Todos os artigos de Carlos Gomes

Asfoc-SN promove assembleia na Fiocruz Amazônia

No intuito de promover a mobilização entre os servidores do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia), a direção do Sindicato dos Trabalhadores da Fiocruz (Asfoc-SN) promoveu nesta segunda-feira, 20/5, a 15ª Assembleia por Unidade, ação que vem sendo realizada em todos as Unidades da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Durante o encontro, o debate “Mitos, mentiras e armadilhas da Reforma da Previdência”, pontuou a posição do Sindicato e demais entidades sindicais, em recusar na íntegra a Proposta de Emenda Constitucional (EC 06/19), que trata da Reforma da Previdência. “Estamos em um momento de ciclo de debates, de formação e mobilização com os trabalhadores, em todas as unidades da Fiocruz, em especial nas Unidades Regionais”, explicou Paulo Garrido, presidente da Asfoc-SN.

Na oportunidade, Garrido alertou para a importância da mobilização e adesão ao movimento, que se organiza para uma greve geral, no dia 14 de junho, indicada pelas principais Centrais Sindicais do país. “Essa reforma prejudicará a população como um todo. Neste momento, estamos buscando uma unidade no movimento. A Greve Geral está sendo construída junto a vários setores; público, privado e movimentos sociais”.

Para Michele Alves, Vice Presidente da Asfoc-SN, o contato com as Unidades Regionais precisa ser considerado como um momento de alerta. “Estamos percorrendo por toda a Fiocruz, para falar sobre as propostas dessa reforma da previdência, alertando os trabalhadores sobre os riscos que a classe trabalhadora irá sofrer, caso a reforma seja aprovada. A população precisa entender que não é essa proposta que vai gerar desenvolvimento para um país, não vai gerar empregos, e que só aprofunda a desigualdade social e a crise”, destacou.

PAUTAS ESPECÍFICAS

Durante a manhã, o Diretor da Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz, reuniu-se com a direção da Asfoc para tratar das seguintes pautas: Plano de autogestão do FioSaúde, especificidades da carteira do FioSaúde na região, recomposição de perdas salariais, além da convocação dos excedentes do último concurso público.

Durante a reunião, outro tema abordado foi a melhoria das condições de trabalho, tanto nos aspectos da responsabilidade Institucional, quanto nas ações compartilhadas, com o objetivo de permitir uma melhor integração dos trabalhadores, aprovação de atividades culturais, esportivas, proporcionando melhorias à qualidade de vida dos trabalhadores.

“Fizemos um acordo para trabalhar na recuperação de um espaço de convivência para o Instituto, além de um espaço para nossa sede regional da Asfoc-SN, em Manaus”, explicou Garrido, sobre o projeto de elaboração do espaço, que já está em desenvolvimento.

ILMD / Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Fotos: Eduardo Gomes

Divulgado resultado da prova oral e classificação final do processo seletivo para o PPGVIDA

A Secretaria Acadêmica (SECA) do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) divulgou nesta sexta-feira, 17/5, o resultado da prova oral e classificação final, do processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA).

Os resultados estão disponíveis no sistema Sigass em: http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

SOBRE O CURSO

O PPGVIDA – ILMD/Fiocruz Amazônia é um programa de pós-graduação que tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O curso é em regime integral e as aulas estão previstas para iniciar dia 5 de agosto deste ano. Ao final do mestrado, o egresso do curso receberá diploma de Mestre em Saúde Pública.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Divulgado resultado da prova oral e classificação final do processo seletivo para o PPGVIDA

A Secretaria Acadêmica (SECA) do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) divulgou nesta sexta-feira, 17/5, o resultado da prova oral e classificação final, do processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA).

Os resultados estão disponíveis no sistema Sigass em: http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

SOBRE O CURSO

O PPGVIDA – ILMD/Fiocruz Amazônia é um programa de pós-graduação que tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O curso é em regime integral e as aulas estão previstas para iniciar dia 5 de agosto deste ano. Ao final do mestrado, o egresso do curso receberá diploma de Mestre em Saúde Pública.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Desafios para programas de pós-graduação será tema de palestra na Fiocruz Amazônia

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) promove na próxima terça-feira, 21/5, às 9h, a palestra “Desafios para os programas de pós-graduação e estratégias de integração e cooperação”, a ser ministrada pelo professor, Jose Roberto Mineo, coordenador da área de ciências biológicas 3, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

A conferência acontecerá no Salão Canoas, auditório da Instituição, situado à rua Teresina, 476, Adrianópolis, em Manaus. A palestra é aberta ao público

SOBRE O PALESTRANTE

Mineo é graduado em ciências biológicas – modalidade médica pela Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, mestre em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal de São Paulo – Escola Paulista de Medicina, e doutor em Microbiologia e Imunologia pela Universidade de São Paulo – Instituto de Ciências Biomédicas.

Atualmente, é professor titular de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas, da Universidade Federal de Uberlândia e coordenador da área Ciências Biológicas III da Capes, compreendendo as seguintes áreas do conhecimento: Microbiologia, Imunologia e Parasitologia.

Possui experiência na área de imunologia, com ênfase em imunologia aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: biologia celular e molecular do Toxoplasma gondii; fatores de virulência associados aos genótipos de T. gondii e outros parasitos filogeneticamente relacionados; caracterização da resposta imune em modelos experimentais de infecções por microrganismos intracelulares; imunodiagnóstico da toxoplasmose aguda em gestantes e recém-nascidos, e da reativação desta infecção em pacientes imunodeprimidos; imunodiagnóstico de infecções congênitas em outras protozooses que acometem a espécie humana e animais domésticos.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Foto: Eduardo Gomes

Centro de Estudos da Fiocruz Amazônia irá abordar o uso das mídias sociais na divulgação científica

O Centro de Estudos do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promove na próxima sexta-feira, 17/5, às 10h, a palestra “Compartilhe! o uso de mídias sociais na divulgação científica”, a ser ministrada por Monique Freire dos Reis, pesquisadora da Fundação Centro de Controle de Oncologia (FCECON).

A palestra irá abordar a utilização de mídias sociais como ferramentas de divulgação científica, estratégia que vem sendo utilizada por vários pesquisadores para alcançar um número maior de pessoas e dar visibilidade aos estudos e descobertas, de forma mais acessível.

A apresentação ocorrerá na sala de aula 101, na sede da Fiocruz Amazônia, situada à rua Teresina, 476, Adrianópolis, em Manaus.

SOBRE O PALESTRANTE

Monique Reis é graduada em Medicina pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), especialista em Saúde da Família pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e residência médica em Patologia, pelo Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV).

Atualmente é pesquisadora da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas, e doutoranda do Programa de pós-graduação em Medicina Tropical da UEA em parceria com a Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado.

Possui experiência na área de Medicina, com ênfase em Patologia, atuando principalmente nos seguintes temas: HIV/Aids, câncer de colo do útero e controle de qualidade em laboratórios de Patologia.

CENTRO DE ESTUDOS

O Centro de Estudos do ILMD/Fiocruz Amazônia é um núcleo que oportuniza encontros, palestras, seminários e debates sobre diversos temas ligados à pesquisa e ao ensino para a promoção da saúde.

Os eventos são gratuitos e ocorrem às sextas-feiras. As atividades são destinadas a estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e trabalhadores da área da Saúde.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Inscrições abertas para o Programa de Iniciação Científica da Fiocruz Amazônia

Até o dia 14/6, a coordenação do Programa de Iniciação Científica do Instituto Leônidas & Maria Deane (PIC-ILMD/Fiocruz Amazônia) recebe inscrições de estudantes de graduação interessados em desenvolver projetos de iniciação científica.

Podem participar estudantes de cursos de graduação de instituições de ensino superior públicas ou privadas reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). O candidato deve estar regularmente matriculado e ter Coeficiente de Rendimento Acumulado (CRA) com valor igual ou maior que 7,0 (no caso de bolsa nova) e não ter reprovação em disciplinas afins às atividades do projeto de pesquisa que pretende desenvolver, além de outras condições, conforme edital.

Os estudantes interessados devem buscar a área de interesse no site da instituição, www.amazonia.fiocruz.br, e verificar as linhas de pesquisa e orientadores que trabalhem nessas áreas. Depois, entrar em contato com o próprio pesquisador ou com a secretaria do PIC, através do e-mail pic.ilmd@fiocruz.br , para saber da disponibilidade de vaga.

Acesse aqui o edital do PIC-ILMD/Fiocruz Amazônia.

As bolsas serão concedidas por um período de 12 meses, de 1º.  de agosto de 2019 até 30 de julho de 2020, com possibilidades de renovação.

O PIC-ILMD/Fiocruz Amazônia é desenvolvido em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e com Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec/Fiocruz).

SOBRE O PIC

O Programa de Iniciação Científica da Fiocruz Amazônia tem como objetivos despertar a vocação científica e incentivar novos talentos potenciais entre estudantes de graduação; contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa e inovação tecnológica nos Determinantes Socioculturais, Ambientais e Biológicos do Processo Saúde-Doença-Cuidado para a melhoria das condições sociossanitárias na Amazônia;  estimular pesquisadores produtivos a envolverem estudantes de graduação em suas atividades científicas, tecnológicas e profissionais; e proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa, bem como estimular o desenvolvimento do pensamento científico e da criatividade, decorrentes das condições criadas pelo confronto direto com os problemas estudados ou alvo da pesquisa.

As bolsas são pagas diretamente aos bolsistas, mediante depósito mensal em conta bancária. O valor da mensalidade é estipulado pelo Conselho Diretor da Fapeam e pela Fiotec, conforme a vinculação da bolsa.

ILMD/Fiocruz Amazônia por Eduardo Gomes
Foto: Eduardo Gomes

Campanha “Maio Amarelo” será pauta de edição especial da Feira de Produtos Orgânicos na Fiocruz Amazônia

Nesta quinta-feira, 16/5, de 8h30 às 13h, na calçada do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) será realizada mais uma edição da Feira de Produtos Orgânicos, evento promovido pelo Laboratório Território, Ambiente, Saúde e Sustentabilidade (Tass), em parceria com a Asfoc-AM.

Em edição especial, a atividade que visa sensibilizar trabalhadores da Fiocruz Amazônia e comunidade do entorno para a importância da adoção de uma dieta livre de agrotóxicos, além de estimular o consumo de plantas alimentícias não-convencionais (Pancs) irá promover ações voltadas para a campanha “Maio amarelo”, do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Com o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, o Maio Amarelo 2019 é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. O Movimento nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Além da tradicional feira, na programação estão inseridas visitas, palestras e teatro de fantoches. A Gerência de Educação para o Trânsito do Dentra-AM , promoverá para os alunos das escolas Instituto Batista Ida Nelson e Instituo Batista do Amazonas, a palestra “Educação para o trânsito”.

O quê? Feira de Produtos Orgânicos na Fiocruz Amazônia

Quando? Quinta-feira, 16/5/2019

Horário? 8h30 às 13h

Onde? Rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus-AM

A FEIRA

Participam da Feira de Produtos Orgânicos, agricultores da Associação dos Agricultores São Francisco de Assis – Ramal da Cachoeira, entidade ligada à Rede Maniva de Agroecologia do Amazonas (Rema).

Dentre os produtos agrícolas orgânicos comercializados estão hortaliças, frutos regionais de época, plantas medicinais e plantas comestíveis não convencionais, entre outros. Artesanato, alimentos feitos a partir de produtos orgânicos e mudas de plantas também estão na feira.

SOBRE ORGÂNICOS

Os produtos orgânicos são cultivados sem o uso de adubos químicos ou agrotóxicos. São considerados produtos limpos e saudáveis e que respeitam o meio ambiente e contribuem para a preservação dos recursos naturais.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento              

Fiocruz Amazônia e Detran-AM assinam termo de Cooperação Técnica

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) realizou nesta quinta-feira, 9/5, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, a cerimônia de encerramento do “Maio Amarelo”, evento que visa promover uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos, como órgãos de governo, empresas, entidades de classe, associações, federações, organizações da sociedade civil, entre outras.

Na ocasião, o Detran-AM assinou um Termo de Cooperação Técnica com o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia). O termo possibilitará a integração de dados ao projeto de pesquisa “Plataforma digital colaborativa da prevenção e vigilância das violências”, Coordenado pelos pesquisadores Marcílio Medeiros e Rita Bacuri, do laboratório Território, Ambiente, Saúde e Sustentabilidade (TASS), da Fiocruz Amazônia.

O documento foi assinado pelo diretor da Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz. “Temos muita coisa para trabalharmos juntos em termo de prevenção e também para aproveitar melhor as informações que são geradas dos sinistros, dos casos de acidente. Com esses dados, poderemos ter uma melhor avaliação sobre o real problema do que acontece, contribuindo para a criação de políticas públicas específicas relacionadas ao trânsito”, ressaltou Luz.

Durante os dois dias de evento, os participantes dos fóruns temáticos discutiram temas como “Repercussão dos acidentes de trânsito na Saúde”, “Segurança viária”, “Municipalização do Trânsito no interior”, e contaram com a participação de diversas instituições, entre elas o Ministério Público, organizações da iniciativa privada, e membros do sistema de segurança, saúde e trânsito.

“O objetivo é realmente construir políticas públicas efetivas que tragam melhorias a população no tocante ao trânsito, seja na capital ou no interior do Estado. Diversos temas estão sendo discutidos, como a municipalização no trânsito no interior, a repercussão dos acidentes de trânsito na área da saúde, com todos os atores envolvidos nessa temática”, disse Rodrigo de Sá, diretor-presidente do Detran-AM.

Na programação dos Fóruns Temáticos, os pesquisadores da Fiocruz Amazônia ministraram as seguintes palestras: “As alterações da Lei 13546/2017 e os reflexos na redução dos crimes cometidos na direção de veículos automotores e discussões sobre a implementação da Lei 13614/2018 que instituiu o PNATRAN e a necessidade de unificação de banco de dados estatísticos” e “A interiorização e o processo de Municipalização do trânsito como ferramentas de redução dos índices de acidentes e inclusão social”.

SOBRE O PROJETO

Aprovado no edital Ideias Inovadoras da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o projeto coordenado por pesquisadores da Fiocruz Amazônia, pretende mobilizar a sociedade para a necessidade de construção de uma agenda pública de saúde e de segurança no trânsito para o enfrentamento das lesões e mortes por ele causados em Manaus, desenvolver conhecimento, competências e habilidades em plataformas digitais colaborativas, além de integrar e qualificar os sistemas de informações dos diversos órgãos responsáveis pelo registro e atendimento das vítimas da violência no trânsito.

Trata-se de um aplicativo denominado “Plataforma Digital Colaborativa da Prevenção e Vigilância da Violência no Trânsito”, que será baseado em métodos de crowdsourcing, que coletam informações da sociedade e, em seguida, devolvem o conhecimento coletivo obtido à sociedade. O público-alvo serão gestores e profissionais que atuam nos sistemas de prevenção, promoção e vigilância em saúde, de assistência à saúde e segurança pública.

A proposta visa o fortalecimento das instâncias do controle social da população em uma espécie de Vigilância Popular em Saúde, apresentando-se como instrumento de defesa e garantia do direito à saúde. Estima-se que o projeto seja executado em 24 meses, e nos últimos seis, a plataforma seja testada na Zona Leste de Manaus, onde ocorre a maior frequência de lesões e mortes no trânsito.

SOBRE O MAIO AMARELO

Com o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, o Maio Amarelo 2019 é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. O Movimento nasceu com a proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Fotos: Eduardo Gomes

Divulgado resultado da prova de inglês do processo seletivo para o PPGVIDA

A Secretaria Acadêmica (SECA) do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia) divulgou nesta quarta-feira, 8/5, o resultado da prova de inglês, referente à 3ª etapa do processo seletivo para ingresso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Condições de Vida e Situações de Saúde na Amazônia (PPGVIDA).

O resultados estão disponíveis no sistema Sigass em: http://www.sigass.fiocruz.br/pub/inscricao.do?codP=120

SOBRE O CURSO

O PPGVIDA – ILMD/Fiocruz Amazônia é um programa de pós-graduação que tem como objetivo capacitar profissionais para desenvolver modelos analíticos capazes de subsidiar pesquisas em saúde, apoiar o planejamento, execução e gerenciamento de serviços e ações de controle e o monitoramento de doenças e agravos de interesse coletivo e do Sistema Único de Saúde na Amazônia.

O curso é em regime integral e as aulas estão previstas para iniciar dia 5 de agosto deste ano. Ao final do mestrado, o egresso do curso receberá diploma de Mestre em Saúde Pública.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes

Centro de Estudos da Fiocruz Amazônia vai abordar revisões sistemáticas e metanálise

O Centro de Estudos do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promove na próxima sexta-feira, 10/5, às 10h, a palestra “Revisões Sistemáticas e Metanálise”, a ser ministrada por Fernando Herkrath, pesquisador do Laboratório de Situação de Saúde e Gestão do Cuidado de Populações Indígenas e outros grupos vulneráveis (SAGESPI), da Fiocruz Amazônia.

“Iremos abordar um tipo de estudo que tem por objetivo sintetizar a literatura disponível, para produzir a melhor evidência científica. A intenção é apresentar o modelo para os alunos, visto que muitos não conhecem, e dar ferramentas para que eles possam desenvolver este tipo de estudo, principalmente os alunos de pós-graduação”, explicou Herkrath.

A apresentação ocorrerá na sala de aula 101, na sede da Fiocruz Amazônia, situada à rua Teresina, 476, Adrianópolis, em Manaus.

SOBRE O PALESTRANTE

Fernando Herkrath é graduado em odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru, da Universidade de São Paulo, especialista em ortodontia pelo Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, da Universidade de São Paulo, especialista em bioestatística pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, mestre em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), e doutor em Saúde Coletiva, área de concentração Epidemiologia, pelo Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Atualmente é Pesquisador em Saúde Pública na Fiocruz Amazônia e professor adjunto da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

CENTRO DE ESTUDOS

O Centro de Estudos do ILMD/Fiocruz Amazônia é um núcleo que oportuniza encontros, palestras, seminários e debates sobre diversos temas ligados à pesquisa e ao ensino para a promoção da saúde.

Os eventos são gratuitos e ocorrem às sextas-feiras. As atividades são destinadas a estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e trabalhadores da área da Saúde.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento