Projeto QualificaSUS da Fiocruz Amazônia inicia especialização em Saúde em Tefé (AM)

O Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) iniciou na segunda-feira, 9/12, mais uma turma de especialização pelo Projeto QualificaSUS. A pós-graduação lato sensu em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária à Saúde acontece no município de Tefé, que fica a 522km de distância de Manaus, em linha reta.

Estiveram na mesa de abertura do curso,  o prefeito de Tefé, Normando Bessa de Sá, a secretária municipal de Saúde, Maria Adriana Moreira, o presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems-AM), Januário da Cunha Neto, a representante da unidade municipal do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Nancy Moreira, e o coordenado do curso Bernardino Cláudio Albuquerque.

A solenidade iniciou com a apresentação do vídeo institucional da “Fiocruz: ciência e saúde para todos”, seguido do vídeo de boas-vindas do diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz, que não podê estar na aula inaugural, mas enviou saudações aos novos alunos.

Em sua fala, Sérgio Luz comentou sobre a magnitude do Projeto QualificaSUS e do desafio de oferecer cursos presenciais de qualificação para os profissionais que trabalham no Sistema Único de Saúde (SUS) nos 61 municípios e na capital do Amazonas, nas modalidades de atualização, especialização e mestrado profissional.

Para a secretária Adriana Moreira, o curso atende aos anseios dos profissionais de saúde e da gestão de saúde de Tefé. “É um privilégio. Somos premiados com o curso de especialização no município. Esperamos que os alunos nos dêem retorno nas ações nas suas unidades de saúde, quer seja no hospital, nas unidades básicas,  ou na área ribeirinha, para colocar em prática o que eles vão aprender. Nosso município é endêmico para malária, para dengue e vamos aproveitar o aprendizado para colocá-lo à serviço da população”.

A especialização destina-se aos profissionais de nível superior que atuam no município e entorno, desempenhando suas funções e/ou atividades em unidades básicas de saúde e/ou unidades de saúde da família, ou equivalente, na microrregião do Alto Solimões.

Para esta atividade do Projeto QualificaSUS, a Fiocruz Amazônia contou com o apoio do Cosems-AM, do Cetam e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

SOBRE O CURSO

Esta é a segunda turma de especialização em Vigilância em Saúde na Rede de Atenção Primária à Saúde oferecida pelo ILMD/Fiocruz Amazônia, por meio do Projeto QualificaSUS. A primeira foi iniciada em agosto deste ano, no município de Tabatinga (AM), para capacitação de profissionais de saúde que atuam na tríplice fronteira Brasil-Colômbia-Peru.

O curso é presencial, realizado em período integral (matutino e vespertino), em sistema modular, uma semana por mês, seu objetivo é qualificar profissionais que atuam em cuidados primários de saúde para implantação e desenvolvimento de ações de Vigilância em Saúde no plano territorial-local, promovendo a integração entre oferta de cuidados de APS e ações de vigilância na rede básica de serviços de saúde.

TURMA DE TEFÉ

O curso é coordenado pelo professor Bernardino Albuquerque, da Fiocruz Amazônia. Para esta turma foram selecionados 51 alunos que participarão das 10 disciplinas oferecidas pela especialização, que tem a carga horária de 460 horas.

O certificado será destinado aos alunos que concluírem toda a carga horária e defenderem o trabalho de conclusão.

Para a enfermeira da Atenção Básica do município de Maraã, Débora da Silva Neves, aluna do curso,  a capacitação vem atender aos desejos dos profissionais de saúde daquela região. “Estou formada há um bom tempo, e a oportunidade de fazer uma pós-graduação aqui em Tefé, que é um município próximo,  me causou uma certa ansiedade. Minha expectativa é de que vai ser tudo bom, de que a gente vai ter bastante conhecimento para levar para as nossas atividades e nossa população”.

Para dar apoio à turma, a enfermeira Teresa Prado, peruana, que trabalha há 15 anos na saúde do município de Tefé, também participou da abertura do curso. “Quero desejar um bom curso para nossos colegas. A oportunidade está sendo dada, através dos conhecimentos que vão adquirir aqui, agora a habilidade para aplicar em serviço depende de cada um, espero que esse conhecimento seja levado para a nossa realidade, para sabermos operacionalizar e avançar.  No Amazonas, temos as mesmas endemias, mas não temos às vezes  o apoio necessário, por isso esse curso é importante”, comentou.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do serviço das Secretarias Municipais de Saúde do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos são ofertados em todos os 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com apoio de emenda da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Cosems-AM.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Fotos: Marlúcia Seixas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *