadores a participarem como parceiros do Reino Unido e a trabalharem para responder aos mais urgentes desafios globais.

banner_found

Neste ano, cinco projetos serão contemplados, pelo menos um prêmio para cada país será concedido, no valor máximo de 200 mil libras, aproximadamente 1 milhão de reais, o qual deve ser usado para avançar ou desenvolver trabalhos existentes no Fundo Newton. A lista de inscrições será analisada por um comitê independente, liderado pelo Sir Venkatraman Ramakrishnan, um dos mais ilustres cientistas britânicos, vencedor do Prêmio Nobel e presidente da Royal Society de Londres.

“A América Latina tem uma riqueza de excelentes pesquisadores trabalhando em colaboração com o Reino Unido para abordar questões diversas como biodiversidade, saúde e observação da Terra através das parcerias do Fundo Newton na região. Como presidente do Comitê do Prêmio, estou ansioso para descobrir mais sobre esses empreendimentos colaborativos”, afirmou o cientista.

As inscrições, em inglês, são feitas pelo site até o dia 25 de maio de 2018:

http://www.newtonfund.ac.uk/newtonprize/

 

Fonte: Confap

O post Inscrições para o Prêmio Newton 2018 estão abertas apareceu primeiro em FAPEAM.