Arquivo da Categoria: chamada

Fiocruz Amazônia seleciona facilitadores para atuarem em curso de atualização no interior do Amazonas

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) divulga a Chamada Pública Nº 006/2019 para a seleção de profissionais com nível superior que irão atuar nos municípios do Amazonas como facilitadores, para a realização do curso de atualização Organização de Ações de Vigilância, Prevenção e Controle de Agravos Notificáveis e Organização de Ações de Monitoramento de Agravos Imunopreveníveis.

Os interessados em concorrer às vagas devem ler com atenção o edital. As inscrições estão abertas no período de 8 a 17 de julho. Esclarecimentos sobre documentos e envio de inscrição podem ser solicitados somente por e-mail, para o endereço eletrônico duvidaslato.ilmd@fiocruz.br.

Para este processo seletivo estão sendo ofertadas 30 vagas. A seleção será feita em duas etapas, sendo a primeira de Avaliação de Currículo com Comprovação dos Itens de Pontuação e, a segunda, de Avaliação de Desempenho.

Acesse a Chamada Pública Nº 006/2019.

REQUISITOS

  1. Possuir nível superior completo, preferencialmente na área de saúde;
  2. Ter boa capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoais;
  3. Ter disponibilidade de dedicação exclusiva durante todo o período de realização das ações educativas, inclusive nos finais de semana;
  4. Ter disponibilidade para participar de todas as etapas do treinamento/capacitação a ser realizado na cidade de Manaus (AM).

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotarão modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos serão ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda 71040010, da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas  (Cosems-AM).

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagem: Mackesy Nascimento

 

Programa Researcher Links recebe propostas para apoiar workshops entre pesquisadores do Brasil e do Reino Unido

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o Conselho Britânico, no contexto do Fundo Newton, recebe até o dia 9 de agosto propostas para a Chamada 2019-2020 do programa Researcher Links. O programa tem como objetivo apoiar a realização de workshops científicos que sirvam como plataformas para a colaboração entre cientistas brasileiros e britânicos.

Financiado com recursos das Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) participantes e do Fundo Newton, o programa Researcher Links oferece até 44 mil libras esterlinas para a realização dos workshops. Participam desta chamada as Fundações dos Estados de Alagoas (Fapeal), Amazonas (Fapeam), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Minas Gerais (Fapemig), Paraná (Fundação Araucária), São Paulo (Fapesp) e do Distrito Federal (FAPDF).

Acesse a chamada aqui: http://confap.org.br/pt/editais/29/researcher-links-workshops-2019-2020

researcher-links-2

Os workshops deverão ser coordenados por pesquisadores seniores de reconhecida competência nos seus campos de atividades. Os dois coordenadores (um pesquisador britânico e um brasileiro) poderão identificar quatro outros pesquisadores líderes, dois de cada país, para participar como mentores, e os demais participantes deverão ser pesquisadores em início de carreira de ambos os países (entre 12 a 17 de cada país). Os workshops deverão ser em inglês e com duração entre 3 a 5 dias. A iniciativa busca servir como plataforma para a colaboração entre cientistas das duas localidades, de modo a dar suporte internacional às pesquisas e estabelecer novos links que se desenvolvam a longo prazo entre os dois países.

A  ideia da proposta deve trazer um benefício social para o Brasil, ou seja, demonstrar impacto direto ou indireto em populações vulneráveis ou de baixa renda. Todos os projetos financiados pelo Newton Fund seguem os critérios da OECD para investimento tipo ODA (sigla em inglês para Assistência Internacional para o Desenvolvimento).

Requisitos

Propostas devem ser submetidas conjuntamente por dois pesquisadores, um brasileiro dos estados participantes e um britânico. Os proponentes devem ser pesquisadores seniores, ou seja, que consigam demonstrar a relevância de seu trabalho em seu campo de conhecimento. Serão consideradas evidências de relevância: títulos, publicações, colaborações internacionais, orientação e/ou supervisão.

O proponente no Brasil deve estar filiado a uma universidade ou instituição/centros de pesquisa, públicos ou privados sem fins lucrativos, nos estados mencionados anteriormente. Algumas FAPs poderão possuir as suas próprias orientações associadas a essa chamada. As partes interessadas deverão consultar a sua FAP apoiadora antes de preparar a proposta.

University UK International – UUKi, instituição parceira, auxilia as organizações brasileiras a encontrar instituições com interesses similares no Reino Unido para projetos do British Council financiados pelo Fundo Newton. Para saber mais, escreva para newton@international.ac.uk, indicando o assunto “Researcher Links 2019/2020 – Brazil call” ou acesse o site http://www.universitiesuk.ac.uk/International/funding-and-opportunities/Pages/newton-fund.aspx

Cronograma e envio de propostas
A chamada permanecerá aberta até às 16h horas (4:00 pm) horário de Londres do dia 9 de agosto de 2019. Os workshops selecionados deverão ser realizados entre 1º de fevereiro de 2020 e 31 de janeiro de 2021.

O edital (Guidelines for Applicants, em inglês) e o formulário de inscrição para esta chamada estão disponíveis no site global do British Council (https://www.britishcouncil.org/education/science/current-opportunities/newton-fund-researcher-links-workshops?_ga=2.73371923.1876622296.1559598007-1699884055.1559598007).

Mais informações: newton@britishcouncil.org.br

Coordenação de Comunicação Social do Confap com informações do Conselho Britânico

O post Programa Researcher Links recebe propostas para apoiar workshops entre pesquisadores do Brasil e do Reino Unido apareceu primeiro em FAPEAM.

Chamada do MCTIC e do CNPq vai apoiar construção de inventários de ciclo de vida

Dados serão juntados ao Banco Nacional de Inventários de Ciclos de Vida. Os interessados devem submeter os projetos até o dia 22 de fevereiro

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) abriram uma chamada pública para apoiar projetos de pesquisa focados na construção de inventários de ciclos de vida (ICVs). A ação tem como objetivo alimentar o Banco Nacional de Inventários de Ciclo de Vida (SICV Brasil) com ICVs representativos da economia brasileira e que estejam em concordância com os preceitos da bioeconomia. Os interessados devem submeter os projetos até o dia 22 de fevereiro.

ciclo_de_vida_2

Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) mede impactos para a manufatura de produtos

A produção do inventário de ciclos de vida é uma etapa da Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), técnica voltada à compilação de valores, dados e metadados relativos ao ciclo de vida de um produto, desde a extração de matérias-primas, passando pela produção, distribuição e consumo desse bem, até o descarte final. No ICV, os valores de massa e energia envolvidos direta e indiretamente em todas as fases da manufatura de um produto ou serviço são levantados. Posteriormente, são representados os impactos ambientais desses processos.

Dessa maneira, uma base de dados com ICV de produtos nacionais é condição primordial para que seja evidenciada a maneira como os recursos envolvidos são geridos e, também, para possibilitar a elaboração de estratégias para alcançar o desenvolvimento nacional sustentável.

Para ter acesso ao conteúdo completo do edital, acesse esta página.

Fonte: MCTIC

O post Chamada do MCTIC e do CNPq vai apoiar construção de inventários de ciclo de vida apareceu primeiro em FAPEAM.

Fundação Bill e Melinda Gates, Ministério da Saúde, CNPq e Confap lançam chamada com foco na saúde materno-infantil

Nova edição do Grand Challenges Explorations é exclusiva para pesquisadores brasileiros

A Fundação Bill & Melinda Gates, o Ministério da Saúde, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, estão com inscrições abertas para o envio de propostas para o primeiro Grand Challenges Explorations (GCE) exclusivo para pesquisadores brasileiros. O tema desta edição é “Ciência de dados para melhorar a saúde materno-infantil no Brasil”. A chamada busca propostas inovadoras que utilizem ciência de dados e modelagens para entender os principais fatores que impactam a saúde materna e o desenvolvimento infantil no Brasil. A ideia é que os projetos financiados ajudem os gestores a definir melhores políticas públicas e intervenções nessa área.

A parceria busca soluções em 17 temas, que variam de ferramentas para identificação de riscos ao desenvolvimento infantil a avaliações do impacto de intervenções e programas sociais na saúde materno-infantil. Desde 2009, 14 projetos brasileiros foram apoiados pela iniciativa Grand Challenges Explorations em chamadas abertas para pesquisadores do mundo todo. Além do financiamento de 100 mil dólares da Fundação Gates, os brasileiros podem receber nesta chamada um adicional de 25% a 50% do valor total das FAPs de seus estados. Aderiram a esta chamada, apoiados pelas suas respectivas Fundações, os estados de Amazonas (Fapeam), Bahia (Fapesb), Ceará (Funcap), Distrito Federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Minas Gerais (Fapemig), Paraná (Fundação Araucária), Pernambuco (Facepe), Rio Grande do Norte (Fapern), Rio Grande do Sul (Fapergs), Santa Catarina (Fapesc), São Paulo (Fapesp), Sergipe (Fapitec) e Tocantins (Fapt).

As inscrições para o Grand Challenges Explorations vão até 2 de maio. Qualquer pessoa pode enviar projetos. Não é necessário ser mestre, doutor nem anexar currículo, referências ou resultados prévios. A seleção é baseada exclusivamente na qualidade da proposta, que deve ser inovadora, e no seu potencial para resolver grandes desafios globais. São aceitos projetos de candidatos de qualquer área ou organização, incluindo universidades, laboratórios, institutos de pesquisa, ONGs e empresas privadas. Para participar, basta descrever sua ideia em duas páginas em inglês com uma cópia em português.

O professor de Obstetrícia da Universidade Estadual de Campinas, José Guilherme Cecatti, foi o mais recente pesquisador financiado pelo GCE. Ele pretende testar, pela primeira vez, se a atividade física e os padrões de sono durante a gestação têm relação com complicações como o diabetes gestacional, pré-eclâmpsia e parto prematuro. “O grande diferencial é que o GCE aposta na ideia que você está apresentando de algo que pode dar certo, sem a necessidade de ter um projeto completamente desenvolvido para submissão”, diz Cecatti. “Se for selecionado, o pesquisador terá a oportunidade de discutir com outros inovadores do mundo todo que estão desenvolvendo ideias similares em grandes encontros internacionais”.

FBMG GCE Brazil

Apoio do Cidacs

Esta é a segunda vez que a Fundação Gates, o Ministério da Saúde e o CNPq investem no potencial de pesquisadores e inovadores brasileiros em gerar dados relevantes em saúde para informar políticas públicas. Em 2015, aproximadamente 4,8 milhões de reais foram destinados  para a criação e manutenção do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia) até 2020. Nesta chamada, o Cidacs, instituição de pesquisa ligada à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e sediada em Salvador, vai disponibilizar informações anonimizadas geradas a partir da vinculação de quatro bases de dados (cadastro único,  mortalidade, nascimentos e do programa bolsa família) para pesquisadores financiados pelo Grand Challenges Explorations Brasil. A ideia é que os pesquisadores trabalhem em parceria com o Cidacs.

Sobre a parceria com as FAPs

Em 2007, a Fundação Gates lançou o Grand Challenges Explorations para envolver mais inovadores do mundo mais rapidamente. Boas ideias surgem em todos os lugares. Duas vezes ao ano, o Grand Challenges Explorations aceita propostas de projetos de alto risco e alta recompensa em uma série de desafios. No Brasil, uma parceria com Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) garante um aporte adicional de 25.000 a 50.000 dólares a inovadores de seus estados que tiverem suas ideias selecionadas pelo programa.

Sobre a parceria com o Ministério da Saúde

Em 2011, o Ministério da Saúde e a Fundação Bill & Melinda Gates assinaram um Termo de Cooperação para formalizar uma parceria estratégica, a chamada Brazil Strategic Alliance (BSA), que tem por objetivo contribuir com recursos e experiência para prioridades mútuas em saúde, com potenciais benefícios para a saúde pública no Brasil e no mundo. O sucesso da parceria foi reforçado em abril de 2017 quando um novo Termo de Cooperação foi assinado pela Fundação e o Ministério, renovando o BSA por mais cinco anos. O acordo prevê colaborações em uma série de iniciativas, que incluem assistência a produtores de vacinas, inovações para o tratamento da malária e o programa Grand Challenges Brasil entre outros. Duas chamadas do Grand Challenges já foram lançadas para brasileiros: Prevenção e Manejo de Partos Prematuros (2013) e Desenvolvimento Saudável para Todas as Crianças (2014). Elas selecionaram 21 projetos, que receberam 25 milhões de reais dos parceiros, e devem ser finalizados até 2020.

Acesse aqui a Chamada no site do Confap: http://confap.org.br/news/grand-challenges-explorations-brasil/

Acesse aqui a Chamada no site da Fundação Bill e Melinda Gates: https://gcgh.grandchallenges.org/challenge/grand-challenges-explorations-brazil-data-science-approaches-improve-maternal-and-child

 

Fonte: Confap

O post Fundação Bill e Melinda Gates, Ministério da Saúde, CNPq e Confap lançam chamada com foco na saúde materno-infantil apareceu primeiro em FAPEAM.

Confap e MDIC lançam chamada para cooperação entre empresas brasileiras e alemãs

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil (MDIC) publicaram Chamada Pública para apresentação de propostas conjuntas para projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) entre empresas alemãs e brasileiras do MDIC e do Ministério Federal da Economia e da Energia da República Federal da Alemanha (BMWi). O objetivo é fomentar empresas brasileiras e Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação – ICTIs (que desenvolvam projetos em parceria com empresas brasileiras) na concepção e viabilização de projetos de inovação tecnológica em cooperação técnico-científica-empresarial com empresas da Alemanha, que resultem no desenvolvimento de novos produtos, processos ou serviços de aplicação industrial direcionados à comercialização no mercado doméstico e global.

Participam desta chamada, financiados por suas respectivas Fundações, os estados do Amazonas (Fapeam), Amapá (Fapeap), Bahia (Fapesb), Distrito federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Minas Gerais (Fapemig), Mato Grosso do Sul (Fundect), Pernambuco (Facepe), Paraná (Fundação Araucária), Rio de Janeiro (Faperj), Rio Grande do Sul (Fapergs), Sergipe (Fapitec), Santa Catarina (Fapesc) e Tocantins (Fapt). O montante de recursos aportados por projeto, bem como o número de projetos financiados, será definido e publicado por cada FAP. As FAPs que aderiram a este edital poderão apoiar projetos aprovados no âmbito da Chamada MDIC-BMWi com recursos provenientes de seus orçamentos próprios.

As propostas deverão ser cadastradas no site do MDIC para Cooperação Internacional, submetidas na Plataforma do SIGConfap (http://sigconfap.ledes.net) e enviadas para o e-mail cooperacaointernacional@mdic.gov.br. Será permitida somente uma proposta por Empresa ou ICT e o prazo para a submissão termina no dia 31 de maio de 2018.

Acesse aqui a Chamada Pública CONFAP-MDIC nº 02/2017.

 

Fonte:  Confap

O post Confap e MDIC lançam chamada para cooperação entre empresas brasileiras e alemãs apareceu primeiro em FAPEAM.