Arquivo da Categoria: Auxilios

Fapeam realizará Oficinas de Capacitação para a Fase 2 do Programa Centelha Amazonas

Recentemente a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) anunciou as propostas aprovadas na primeira fase do Programa Centelha. Agora, para contribuir com a formação dos proponentes para os desafios a serem enfrentados na Fase 2 do Programa, a Fapeam oferece nos dias 5 e 6 de março oficinas de Capacitação  para quem está concorrendo às próximas etapas.

A abertura será  às 8h30 com a palestra  intitulada “De Centelha a uma startUp de sucesso: como aprimorar sua ideia” . As oficinas serão realizadas das 13h às 18h e acontecerão no auditório Vânia Pimentel da Universidade Nilton Lins, bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus.

Para participar, os proponentes devem se inscrever no link: https://bit.ly/2VHTClm. No ato da inscrição, o candidato poderá selecionar o grupo e a data (5 ou 6/3) em que deseja participar da Oficina de Capacitação.

Programa Centelha

Lançado em agosto de 2019,  o Programa Centelha Amazonas recebeu 964 propostas de 35 municípios do Amazonas. No total, 207 ideias foram aprovadas para a Fase II, que consiste no projeto de empreendimento.

O Programa Centelha é realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa é executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

O Programa visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, bem como disseminar  a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

Por: Esterffany Martins

O post Fapeam realizará Oficinas de Capacitação para a Fase 2 do Programa Centelha Amazonas apareceu primeiro em FAPEAM.

Carta de Serviços Fapeam

Com o objetivo de dar visibilidade e transparência a suas ações, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam)  apresenta sua Carta de Serviços e informa à sociedade acerca dos principais serviços prestados, bem como os meios de obtê-los, assegurando o compromisso de atendimento com qualidade.

O documento é inspirado na Lei Federal nº 13.460, de 26 de junho de 2017, regulamentado no Estado do Amazonas pelo Decreto nº 40.636, de 07 de maio de 2019, que trata de questões relativas ao atendimento ao cidadão.  O documento traz as seguintes informações:

>> Carta de Serviço ao Cidadão;

>> Missão, Visão e Valores;

>> Compromissos e Padrões de Qualidade;

>> Linha de Ação;

>> Canais de Atendimento ao Usuário;

>> Serviços;

>> Programas Vigentes;

>> Etapas para Submissão de Propostas.

ACESSE A CARTA DE SERVIÇOS DA FAPEAM

 

2020-02-03 (1)

 

2020-02-03

O post Carta de Serviços Fapeam apareceu primeiro em FAPEAM.

Professores do interior recebem orientações sobre elaboração de relatório final do PCE

16.12.2019 - OFICINA RELATÓRIO FINAL PCE -  ÉRICO XAVIER_

Oficina foi realizada no Centro de Mídias da Seduc/AM

Professores de nove municípios do Amazonas assistiram a transmissão de videoconferência da “Oficina de Elaboração de Relatório Final” do Programa Ciência da Escola (PCE) realizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), que ocorreu na segunda-feira (16/12), no Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação e  Desporto (Seduc-AM),  no bairro Japiim, zona Sul de Manaus.

O objetivo da oficina foi apontar questões detalhadas  para melhoria da qualificação dos relatórios finais do PCE, que serão entregues ao final da edição do programa. Participaram da transmissão professores dos municípios de Parintins, Itacoatiara, Itapiranga, Caapiranga, Boca do Acre, Barreirinha, Nova Olinda do Norte e Santo Antônio do Içá, que tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas por meio do chat online.

16.12.2019 - OFICINA RELATÓRIO FINAL PCE -  ÉRICO XAVIER_-6

Fulgência Bandeira ministrou a oficina do PCE

A integrante da Coordenação do Processo de Avaliação do PCE, Maria Fulgência Bandeira relata a importância da aproximação do PCE no interior com a capital.

“A oficina possibilita essa aproximação. A ideia é que não haja o distanciamento do conhecimento, que a Fapeam esteja sempre presente tanto na capital quanto no interior. A oficina é importante porque podemos passar orientações tanto na parte de elaboração de projeto quanto na avaliação de produção do relatório final, para que esses relatórios atendam a proposta do PCE”, conta.

Para o coordenador do PCE na Seduc, Mailson Rafael Ferreira, a inciativa é uma ação positiva,  na qual muitas dúvidas podem ser sanadas. “Além disso, as orientações ajudam a montar um relatório mais contundente, permitindo a finalização correta dos projetos”, disse.

PCE

Lançado no mês de abril, o PCE recebeu 742 propostas de professores da educação básica de escolas estaduais e municipais de Manaus e de escolas estaduais do interior do Amazonas. Desse total, 619 foram aprovadas nesta edição. Ao todo, foram disponibilizadas pelo PCE 2.476 bolsas para capital e interior.

O PCE apoia a participação de professores do 5º ao 9º ano do ensino fundamental, da 1ª a 3ª série do ensino médio e suas modalidades: Educação de Jovens e Adultos, Educação Escolar Indígena, Atendimento Educacional Específico e Projeto Avançar, em projetos de pesquisa a serem desenvolvidos em escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus. O PCE é desenvolvido Fapeam, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc-Am) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed Manaus).

Por: Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

O post Professores do interior recebem orientações sobre elaboração de relatório final do PCE apareceu primeiro em FAPEAM.

Workshop populariza alimentos da Amazônia

Promover a discussão de temas relacionados ao perfil nutricional e potencial bioativos de alimentos amazônicos e sua relação com a saúde humana é o objetivo do I Workshop de Alimentos Funcionais que iniciou nesta segunda-feira (25/11), no Laboratório de Alimentos Funcionais (Labaf), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), no bairro Petrópolis, zona sul de Manaus.

Workshop conta com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), no âmbito do Programa de Apoio à Popularização da CT&I (POP CT&I), edital N°009/2019.

WORKSHOP DE ALIMENTOS FUNCIONAIS - FOTOS ÉRICO X._-89

Segundo a coordenadora do evento, a doutora em Biotecnologia, Francisca das Chagas do Amaral, que atua com pesquisa de frutos amazônicos  no Inpa, o Workshop tem a finalidade de popularizar os alimentos funcionais da Amazônia, por meio de palestras, mesas-redondas e minicursos que objetivam aprimorar o desenvolvimento científico e a troca de conhecimento entre os participantes do evento.

“A importância desse evento é mostrar para a população o grande potencial que temos com alimentos amazônicos e aproveitarmos  esses alimentos de forma integral, além de usarmos o potencial que temos em simples preparações de receitas funcionais ou até em produtos”, disse.

Workshop

A programação é voltada para  estudantes de graduação, pós-graduação, professores  e profissionais interessados nas áreas de alimentos funcionais e será realizado até o dia 26/11.

No primeiro dia foi realizado o minicurso “Popularizações de Preparações com Alimentos Funcionais” apresentado pela nutricionista, Midore Nakamura Marques, mestranda da área de Tecnologia de Alimentos do Inpa. Na oportunidade, ela mostrou também a composição de alimentos vendidos em supermercados para alertar sobre os produtos industrializados consumidos pela população

WORKSHOP DE ALIMENTOS FUNCIONAIS - FOTOS ÉRICO X._-162

“Queremos mostrar que sempre existe uma alternativa saudável e composta de bioativos por meio de alimentos naturais. Espero que as pessoas tenham um despertar interno e que elas consigam, nem que seja um pouco, melhorar a alimentação do seu cotidiano”, relata.

A nutricionista, Bianca Nazaré, assistiu o Workshop e disse ser “Uma experiência enriquecedora para nosso conhecimento, conhecendo verdadeiramente os alimentos funcionais e suas propriedades de ricos nutrientes para saúde e bem-estar”, comentou.

POP CT&I

No Amazonas, o Governo do Estado, por meio do POP CT&I da Fapeam, apoia a realização de 26 eventos de popularização da ciência, em diversas áreas, na capital e no interior. Lançado no mês de junho, o POP CT&I, conta com recursos financeiros da ordem de R$800 mil, para apoiar a realização de exposições, feiras, oficinas, minicursos, palestras e outras atividades interativas sobre CT&I, em locais públicos, organizados por temas, campos ou áreas do conhecimento.

A pesquisadora Francisca das Chagas comenta que  o Programa, realizado por meio da Fapeam, é importante por fomentar diretamente ações de popularização da ciência. ”O suporte que a Fapeam oferece facilita para que possamos difundir ainda mais a ciência na região”, conta.

Por Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

O post Workshop populariza alimentos da Amazônia apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha Amazonas é divulgado em Manacapuru

Estimular o empreendedorismo inovador por meio de capacitações para o desenvolvimento de produtos (bens e serviços) ou de processos inovadores é o objetivo do Programa Centelha Amazonas apresentado pela equipe da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) para estudantes, professores e empreendedores no município de Manacapuru, nesta terça-feira, (19/11).

A ação ocorreu na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) com o objetivo de incentivar as pessoas a submeterem suas ideias inovadoras ao programa para obtenção de apoio financeiro de até R$65 mil, por meio de subvenção econômica, para desenvolver o projeto e transformá-lo no empreendimento.

Os parceiros do Programa Centelha que participaram da ação foram a UEA, Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL- Manacapuru), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae- Manacapuru) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac- Manacapuru).

PROGRAMA CENTELHA EM MANACAPURU - FOTOS ESTERFFANY-4

Vale destacar que a inscrição no Programa é gratuita e contempla diversas áreas do conhecimento, podendo ser realizada até o dia 29 de novembro (sem nova prorrogação), por meio do site www.programacentelha.com.br/am.

A coordenadora em exercício do Centelha Amazonas pela Fapeam, Liliane Valente, destacou que o Programa é pioneiro e ocorre em três fases: ideias inovadoras, projeto de empreendimento e projeto de fomento. O program  oferecerá capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócio de sucesso.

PROGRAMA CENTELHA EM MANACAPURU - FOTOS ESTERFFANY-2

A gerente do Núcleo de Ensino Superior da UEA Campus Manacapuru, Andréa Barreto, destacou que a oficina de submissão de ideias ao Programa foi importante para  orientar  as pessoas a  se inscreverem corretamente.

Segundo a gerente do Sebrae em Manacapuru, Cleonice Fonseca, a instituição apoia o Programa Centelha por entender a importância dele no processo de inovação e no impulsionamento do empreendedorismo no Amazonas. “É muito importante o Centelha para trazer novas ideias para o município e para o Estado”, disse.

A professora do Senac, Dejean Mafra, destacou que o programa é inovador e tem despertado o interesse dos alunos. “Manacapuru tem vários projetos de alunos que estão prontos para se inscreverem no programa”, comentou.

Para o estudante em contabilidade, Jhonata Alves, o programa traz o incentivo para quem quer empreender, colocando em prática as ideias e sonhos. “Gostei de conhecer o programa e penso sim em submeter a minha proposta”, contou.

Segundo a graduanda em Licenciatura em Matemática da UEA, Helora Rosas, o programa possibilita aos amazonenses trabalharem seus projetos e com isso contribuir com a melhoria de serviços e produtos para Estado. “O Programa Centelha dá esse suporte para que possamos expandir nossas ideias”, revelou.

Também cursando Licenciatura em Matemática da UEA, Lucas Serrão, disse que o Programa é importante, principalmente por apoiar financeiramente projetos que ainda estão na fase da ideia. “Eu gostei do Programa, porque a ideia pode ser transformada em um negócio e oportuniza à pessoa tornar-se empreendedor”.

Sobre Centelha

No Amazonas,  o Programa é desenvolvido pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), e visa apoiar ideias inovadoras para transformá-las em negócios de sucesso. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Acesse o edital do Programa Centelha Amazonas

Por Esterffany Martins

Fotos : Esterffany Martins

 

O post Programa Centelha Amazonas é divulgado em Manacapuru apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam apoia 26 eventos de popularização da ciência em Manaus e no interior

No Amazonas, o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), apoia a realização de 26 eventos de popularização da ciência, em diversas áreas, na capital e no interior. As atividades ocorrem neste mês no âmbito do Programa de Apoio à Popularização da CT&I (POP CT&I), edital N°009/2019.

Lançado no mês de junho, o POP CT&I, conta com recursos financeiros da ordem de R$800 mil, para apoiar a realização de exposições, feiras, oficinas, minicursos, palestras e outras atividades interativas sobre CT&I, em locais públicos, organizados por temas, campos ou áreas do conhecimento. As atividades são voltadas para o público em geral, para setores específicos e para estudantes do ensino fundamental, médio e superior.

No total, sete instituições de ensino e pesquisa foram contempladas pelo Programa: Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia), Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Secretaria de Estado de Educação (Seduc/AM), Museu da Amazônia (Musa), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O POP CT&I visa fomentar ações de popularização de CT&I para a melhoria do acesso ao conhecimento, às tecnologias e seus benefícios, construindo mecanismos com a sociedade a partir da ciência produzida no Estado.

DigiCiências

Uma das atividades realizadas com apoio do POP CT&I, Oficina de Vídeos Digitais para Divulgar a Ciência (DigiCiência) promovida  pelo o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) que iniciou hoje e segue até dia 14/11 (quarta- feira), de 8h as 12h, na sede  do instituto, no bairro Adrianópolis.

12.11.2019 - PALESTRA COMUNICAÇÃO FIOCRUZ - FOTOS ÉRICO XAVIER-14

A oficina tem com o objetivo orientar os alunos de pós-graduação e pesquisadores interessados a promoverem a divulgação de seus estudos e pesquisas com uma abordagem que apresenta possibilidades para a utilização de vídeo, como recurso tecnológico, para popularizar a ciência. O evento é gratuito.

12.11.2019 - PALESTRA COMUNICAÇÃO FIOCRUZ - FOTOS ÉRICO XAVIER-47

A proposta foi idealizada pela pesquisadora do ILMD/Fiocruz Amazônia Stefanie Costa, com o apoio técnico da bolsista, Cristiane Barbosa.

Para Cristiane a iniciativa é estratégica para formar também os pesquisadores, as pessoas que produzem ciência a divulgar o que eles fazem dentro dos laboratórios.

“Os vídeos serão curtos, voltados para as plataformas digitais a ideia é realmente divulgar de maneira intensiva nas mídias o material feito pelos próprios pesquisadores com objetivo de  formá-los e prepara-los para essa nova linguagem”, conta.

Segundo o jornalista Rômulo Araújo, que ministra a oficina, a ideia é tentar instruir os pesquisadores e alunos com relação a linguagem de produção de vídeo, desde roteiro, filmagem até a  divulgação desse material.

12.11.2019 - PALESTRA COMUNICAÇÃO FIOCRUZ - FOTOS ÉRICO XAVIER-44

“Imagine ter uma pesquisa que é relevante que vai impactar algum grupo social e você poder saber como divulgar isso, acho que essa esse é a ideia principal de uma oficina como essa”,disse.

A aluna de mestrado do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA),Alessandra Araújo, o tema da oficina  é muito importante para a divulgação de seu trabalho.  “É um recurso desconhecido para mim, que agora percebi que é muito útil para divulgar a ciência de forma mais simples, para que as pessoas consigam entender a pesquisa estudada, estou achando bem interessante que vai popularizar a minha pesquisa

Outros eventos

Outro evento apoiado pelo Pop CT&I a ser realizado é a 2ª Jornada de Folkcomunicação na Amazônia, que ocorre no período de 25 a 29/11, em Manaus e em Parintins.

Organizada pelo Grupo de Pesquisa Trokano da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), a jornada promoverá debates sobre questões relativas às interfaces entre a comunicação, a cultura popular e o desenvolvimento sustentável.

O evento contará com palestras/mesas redondas, oficinas, minicursos, mostras de curtas metragens e exposições de banners com resultados de trabalhos de conclusão de curso, e concederá aos participantes até 16 horas complementares.

Por Esterfany Martins e Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

O post Fapeam apoia 26 eventos de popularização da ciência em Manaus e no interior apareceu primeiro em FAPEAM.

Startup oferece soluções tecnológicas de insumos amazônicos por meio de consultoria técnica

Facilitar ao cliente o acesso aos insumos da Amazônia, garantindo a autenticidade e padronização, para serem utilizados pela indústria de alimentos e cosméticos é o objetivo da Startup  Amazon Doors,  que teve apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), por meio do Programa Sinapse da Inovação, em parceria com a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi).

Amazon Doors - FOTOS ÉRICO XAVIER-38Segundo a sócia da empresa, Sandra Zanotto, que atua  na área de Química Orgânica e Produtos Naturais, o foco é atender  demandas de empresas que querem acessar ingredientes amazônicos com qualidade, comércio justo e sustentabilidade.

“O cliente quer um ingrediente com toda cadeia formada ou às vezes uma pesquisa em algo específico no produto que deseja. Por exemplo, nosso cliente tem uma demanda de produto, temos uma equipe formada por diversos profissionais que colaboram com o desenvolvimento dos serviços, no qual é feito o levantamento dos dados, dos insumos das necessidades da estruturação da cadeia ou da formação do produto. Após todo esse levantamento, a  equipe realiza um estudo para apresentar a melhor solução para a demanda do cliente, que irá decidir qual o tipo de serviço irá realizar”, detalhou.

Amazon Doors - FOTOS ÉRICO XAVIER-36

Sandra Zanotto- sócia da empresa

Sandra Zanotto destaca que a empresa além de fazer o estudo científico da matéria-prima também fornece protótipos para os clientes que desejam produzir e reforçou que não é realizado produto para a venda comercial, apenas protótipos e amostras.“O cliente deseja uma amostra do ingrediente que pode ser um extrato, óleo, manteiga, ou um processo que ele tenha que estudar. Diante da demanda, fazemos um protótipo, para mostrar a qualidade do rendimento da matéria–prima que será fornecida à ele. Fazemos  um serviço de extração de óleos e extratos  para qualificar a matéria-prima e saber o rendimento e viabilidade”, afirma.

De acordo com o químico e sócio-diretor da empresa, Diego dos Santos Freitas, todo o processo desde a extração do insumo, produção e padronização dos insumos para o comércio são analisados pela Amazon Doors para garantir segurança e qualidades nos produtos, além disso, a empresa realiza consultoria  técnica  e treinamento de boas práticas de manejo aos produtores.

 

“O maior diferencial da empresa é oferecer um insumo natural e autêntico, de caráter totalmente amazônico, através de transferência tecnológica de processos e produtos obtidos por meio de pesquisa, porque é feito um todo um  estudo da literatura sobre a matéria prima”, disse.

Diego Freitas destaca também a valorização das comunidades ribeirinhas, a proposta de adotar preços justos ao produtor rural. “Nós temos um comprometimento com o produtor, adotamos a  política de preço baixo para o produto extrativo, fornecendo assim uma importante garantia de renda para as comunidades tradicionais, ribeirinhas e indígenas do estado do Amazonas”, contou

Amazon Doors - FOTOS ÉRICO XAVIER-22

Diego dos Santos Freitas- sócio-diretor da empresa

Oportunidade

Para quem pretende começar a empreender a partir de uma ideia inovadora, mas não sabe como? Fique atento e aproveite a oportunidade de inscrever sua ideia no Programa Centelha Amazonas.

A inscrição é gratuita e pode ser feita por meio do site www.programacentelha.com.br até dia 29 de novembro.

Podem participar pessoas físicas, vinculadas ou não a empresas com até 12 meses de existência anteriores à data de publicação do edital e faturamento bruto anual de até R$ 4.800.000,00 (quatro milhões e oitocentos mil reais), sediadas no Amazonas.

 O Programa Centelha é realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa será executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Por Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

 

 

 

O post Startup oferece soluções tecnológicas de insumos amazônicos por meio de consultoria técnica apareceu primeiro em FAPEAM.

Inscrição de ideias inovadoras pode ser realizada no 1° CBBA, no centro de Convenções Vasco Vasques

06.11.2019 - PROGRAMA CENTELHA NO I CONGRESSO DE BIODIVERSIDADE  -  FOTOS ÉRICO X-16

A equipe do Programa Centelha Amazonas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) está presente no 1° Congresso de Biodiversidade e Biotecnologia do Amazonas e IV Workshop de Interação ICT’s & Empresas,  no período de 6 a 8 de novembro de 8h as 18h, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

A equipe participa por meio estande do Sebrae Amazonas, que integra as 26 instituições parceiras do Programa Centelha no Estado. O objetivo é esclarecer dúvidas e auxiliar os interessados em submeter propostas ao Programa que está com edital prorrogado e recebe propostas até o dia 29 de novembro.

Realizado pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação de Pesquisa (Finep), o Programa visa transformar ideias em negócios de sucesso, oferecendo aos participantes, capacitação e suporte para alavancar o negócio e ampliação do networking.

As propostas podem receber até R$ 65 mil para permitir aos novos empreendedores iniciar um novo negócio. O investimento é por meio de subvenção econômica, ou seja, recurso não reembolsável, para apoiar até 28 projetos de inovação apenas no Amazonas. A inscrição  de ideias é feita de forma gratuita por meio do site www.programacentelha.com.br, clicando no mapa do Amazonas.

A secretária Ângela Neiva que visitou o evento disse que o programa é um oportunidade para quem quer empreender com a oportunidade de receber recursos financeiros. Disse ainda que pretende incentivar outras pessoas a inscreverem suas propostas ao programa. “Precisamos de novas ideias para uma plataforma econômica diferenciada”, comentou.

 

06.11.2019 - PROGRAMA CENTELHA NO I CONGRESSO DE BIODIVERSIDADE  -  FOTOS ÉRICO X-10O empreendedor Rafael Rodrigues  aproveitou para submeter sua ideia e esclarecer dúvidas durante o evento “Eu sempre tive um sonho de criar um aplicativo e com o programa Centelha eu posso ter a oportunidade de tirar o projeto do papel e  colocar em ação”, disse.

Sobre o Centelha

O Programa Centelha é realizado em 21 estados. No Amazonas, a iniciativa será executada pela Fapeam, sendo promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Finep, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação Certi.

Acesse o edital do Programa Centelha

Por  Esterffany Martins

Fotos: Érico Xavier

O post Inscrição de ideias inovadoras pode ser realizada no 1° CBBA, no centro de Convenções Vasco Vasques apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam recebe representante da Embaixada Francesa para discutir projetos em curso do Guyamazon e novas parcerias

Com objetivo de discutir de projetos científicos que estão em curso por meio do Programa de Cooperação Internacional Guyamazon, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebeu no dia 06/11, a visita do Conselheiro de Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França Olivier Giron, na sede da Fundação, no bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus.

O Guyamazon é um programa franco-brasileiro de cooperação científica que apoia a execução de projetos conjuntos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), no âmbito da colaboração científica e tecnológica entre pesquisadores de instituições do Amazonas e pesquisadores franceses. O apoio foi destinado ao projeto de pesquisa e à mobilidade de pesquisadores e estudantes.

As parcerias com as instituições de Ensino e Pesquisa da França têm resultado em projetos de pesquisa, entre outros, referentes ao meio ambiente e recursos naturais, produção e segurança alimentar, riscos naturais, além de variabilidade e mudanças climáticas.

Participaram da reunião a diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, a diretora técnico-científica, Marne Vasconcellos e a diretora administrativo-financeira, Márcia Irene Andrade.

06.11.2019 - REUNIÃO FAPEAM E REPRES. DA FRANÇA -  FOTOS ÉRICO X-9

Durante o encontro foram destacados temas como ajustes técnicos de projetos científicos que estão em andamento e prospecção de futuros acordos de cooperação com o Amazonas.

Na oportunidade, Márcia Perales falou da relevância de ajustes técnicos de pesquisas que estão em andamento para que no final do programa os projetos possam ser concluídos com sucesso, e destacou a importância da rede  franco- brasileira para futuras colaborações de projetos ligados a diversas problemáticas que envolvem a região.

“A oportunidade de futuras propostas de rede franco- brasileira com base técnico- científica seria muito importante para nossa região, especialmente de interesse dos próprios amazônidas em função de toda a nossa singularidade, além de contribuir para o fortalecimento da política de CT&I.” salientou.

Para Olivier Giron, os tópicos de pesquisas desenvolvidos através de acordos de cooperação internacional são assuntos importantes para ambos os países.

“São tópicos de pesquisas para a preservação da natureza, do meio ambiente, mas também das populações de pessoas que vivem no ambiente; ter essa interlocução gera troca de conhecimento e uma visão da aplicação das políticas públicas para o estado do Amazonas”, disse.

 Guyamazon

O programa é realizado pela Fapeam, em parceiras com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá (Fapeap), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Maranhão (Fapema), Embaixada da França, Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento (IRD), Centro de Cooperação Internacional em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (Cirad) e região da Guiana Francesa.

Por Jessie Silva

Fotos: Érico Xavier

O post Fapeam recebe representante da Embaixada Francesa para discutir projetos em curso do Guyamazon e novas parcerias apareceu primeiro em FAPEAM.

Programa Centelha é divulgado para a população de Parintins

Seguindo o roteiro de divulgação do Programa Centelha no Amazonas, a equipe da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) esteve em Parintins na última quinta (26) e sexta-feira (27/09), para apresentar de perto a professores, estudantes e empreendedores o Programa, cujo objetivo é transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso.

Apresentaçäo do Centelha Amazonas- Ufam-ParintinsNo município, os eventos ocorreram na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Serviço Brasileiro de Apoio as Micros e Pequenas Empresas (Sebrae). O Instituto Federal do Amazonas (Ifam) também participou com a presença de alunos nos eventos. As cinco instituições são parceiras do Programa Centelha no Amazonas.

Apresentação Centelha na UEA -Parintins

Realizado pela Fapeam, em parceria com a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep), o Centelha Amazonas oferecerá aos participantes recurso financeiro,  capacitação, ampliação do networking e suporte para tornar ideias em empreendimentos inovadores.

Segundo a coordenadora em exercício do Programa Centelha Amazonas pela Fapeam, Liliane Valente, a ida da equipe a Parintins faz parte de uma série de ações da Fundação para divulgar o Programa no estado, e teve como objetivo apresentar e esclarecer dúvidas de pessoas interessadas em concorrer ao edital.

“A oportunidade para levar uma ideia adiante e torná-la um  empreendimento está sendo dada por meio do Centelha Amazonas. Queremos que mais pessoas no estado conheçam e submetam ideias inovadoras ao Programa. É importante destacar que tanto pessoa física quanto jurídica podem se inscrever, desde que atendam a alguns requisitos especificados  no edital”, disse.

PHOTO-2019-09-27-23-52-45 (1)

O programa recebe inscrições de ideias até o dia 29 de outubro, por meio do site www.programacentelha.com.br. Após todas as fases, 28 projetos contemplados de inovação no Amazonas poderão receber o valor unitário de até R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais), por meio de subvenção econômica (recursos não reembolsáveis).

Apresentação Centelha Ufam- Paritins

Parceria

Segundo Luane Pedreno, gestora de projetos do Sebrae-Parintins, o município tem muitas pessoas com ideias criativas e inovadoras, mas que muita vezes não sabem como executá-las. “O programa é de suma importância, principalmente, por incentivar o nascimento de novos negócios, que futuramente poderão gerar economia para o município”, contou.

O diretor do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ) da Ufam- Parintins, José Luiz Fonseca, disse que a população do município é muita criativa e que o Programa traz uma excelente oportunidade para os alunos, professores e a comunidade  empreender na localidade. “É um programa importante, que vem para apoiar a fase de ideias. Isso é algo que estávamos precisando no estado”, disse.

Para a gerente do Senac Parintins, Jocemilda Viana, o Centelha Amazonas é um programa que vem para valorizar ideias e a criatividade sob um olhar empreendedor. “É um incentivo para que os alunos concretizem e coloquem em prática projetos que são criados no decorrer dos cursos, porque trabalhamos com projetos integradores oriundos das nossas marcas formativas. Uma das marcas é a inovação e o empreendedorismo, e o Centelha é um programa que vem ao encontro disso, para incentivar e voltar o nosso olhar para o futuro”, pontuou.

Para a graduanda em Administração, Jéssica Corrêa, que conheceu o Centelha Amazonas durante os eventos de apresentação, o Programa é inovador, uma vez que oportuniza e motiva os estudantes e jovens que têm interesse em empreender. “Às vezes temos a ideia e a vontade, mas precisamos do incentivo, e o Programa traz isso. É uma iniciativa que eu esperava, e acredito que muitas pessoas também. Pretendo submeter várias ideias que já tenho ao Programa”, informou.

Para o contador, Joaquim Lima, o Centelha Amazonas é uma oportunidade para todos os parintinenses de tirar ideias do papel e colocá-las em prática. “O programa é inovador e ainda oferece um recurso financeiro, que é algo que também motiva as pessoas a inscreverem ideias”, contou.

Por Esterffany Martins

O post Programa Centelha é divulgado para a população de Parintins apareceu primeiro em FAPEAM.