Começam as aulas do Mestrado Profissional em Saúde Pública, da Fiocruz Amazônia

Iniciou nesta segunda-feira, 2/12, mais um curso no âmbito do Projeto QualificaSUS  do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia). Trata-se do Mestrado Profissional em Saúde Pública, que acontece em parceria com o Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz Pernambuco).

A turma é formada por 20 alunos, sendo 15 vagas ocupadas por profissionais das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e 5 servidores do ILMD/Fiocruz Amazônia.

A abertura das atividades do curso contou com as presenças do coordenador regional do mestrado Profissional em Saúde Pública do IAM/Fiocruz Pernambuco, Garibaldi Gurgel Jr., da vice-diretora de Ensino, Informação e Comunicação do ILMD/Fiocruz Amazônia, Claudia Ríos,  da vice-diretora de Ensino e Informação Científica do IAM/Fiocruz Pernambuco, Ana Paula Nascimento, do presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas  (Cosems/AM), Januário Carneiro da Cunha Neto, do presidente do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) Willames Freire Bezerra, e do diretor do ILMD/Fiocruz Amazônia,  Sérgio Luz.

Sérgio Luz destacou a importância do curso e o desafio do Projeto QualificaSus de qualificar 5 mil profissionais de saúde em todo o Amazonas. “É com grande prazer que a gente recebe todos vocês aqui, para essa nova iniciativa, e, como todos sabem, corremos um pouco, para iniciar este curso em Dezembro e, com isso, mantemos o nosso cronograma do QualificaSus”, comentou.

Claudia Ríos disse que “essa primeira turma faz parte de um anseio das Secretarias de Saúde, do Cosems e da Fiocruz Amazônia. A gente fez reuniões e detectou a necessidade e estabelecemos esse curso como uma prioridade. O processo seletivo foi apertado, por ser em pouco tempo, mas tivemos 98 inscritos. Hoje, temos dentre os alunos pessoas de vários municípios”, comentou.

A aula inaugural do curso foi ministrada por Willames Freire Bezerra e teve como tema “O Financiamento da Saúde pelos Municípios”.

O curso tem como objetivo preparar profissionais para atuar como formadores e indutores de processos de mudança em seus espaços de trabalho, mediante a adoção de novos conceitos e práticas, desenvolvendo produtos de alta aplicabilidade ao desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

A TURMA

Para Sanay Souza Pedrosa, analista de situação de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa) e aluna do novo curso de mestrado, “as expectativas em relação ao curso são as melhores possíveis. A gente passou por um processo de seleção bem tenso e isso faz com que a expectativa realmente aumente e, hoje, é só muita felicidade de fazer parte dessa turma”, comentou.

Fábio Cabral, servidor da  Fiocruz Amazônia, e aluno da nova turma,  salientou a importância do curso para sua formação, “é uma ótima oportunidade para nos qualificarmos, principalmente para os servidores que trabalham diariamente com o SUS”, comentou.

SOBRE O CURSO

O curso terá a duração de 24 meses, sendo composto de 11 disciplinas oferecidas de maneira presencial, durante uma semana a cada mês. Nos 13 meses seguintes, ocorrerão módulos semanais presenciais de imersão para aprofundamento da pesquisa bibliográfica e encontros sistemáticos com os orientadores.

As aulas da primeira disciplina acontecem de 2 a 6/12/2019, nas dependências do ILMD/Fiocruz Amazônia, à rua Teresina, 476, Adrianópolis, Manaus.

SOBRE O QUALIFICASUS

O Projeto QualificaSUS  é uma iniciativa do ILMD/Fiocruz Amazônia  que tem como objetivo qualificar o corpo de trabalhadores no nível da gestão e do atendimento das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Amazonas e órgãos parceiros, a fim de proporcionar um serviço de melhor qualidade e efetividade aos usuários do SUS.

São cursos de atualização, especialização e mestrado que adotam modelo pedagógico pautado na integração ensino-serviço, na problematização da realidade local, na valorização do conhecimento e experiência do aluno trabalhador, entendido como sujeito das práticas de gestão e sanitárias desenvolvidas nas unidades de saúde.

Os cursos são ofertados nos 61 municípios, além da capital Manaus. A iniciativa conta com recursos oriundos de emenda da bancada parlamentar do Amazonas e com parceria do Cosems-AM.

Ascom ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Apoio; Diovana Rodrigues
Foto: Marlúcia Seixas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *