Arquivo da Categoria: 2019

Encerra hoje (5/8) votação para as Câmaras de Assessoramento Científico da Fapeam

Termina hoje  (5/8)  a votação para a escolha dos membros das Câmaras de Assessoramento Científico de Pesquisa e de Pós-Graduação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). Mais de três mil eleitores de 12 instituições  de ensino e pesquisa do Amazonas estão aptos a votar, por meio do endereço eletrônico http://177.66.14.167/votacao/ .

Quarenta e dois candidatos estão elegíveis  para concorrer ao Pleito das Câmaras de Assessoramento Científico  da Fapeam. Candidataram-se pesquisadores com título de doutor vinculado às instituições de ensino superior ou de pesquisa do Amazonas, por área de conhecimento, conforme especificado no edital.

Quem pode votar?

Podem participar da votação os professores/pesquisadores com título de mestre ou de doutor, que possuam vínculo empregatício nas instituições de ensino superior ou de pesquisa com sede ou unidade permanente no Estado do Amazonas.

A divulgação do resultado final está prevista para o dia 9 de agosto. O mandato será de dois anos, a contar da nomeação publicada no Diário Oficial do Estado.

Câmaras de Assessoramento Científico

Compete às Câmaras de Assessoramento Científico de Pesquisa e de Pós-Graduação analisar o mérito científico e técnico dos pleitos de fomento, apoio e incentivos formulados à Fapeam, avaliar a execução quanto aos aspectos técnico-científicos dos projetos que tenham recebido apoio financeiro da instituição, além de outras atividades compatíveis com os objetivos da Fapeam que lhe sejam designadas pelo Conselho Superior ou pela Diretoria Técnico-Científica.

Acesse aqui o edital do processo eleitoral das Câmaras de Assessoramento da FAPEAM.

Candidatos Elegíveis para o Pleito das Câmaras de Assessoramento FAPEAM – 2019_2020

Por Jessie Silva

O post Encerra hoje (5/8) votação para as Câmaras de Assessoramento Científico da Fapeam apareceu primeiro em FAPEAM.

Amazonas marca presença na 71ª Reunião Anual da SBPC, realizada em Campo Grande

O Amazonas marca presença na 71ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), maior evento científico da América Latina, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). Com o tema “Ciência e Inovação nas Fronteiras da Bioeconomia, da Diversidade e do Desenvolvimento Social”, a SBPC ocorre até o dia 27 de julho na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande.

A Fapeam juntamente com outras fundações de amparo à pesquisa do País participa no estande do Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap), na mostra de ciência, tecnologia e inovação  ExpoT&C.

SBPC  2019 - FOTO ESTERFFANY MARTINS-12

No estande estão informações sobre a atuação da Fapeam, bem como é possível conhecer algumas pesquisas apoiadas  no Amazonas, as suas cinco linhas de ação que são: formação e capacitação de recursos humanos; pesquisa, tecnologia e inovação; infraestrutura e organização institucional CT&I; popularização e difusão de CT&I e intercâmbio e cooperação interinstitucional, nacional e internacional, bem como os programas já lançados e investimentos realizados no primeiro semestre de 2019.

Vale lembrar que de janeiro a junho, a Fapeam já investiu mais de R$ 57 milhões para apoiar a formação de recursos humanos, pesquisa, inovação e popularização e difusão da CT&I no Amazonas.

Nesta edição da SBPC um dos programas destacados pela Fapeam é o Programa Ciência na Escola (PCE). Este ano, o PCE recebeu 742 propostas de professores da educação básica de escolas estaduais e municipais de Manaus e de escolas estaduais do interior do Amazonas. Desse total, 619 foram aprovadas. Ao todo, serão disponibilizadas pelo PCE 2.476 bolsas para capital e interior.

SBPC  2019 - FOTO ESTERFFANY MARTINS-21

Além do aumento no número de bolsas  e projetos, em comemoração aos 15 anos do PCE (criado em 2004) esta edição está sendo chamada de Edição Ouro e oferecerá premiação para os melhores projetos do ano,  também será realizado um seminário de apresentação de trabalhos e lançada uma revista com publicação dos resumos  dos trabalhos.

No estande do Confap na SBPC, além da Fapeam, é possível conhecer uma parte dos os trabalhos desenvolvidos por outras fundações de amparo à pesquisa (FAPs) dos Estados do Alagoas (Fapeal), Goiás (Fapeg), Mato Grosso (Fapemat), Minas Gerais (Fapemig), Paraíba (Fapesq), Paraná (Fundação Araucária), Rio de Janeiro (Faperj) e São Paulo (Fapesp). As FAPs do Maranhão (Fapema) e do Mato Grosso do Sul (Fundect) – anfitriã do evento –também participam da ExpoT&C com estandes próprios.

SBPC  2019 - FOTO ESTERFFANY MARTINS-15

 

ExpoT&C

O espaço reúne centenas de expositores, como universidades, institutos de pesquisa, agências de fomento, entidades governamentais, setor empresarial e outras organizações interessadas em apresentar novas tecnologias, produtos e serviço.

Por Esterffany Martins

 

O post Amazonas marca presença na 71ª Reunião Anual da SBPC, realizada em Campo Grande apareceu primeiro em FAPEAM.

Prorrogado prazo para manifestação de interesse à Chamada ERC – Confap-CNPq 2019

As inscrições para a manifestação de interesse e pedido à lista de contatos aos grupos de pesquisadores do European Research Council (ERC) participantes da Chamada ERC Confap-CNPq Call 2019 foram prorrogadas até o dia 6 de junho de 2019. A Chamada Pública foi lançada pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para pesquisadores doutores vinculados a instituições de pesquisa brasileiras integrarem equipes de Pesquisadores Principais com projetos financiados pelo Conselho Europeu de Pesquisa (European Research Council – ERC).

A Chamada é lançada por meio do Acordo (Implementing Arrangement) assinado entre a Comissão Europeia e o Confap, em 2016, e inclui o CNPq por meio do Arranjo Administrativo (Administrative Arrangement) assinado entre as instituições, em maio de 2018. Pelo Confap, participam desta chamada as Fundações dos Estados de Alagoas (Fapeal), Amapá (Fapeap), Amazonas (Fapeam), Bahia (Fapesb), Ceará (Funcap), Distrito Federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Mato Grosso (Fapemat), Mato Grosso do Sul (Fundect), Minas Gerais (Fapemig), Pará (Fapespa), Paraíba (Fapesq), Paraná (Fundação Araucária), Pernambuco (Facepe), Piauí (Fapepi), Rio de Janeiro (Faperj), Rio Grande do Sul (Fapergs), Santa Catarina (Fapesc), São Paulo (Fapesp) e Sergipe (Fapitec).

Para submeter uma proposta, o pesquisador vinculado a uma instituição brasileira deverá se cadastrar na plataforma do Confap (http://www.confap.org.br/news/ercform/public/login), observando as exigências do edital, para ter acesso à lista dos projetos fomentados pelo ERC que podem receber pesquisadores brasileiros, incluindo a descrição dos projetos fomentados pelo ERC e contatos dos pesquisadores desses projetos. Algumas Fundações podem ter critérios de elegibilidade específicos que devem ser consultados antes da submissão.

A lista é enviada após o preenchimento do formulário cumprindo os requisitos em até cinco dias úteis. Feito isso, o pesquisador do Brasil deverá contatar o pesquisador principal do projeto financiado pelo ERC e acordar sua participação. O pesquisador precisará receber do pesquisador principal do ERC e de sua instituição de destino um aceite, que é necessário para sua elegibilidade à submissão da proposta de trabalho.

De posse das cartas de aceite e incluindo os documentos solicitados na Chamada Pública, o pesquisador fará, em seguida, a submissão da proposta na plataforma do Confap, observando as possíveis exigências de elegibilidade junto à Fundação de seu estado e ao CNPq. Pesquisadores dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco também deverão submeter as propostas no sistema específico da Fundação correspondente, conforme constado do edital.

Cronograma

– Abertura da Chamada 2019: 10 de abril de 2019
– Apresentação da manifestação de interesse e pedido da lista: prorrogada até 6 de junho de 2019
– Submissão de propostas: até 30 de junho de 2019

Fomento

Os projetos aprovados terão início no segundo semestre de 2019. As visitas poderão ser realizadas em um período contínuo ou divididas em visitas curtas. As FAPs e o CNPq apoiarão os projetos aprovados viabilizando as despesas de viagem. Os pesquisadores brasileiros aprovados na chamada continuarão a receber seus salários ou bolsas de acordo com os termos e condições de suas Instituições.

Os pesquisadores brasileiros visitantes aprovados e incorporados no grupo de pesquisadores financiados pelo ERC poderão receber suporte dos projetos ERC e o fomento poderá ser negociado e definido entre os Pesquisadores Principais (ERC Grantees) e os pesquisadores brasileiros.

Mais informações podem ser consultadas no link (https://erc.europa.eu/managing-your-project/set-and-develop-your-team). Esclarecimento de dúvidas e suporte podem ser solicitados pelo e-mail: confap.erc.ia@gmail.com

Acesse aqui a ERC – Confap – CNPq Call 2019: http://confap.org.br/pt/editais/28/erc-confap-cnpq-call-2019.

Acesse aqui o Corrigendum que altera o cronograma: http://confap.org.br/pt/editais/download/95

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do Confap

O post Prorrogado prazo para manifestação de interesse à Chamada ERC – Confap-CNPq 2019 apareceu primeiro em FAPEAM.

Fapeam participa de reuniões com CNPq, Capes e Confap, em Brasília

Agenda com presidentes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e participação no Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) são compromissos desta quinta-feira e sexta-feira (14, 15/3) de Márcia Perales, diretora-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em Brasília.

As pautas com o CNPq e Capes incluem conversas para a formação de possíveis parcerias institucionais em ações de cooperação com a Fapeam. No Confap, participação no Fórum, que reúne presidentes e diretores das 26 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos Estados, além de representantes de agências federais de fomento, ministérios e de organismos internacionais, parceiros do Confap em atividades conjuntas de fomento à pesquisa científica, tecnológica e de inovação.

f7af259a-d5c7-4566-b961-fdda4ad41dda

As pautas com o CNPq e Capes incluem conversas para a formação de possíveis parcerias institucionais em ações de cooperação com a Fapeam

O Fórum aborda assuntos importantes para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no país e possibilita para o Estado do Amazonas, no campo científico e tecnológico, o fortalecimento de parcerias em níveis nacional e internacional.

TECNOVA 2

Durante o Fórum também será realizada a assinatura do Convênio entre a Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep) e Fundações de Amparo à Pesquisa para o início do Programa Tecnova 2, de fomento à inovação por meio de recursos de subvenção econômica.

O evento contará com mesas com parceiros nacionais incluindo CNPq, Finep, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Capes, Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), Ministério da Saúde e o Centro de Gestão de Estudos Estratégicos (CGEE), de evento também participam representantes da Comissão Europeia e do Conselho Britânico.

Departamento de Comunicação e  Difusão do Conhecimento- Decon

 

O post Fapeam participa de reuniões com CNPq, Capes e Confap, em Brasília apareceu primeiro em FAPEAM.

Bioconomia vai inspirar a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em 2019

bioeconomia

“Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável” será tema da SNCT 2019

A 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), vai ocorrer de 21 a 27 de outubro de 2019

A 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que vai ocorrer de 21 a 27 de outubro de 2019, será inspirada no tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”. O anúncio foi feito nesta terça-feira (20) pelo secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Elton Zacarias. “É um tema bastante adequado à diversidade natural do Brasil. Em um país continental, com a quantidade de biomas que temos, é um grande gerador de recursos e desenvolvimento. A bioeconomia também é um tema aderente aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, ressaltou.

Para o secretário-executivo do MCTIC, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia cresce a cada ano, com a participação de instituições, parceiros e municípios envolvidos cada vez maior. “Faz parte da missão do ministério popularizar a ciência. Um país sem ciência é um país sem futuro, porque precisamos da ciência para o nosso desenvolvimento.”

Até o momento, o MCTIC registra a participação de 1.447 instituições de 889 municípios na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em 2018. Segundo a diretora do Departamento de Políticas e Programas para Inclusão Social, Sônia da Costa, a expectativa é atingir 1,5 mil municípios de todo o país. “No ano passado, tivemos 1.311 municípios participantes. Para este ano a projeção é de que vamos superar este número. Constatamos um aumento de 10% de participação em cada estado.”

Sônia acrescentou que a Semana Nacional tem crescimento expressivo desde 2015, quando começou a ser promovida por meio de editais. “Além dessa nova metodologia, tivemos um esforço organizado das federações de apoio à pesquisa nos estados e uma ótima repercussão na mídia.”

Ela ainda destacou os investimentos do MCTIC para impulsionar a Semana Nacional de 2018, que somaram R$ 6 milhões. Um total de 198 projetos foi aprovado para receber apoio nas duas linhas de apoio disponibilizadas pela chamada pública, 17% a mais do que no ano passado. “A finalidade da Semana é estimular o contato e a interação com a ciência e a tecnologia, com tudo o que há de mais moderno e que está sendo feito pelas instituições brasileiras”, disse.

Durante a cerimônia, o secretário-executivo adjunto do MCTIC, Alfonso Orlandi, entregou certificados a representantes de instituições que participaram da SNCT 2018 no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília. “O sucesso é reflexo das parcerias que o ministério faz, mas o mais importante é a participação dos expositores, que trazem conteúdo para dentro da feira.”

Realizada nacionalmente desde 2004, a SNCT é coordenada pelo MCTIC e conta com a colaboração de empresas e órgãos públicos, escolas, fundações de apoio, institutos de pesquisa, museus, universidades e estados e municípios.

 

Fonte: MCTIC

O post Bioconomia vai inspirar a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em 2019 apareceu primeiro em FAPEAM.

Inscrições para a 71ª Reunião Anual da SBPC já estão abertas

O evento será realizado de 21 a 27 de julho de 2019, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande

SBPC_70anos_selo07_versão-compacta-colorida

O tema será “Ciência e Inovação nas Fronteiras da Bioeconomia, da Diversidade e do Desenvolvimento Social”

As inscrições para a 71ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que será realizada de 21 a 27 de julho de 2019, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande (MS), já estão abertas. O evento terá como tema “Ciência e Inovação nas Fronteiras da Bioeconomia, da Diversidade e do Desenvolvimento Social”.

A Programação Científica é composta por conferências, mesas-redondas, encontros, sessões especiais, minicursos e Sessões de Pôsteres (que inclui a Jornada Nacional de Iniciação Científica). Também são realizadas outras atividades, como a SBPC Jovem (exposição voltada para estudantes do ensino básico e público em geral), a ExpoT&C (mostra de ciência e tecnologia), a SBPC Cultural (apresentação de atividades artísticas regionais e discussões sobre temas relacionados às artes e à cultura), a SBPC Afro e Indígena (conferências e mesas-redondas que abordam essas temáticas).  O evento será encerrado com mais uma edição do Dia da Família na Ciência, em um sábado dedicado à integração entre cultura, ciência e recreação para crianças, jovens e seus familiares.

Os interessados em submeter trabalhos terão até 11 de março de 2019 para fazer a inscrição e o pagamento da taxa, mas o evento também contará com um limite de 1000 trabalhos que, se for atingido, poderá antecipar o encerramento do prazo.

A inscrição online sem o envio de trabalho poderá ser feita até 19/07/2019.

A inscrição no evento é gratuita e dá direito ao certificado de participação geral. Para quem quiser submeter trabalho para apresentação na forma de pôster, frequentar minicurso ou ainda obter o material do evento, serão cobradas taxas cuja informação está disponível nas Normas de Inscrição.

Acesse o site da 71ª Reunião Anual: http://ra.sbpcnet.org.br/campogrande/

A Reunião Anual

A SBPC foi criada em 1948 e é uma entidade voltada à defesa do avanço científico e tecnológico e do desenvolvimento educacional e cultural do Brasil. Atualmente possui mais de 140 sociedades científicas associadas, em todas as áreas do conhecimento, e cerca de 5 mil sócios ativos.

A cada ano, a Reunião Anual da SBPC é realizada em um estado brasileiro, sempre em universidade pública. O evento reúne milhares de pessoas entre cientistas, professores e estudantes de todos os níveis, profissionais liberais e visitantes. Além de autoridades e gestores que são formuladores de políticas públicas para ciência e tecnologia no País.

As reuniões anuais da SBPC têm, concomitantemente, os objetivos de debater políticas públicas nas áreas de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação e de difundir os avanços da Ciência nas diversas áreas do conhecimento para toda a população.

Fonte:  Jornal da Ciência

O post Inscrições para a 71ª Reunião Anual da SBPC já estão abertas apareceu primeiro em FAPEAM.