Arquivo da Categoria: comunicação

Oficina de Comunicação Científica divulga acesso gratuito a informações na área de saúde nas Bibliotecas Virtuais de Saúde

O acesso gratuito e de qualidade a informações científicas sobre saúde foi a tônica da Oficina de Comunicação Científica – ComunicaCiência, realizada na manhã desta quarta-feira, 9/10, na sede do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), com a condução dos facilitadores Ycaro Verçosa e Cristiane Barbosa.

Bibliotecário do ILMD/Fiocruz Amazônia há 13 anos, Ycaro Verçosa compartilhou com o público presente sua vasta experiência em plataformas digitais de informação, destacando nesta Oficina as características e funcionalidades das Bibliotecas Virtuais em Saúde (BVSs) da Fiocruz, divididas por diversas temáticas, como Aleitamento Materno, Saúde Pública, Determinantes Sociais em Saúde, Doenças Infecciosas, Pensamento Social, Bioética e Diplomacia em Saúde, dentre outras.

O especialista em Gestão da Informação também expôs sobre repositórios, em especial o Arca. “Todas as produções científicas desenvolvidas dentro da instituição são publicadas nesse ambiente virtual e podem ser acessadas livremente e de forma gratuita por todos. Basta ter acesso à internet”, explicou ele.

Para o mestre em Biotecnologia, João Victor Verçosa, que participou da Oficina, o conteúdo foi muito esclarecedor e trouxe novas informações para o pesquisador. “Foi muito interessante conhecer essas Bibliotecas Virtuais que podem ser consultadas gratuitamente e com bastante dados na área de saúde”, relatou.

A acadêmica do 6º período do curso de Enfermagem da Faculdade Materdei, Karollyne Coutinho, aprovou a iniciativa da Fiocruz Amazônia na abordagem crucial para interessados na área. “Foi muito profundo todo o conteúdo apresentado por um profissional de alto nível. Quero atuar na pesquisa e essa oficina, sem dúvida, agrega para esse empoderamento do conhecimento”, opinou.

Sobre a ComunicaCiência

A Oficina “ComunicaCiência” faz parte das iniciativas do ILMD/Fiocruz Amazônia em dialogar com a sociedade por meio de estratégias variadas, preconizando que essas ações devam começar com o próprio pesquisador, que deve apresentar seus projetos e resultados, impulsionando a importância do Instituto para a sociedade, por meio das publicações de artigos em revistas e congressos de alta relevância.

A atividade também tem o objetivo de contribuir com o ILMD/Fiocruz Amazônia, visando atingir as metas propostas em seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2018-2021), em especial o Programa de Consolidação e Excelência na Pesquisa (Proex-CIÊNCIA), que visa organizar as linhas de ação que sustentam e potencializam a realização de pesquisa de excelência na Unidade, por meio de suas parcerias e interação com a sociedade.

Sobre as Bibliotecas Virtuais em Saúde

As bibliotecas virtuais em saúde são um projeto liderado pelo Centro Latino-americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme / Opas), em conjunto com o Ministério da Saúde, para a ampliação do livre acesso à informação em saúde. O Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT) coordena bibliotecas virtuais em temas variados. A Biblioteca Virtual em Saúde Fiocruz (BVS Fiocruz) reúne o conteúdo de dez bibliotecas temáticas e de outras três biográficas

 ILMD/Fiocruz Amazônia, por Cristiane Barbosa
Fotos: Cristiane Barbosa

Fiocruz Amazônia promove Oficina de Comunicação Científica

Como o tema “Plataformas digitais de Comunicação Científica para a área da Saúde”, o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) realiza na próxima quarta-feira, 4/10, das 9h às 11h, a Oficina de Comunicação Científica “ComunicaCiência”, que terá como facilitadores o bibliotecário da Fiocruz Amazônia, Ycaro Verçosa e a Jornalista Cristiane Barbosa.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo e-mail: eventos.ilmd@fiocruz.br, por pesquisadores, graduandos e pós-graduandos interessados na temática. Na ocasião, o bibliotecário do ILMD/Fiocruz Amazônia irá abordar sobre as bibliotecas virtuais em saúde, destacando suas principais temáticas nesse campo de pesquisa.

O “ComunicaCiência” faz parte das iniciativas do ILMD/Fiocruz Amazônia em dialogar com a sociedade por meio de estratégias variadas, preconizando que essas ações devam começar com o próprio pesquisador, que deve apresentar seus projetos e resultados, impulsionando a importância do Instituto para a sociedade, por meio das publicações de artigos em revistas e congressos de alta relevância.

O ILMD/Fiocruz Amazônia articula de forma estratégica a formação de base para os discentes e pesquisadores na área de comunicação científica, ofertando uma sequência de oficinas temáticas denominada “ComunicaCiência: – Oficina de Comunicação Científica para pós-graduandos e bolsistas do ILMD/Fiocruz Amazônia”.

A atividade também visa contribuir com o ILMD/Fiocruz Amazônia, visando atingir as metas propostas em seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2018-2021), em especial o Programa de Consolidação e Excelência na Pesquisa (Proex-CIÊNCIA), que visa organizar as linhas de ação que sustentam e potencializam a realização de pesquisa de excelência na Unidade, por meio de suas parcerias e interação com a sociedade.

Ascom ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Estudantes da Ufam conhecem ações e estratégias de popularização da ciência promovidas pela Fiocruz Amazônia

Refletir sobre as concepções teóricas e as práticas que envolvem a relação entre a ciência e os diferentes públicos, tem sido pauta de importantes diálogos na universidade, especialmente na área da comunicação. No intuito de ampliar as ações de popularização do conhecimento científico, gerado no Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), estudantes do 4º período, do curso de Relações Públicas da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), conheceram na última sexta-feira, 20/9, o trabalho da Instituição, em especial da equipe de Assessoria de Comunicação e Eventos da Unidade.

Na ocasião, os alunos foram recebidos pela Jornalista, Marlúcia Seixas, Assessora de Comunicação da Fiocruz Amazônia. Além de conhecer os objetivos e missão da Instituição, os estudantes puderam ter acesso também ao fluxo de atividades desenvolvidas pela equipe, especialmente sobre o processo de comunicação desenvolvido na Instituição desde o ano de 2016, entre eventos, ações de popularização e estratégia que utilizam o jornalismo como ferramenta de aproximação com a sociedade.

A Assessoria de Comunicação no ILMD/Fiocruz Amazônia está vinculada ao Gabinete e sua finalidade é atuar por meio da produção de materiais jornalísticos, publicitários e/ou editorial, em mídia impressa e/ou eletrônica, bem como realizar atividades de relações públicas e organização de eventos, tanto para o público interno quanto para o externo, contribuindo para a popularização da ciência através da divulgação cientifica e promoção da imagem do Instituto.

De acordo com Judy Tavares, professora da disciplina Planejamento de Relações Públicas 2, a visita é um oportunidade de contato com a prática nas Instituições. “É sempre comum nós levarmos eles para conhecer as instituições, no intuito de que possam conhecer o trabalho dos profissionais e entender como essas organizações trabalham o seu planejamento. Normalmente as assessorias acabam contando um pouco das suas práticas, além do processo de comunicação desenvolvido junto aos diferentes públicos”, explicou.

SOBRE A FIOCRUZ AMAZÕNIA

O ILMD/Fiocruz Amazônia é a unidade técnico-científica da Fundação Oswaldo Cruz no Amazonas.  Sediado em Manaus, sua missão é contribuir para a melhoria das condições de vida e saúde das populações amazônicas e para o desenvolvimento científico e tecnológico regional e do País, integrando a pesquisa, a educação e ações de saúde pública.

Para o desenvolvimento de suas ações conta com instituições parceiras que apoiam projetos de caráter multidisciplinar e interinstitucional, gerando conhecimentos essenciais para a criação de políticas públicas, que contribuam para a melhoria da qualidade de vida da sociedade.

A produção de conhecimento científico no ILMD/Fiocruz Amazônia também ocorre por meio das ações de cooperação técnica, realizadas através da assessoria técnico-científica desenvolvida junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), com foco especial no conhecimento das realidades sócio-sanitárias e epidemiológicas da Amazônia.

O ILMD/Fiocruz Amazônia estabelece cooperação com instituições nacionais e internacionais de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde (CT&IS), por meio de Acordos de Cooperação Técnico-Científica em Saúde com as demais unidades da Fiocruz, com instituições da Amazônia, nacionais e de outros países.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Fotos: Eduardo Gomes

Últimos dias de inscrição para o prêmio Fapeam de Jornalismo Científico

A inscrição pode ser realizada até o dia 30 de outubro por meio do sistema SigFapeam

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebe até o dia 30 de outubro as inscrições dos profissionais da área de comunicação interessados em participar da 8ª edição do Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico. O prêmio busca incentivar a prática do jornalismo científico e estimula a cultura de popularização da CT&I no Amazonas premiando trabalhos jornalísticos que tenham contribuído, ao longo de 2016, com a divulgação da ciência nos meios de comunicação do Estado.

Profissionais e estudantes poderão concorrer na modalidade Comunicação Midiática que contempla as seguintes categorias: impresso-jornal/revista, audiovisual – reportagem ou videorreportagem, audiovisual – imagem cinematográfica, rádio, internet e fotojornalismo.

De acordo com o edital, materiais jornalísticos sobre Ciência, Tecnologia ou Inovação a partir de ações ou projetos realizados no Estado estão aptos a concorrer ao prêmio. Os produtos midiáticos só podem os que foram divulgados entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas, até às 23h59 do dia 30 de outubro de 2017, via formulário online disponibilizado no SigFAPEAM, conforme o prazo já citado. No ato da inscrição deverão ser anexados os seguintes documentos: cópia do diploma de conclusão do curso de Comunicação Social, declaração de matrícula para estudantes de graduação da área de Comunicação Social, registro profissional ou comprovação de exercício da profissão.

Além da documentação comprobatória, o candidato que irá concorrer nas categorias impresso-jornal/revista, internet, rádio, audiovisual – reportagem ou videorreportagem, audiovisual – imagem cinematográfica e fotojornalismo, deve ficar atento aos requisitos descritos no edital para que a submissão da proposta seja efetivada.

A lista com o nome dos indicados ao Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico deverá ser divulgada a partir de fevereiro de 2018. A expectativa é que a solenidade de entrega dos troféus aos vencedores ocorra a partir de abril do próximo ano.

Veja o edital do prêmio, clique aqui

 

Departamento de Difusão do Conhecimento (Decon)

O post Últimos dias de inscrição para o prêmio Fapeam de Jornalismo Científico apareceu primeiro em FAPEAM.

Últimos dias de inscrição para o prêmio Fapeam de Jornalismo Científico

A inscrição pode ser realizada até o dia 30 de outubro por meio do sistema SigFapeam

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebe até o dia 30 de outubro as inscrições dos profissionais da área de comunicação interessados em participar da 8ª edição do Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico. O prêmio busca incentivar a prática do jornalismo científico e estimula a cultura de popularização da CT&I no Amazonas premiando trabalhos jornalísticos que tenham contribuído, ao longo de 2016, com a divulgação da ciência nos meios de comunicação do Estado.

Profissionais e estudantes poderão concorrer na modalidade Comunicação Midiática que contempla as seguintes categorias: impresso-jornal/revista, audiovisual – reportagem ou videorreportagem, audiovisual – imagem cinematográfica, rádio, internet e fotojornalismo.

De acordo com o edital, materiais jornalísticos sobre Ciência, Tecnologia ou Inovação a partir de ações ou projetos realizados no Estado estão aptos a concorrer ao prêmio. Os produtos midiáticos só podem os que foram divulgados entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016.

Inscrições

As inscrições podem ser feitas, até às 23h59 do dia 30 de outubro de 2017, via formulário online disponibilizado no SigFAPEAM, conforme o prazo já citado. No ato da inscrição deverão ser anexados os seguintes documentos: cópia do diploma de conclusão do curso de Comunicação Social, declaração de matrícula para estudantes de graduação da área de Comunicação Social, registro profissional ou comprovação de exercício da profissão.

Além da documentação comprobatória, o candidato que irá concorrer nas categorias impresso-jornal/revista, internet, rádio, audiovisual – reportagem ou videorreportagem, audiovisual – imagem cinematográfica e fotojornalismo, deve ficar atento aos requisitos descritos no edital para que a submissão da proposta seja efetivada.

A lista com o nome dos indicados ao Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico deverá ser divulgada a partir de fevereiro de 2018. A expectativa é que a solenidade de entrega dos troféus aos vencedores ocorra a partir de abril do próximo ano.

Veja o edital do prêmio, clique aqui

 

Departamento de Difusão do Conhecimento (Decon)

O post Últimos dias de inscrição para o prêmio Fapeam de Jornalismo Científico apareceu primeiro em FAPEAM.