Escola estadual do Amazonas recebe o evento científico Genomic Day

Você sabe o que é o Genomic Day? É  um evento científico de iniciativa do Laboratório de Biologia Computacional e Sistemas do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz-RJ),  que acontece em diversas cidades do país, com o intuito de levar informações sobre a pesquisa, em especial no campo da genômica, a alunos do ensino médio.

Este ano o evento também acontecerá em Manaus, em parceria com o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia), na sexta-feira, 4/10, na Escola Estadual Maria da Luz Calderaro, no bairro da Redenção, no horário de  9h às 11h30.

Segundo Alberto Dávila, chefe do Laboratório de Biologia Computacional e Sistemas do IOC/Fiocruz  e coordenador Nacional do Genomic Day, “a expectativa com o evento é  estimular a curiosidade científica dos alunos do ensino médio e motivar o interesse dos professores  pela pesquisa científica. Quem sabe alguns desses alunos são motivados e se tornam  pesquisadores/cientistas que irão descobrir a cura para o câncer ou para outras doenças?”, sugere.

Em sua  quarta edição, o Genomic Day conta com 16 parceiros e será realizado em 12 cidades do Brasil. Confira as instituições envolvidas: Instituto René Rachou (Fiocruz Minas), Escritórios da Fiocruz em Rondônia, Brasília e Mato Grosso do Sul, Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), diferentes Instituições de ensino superior públicas, incluindo a Universidade de São Paulo (USP), as federais do Rio de Janeiro (UFRJ), Rural do Rio de Janeiro (UFFRJ), Fluminense (UFF), de Minas Gerais (UFMG), da Grande Dourados (UFGD), de Santa Catarina (USFC), além da Embrapa-Gado de Corte, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ) e do Instituto Federal do Acre (IFAC) e ILMD/Fiocruz Amazônia.

PROGRAMAÇÃO EM MANAUS

 

GENOMIC DAY

O Genomic Day tem como propósitos: divulgar conceitos de DNA, genomas e bioinformática para os alunos e professores do ensino médio, fornecendo assim uma atualização sobre estes temas;  divulgar as diferentes pesquisas nestas áreas realizadas por professores/pesquisadores participantes do projeto; e promover a curiosidade científica nos jovens estudantes do ensino médio e motivar professores para se aperfeiçoarem nesta área.

ILMD/Fiocruz Amazônia, por Marlúcia Seixas
Imagens: Mackesy Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *