Susam entrega aparelhos para prevenção ao câncer ginecológico na Fcecon

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) entregou nesta quinta-feira (30/05) três aparelhos colposcópio para a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon). O equipamento é utilizado para identificação de indícios visíveis de tecido anormal, sendo indicado para a prevenção do câncer ginecológico. O aparelho funciona como um microscópio para ampliar [...]



(Feed generated with FetchRSS)

Aproximadamente 300 pessoas participaram da 2ª edição do ‘Vem Dançar’, na Colina

 A segunda edição do programa “Vem Dançar”, realizado pela Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), superou a primeira e reuniu aproximadamente 300 pessoas no estacionamento do Estádio Ismael Benigno (Colina), na noite desta quarta-feira (29/05). O evento, que agradou o público presente, teve a participação de vários professores de dança, além dos [...]



(Feed generated with FetchRSS)

CGE reúne secretarias para discutir Fundeb Transparente

Representantes das Secretarias de Administração, Educação, Fazenda e Prodam estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira, 30, com o controlador-geral do Estado, Alessandro Moreira, para discutir sobre a implantação do “Fundeb Transparente” – portal de transparência da aplicação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação e de Valorização dos Profissionais da Educação [...]



(Feed generated with FetchRSS)

Setrab oferece 31 vagas de emprego nesta sexta-feira (31/05)

A distribuição das senhas começa às 7h.  A Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab), por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine-AM), disponibiliza 31 vagas de emprego nesta sexta-feira (31/05).  Os interessados devem comparecer, na sede da Setrab, localizada na Galeria +, na avenida Djalma Batista, nº 1018 (entre o Amazonas Shopping e o Manaus [...]



(Feed generated with FetchRSS)

Inpa promove Workshop Internacional de Biodiversidade Tropical e Conservação

Gratuito, o Workshop é uma atividade do projeto Museu na Floresta, uma parceria do Inpa com a Universidade de Quioto, com financiamento da Jica

 

Da Redação – Inpa

 

Com o objetivo estabelecer intercâmbio e trocar informações sobre práticas de conservação nos trópicos, especialistas de seis países se reúnem nas tardes das próximas segunda e terça-feira (03 e 04 de junho), no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC). O VIII Workshop Internacional de Biodiversidade Tropical e Conservação acontecerá no Auditório da Ciência, dentro do Bosque da Ciência, e é aberto ao público interessado no tema.

Cerca de 20 pesquisadores do Japão, Malásia, Bornéo, Indonésia, Índia e Brasil farão apresentações sobre suas pesquisas e conservação, a maioria relacionada a animais ameaçados. As 13 palestras serão em inglês e sem tradução.O Bosque da Ciência está localizado na Rua Bem-te-vi, s/nº, Petrópolis, zona Sul de Manaus.

 

Workshop JSPS INPA 19 

 

Na segunda-feira, das 16h às 18h, as palestras serão proferidas por pesquisadores e colaboradores do Inpa, sobre Mamíferos Terrestres (Wilson Spironelo e André Luís Sousa), Ecologia e Diversidade de Peixes (José Gomes e Tiago Pires) e Reintrodução de peixe-boi (Vera da Silva e Diogo de Souza).

No dia seguinte (das 14h às 18h), as atividades serão voltadas para os estudos sobre conservação da vida silvestre com especialistas dos países parceiros. Entre as palestras serão tratados temas como Genômica de macacos (Bambang Suryobroto/ Indonésia), Estudos de telemetria com elefantes asiáticos (Ramon Sukumar/ Índia), Crocodilos na Península da Malásia (SharhrulAnuar/Malásia) e DNA Ambiental para ecologia e conservação (Hiroki Yamanaka/Japão).

A abertura oficial do workshop ocorre nesta quinta-feira (30) com palestras feitas pelos coordenadores do projeto Museu na Floresta, a pesquisadora Vera da Silva (Inpa/Brasil) e o pesquisador da Universidade de Quioto, Shiro Kohshima (Japão).

Este é o oitavo workshop no âmbito do programa JSPS (Japan Society for the Promotion of Science) do Japão em parceria com diversos países tropicais com interesse em replicar o modelo de Museu na Floresta iniciado no Inpa.

“Durante esses cinco anos, foram construídas diversas infraestruturas em áreas do Inpa e desenvolvidas pesquisas com uso de tecnologias japonesas a exemplo de um aparelho de registros automáticos de sons de alimentação, comportamento, adaptado com uma ventosa as costas do peixe-boi, e que capta a cada segundo dados sobre velocidade e profundidade do animal reintroduzido”, disse Vera da Silva.

 

VeradaSilvaINPAFotoAMPA05.19

 

O Workshop marca o encerramento dos Seminários Satreps – Conservação da biodiversidade na Amazônia com base em um novo conceito de Museu na Floresta. Satreps é sigla em inglês para a Parceria para Desenvolvimento Sustentável e Pesquisa, Ciência e Tecnologia. É resultado da ação conjunta entre a Agência de Ciência e Tecnologia do Japão (JST, na sigla em inglês) e a Agência de Cooperação Internacional do mesmo país (JICA, na sigla em inglês).

 

Museu na Floresta

 

Em julho deste ano também termina o Projeto Museu na Floresta (Field Museum), uma parceria do Inpa com a Universidade de Quioto. O Museu na Floresta é uma rede de lugares e pessoas que trabalham juntas para promover a convivência harmônica do homem com a natureza. O objetivo é valorizar e conservar a biodiversidade amazônica, introduzindo um novo conceito de museu, que mediado por tecnologias de ponta e práticas inovadoras de turismo científico, educação e pesquisa, construa as bases para a sua sustentabilidade.

Além de colaborações científicas, a parceria permitiu além da reforma de modernização da Casa da Ciência, que estará aberta para o público com uma nova exposição a partir das 14h desta terça-feira (04), a revitalização da Torre de Observação e Pesquisa do Km-14 da estrada ZF-2, a criação do sistema de filtragem de água dos tanques de peixe-boi e a construção da Base Alto Cuieiras, localizada em um conglomerado de áreas protegidas. Além de apoio às pesquisas, a proposta da Base é servir para o turismo de observação da natureza e educação científica.

Desde o dia 25 deste mês até 08 de junho, cerca de 20 pessoas estão fazendo o II Curso de História Natural do Projeto Museu na Floresta, na Base Alto Cuieiras. São duas semanas de imersão com professores e monitores de várias linhas do conhecimento como aves, mamíferos, fungos, peixes, plantas, interações animal-planta, além de conhecimento em comunicação (Vídeo/imagem) e documentação da natureza.

Prorrogado prazo para manifestação de interesse à Chamada ERC – Confap-CNPq 2019

As inscrições para a manifestação de interesse e pedido à lista de contatos aos grupos de pesquisadores do European Research Council (ERC) participantes da Chamada ERC Confap-CNPq Call 2019 foram prorrogadas até o dia 6 de junho de 2019. A Chamada Pública foi lançada pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), no conjunto de suas Fundações, e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para pesquisadores doutores vinculados a instituições de pesquisa brasileiras integrarem equipes de Pesquisadores Principais com projetos financiados pelo Conselho Europeu de Pesquisa (European Research Council – ERC).

A Chamada é lançada por meio do Acordo (Implementing Arrangement) assinado entre a Comissão Europeia e o Confap, em 2016, e inclui o CNPq por meio do Arranjo Administrativo (Administrative Arrangement) assinado entre as instituições, em maio de 2018. Pelo Confap, participam desta chamada as Fundações dos Estados de Alagoas (Fapeal), Amapá (Fapeap), Amazonas (Fapeam), Bahia (Fapesb), Ceará (Funcap), Distrito Federal (FAPDF), Espírito Santo (Fapes), Goiás (Fapeg), Maranhão (Fapema), Mato Grosso (Fapemat), Mato Grosso do Sul (Fundect), Minas Gerais (Fapemig), Pará (Fapespa), Paraíba (Fapesq), Paraná (Fundação Araucária), Pernambuco (Facepe), Piauí (Fapepi), Rio de Janeiro (Faperj), Rio Grande do Sul (Fapergs), Santa Catarina (Fapesc), São Paulo (Fapesp) e Sergipe (Fapitec).

Para submeter uma proposta, o pesquisador vinculado a uma instituição brasileira deverá se cadastrar na plataforma do Confap (http://www.confap.org.br/news/ercform/public/login), observando as exigências do edital, para ter acesso à lista dos projetos fomentados pelo ERC que podem receber pesquisadores brasileiros, incluindo a descrição dos projetos fomentados pelo ERC e contatos dos pesquisadores desses projetos. Algumas Fundações podem ter critérios de elegibilidade específicos que devem ser consultados antes da submissão.

A lista é enviada após o preenchimento do formulário cumprindo os requisitos em até cinco dias úteis. Feito isso, o pesquisador do Brasil deverá contatar o pesquisador principal do projeto financiado pelo ERC e acordar sua participação. O pesquisador precisará receber do pesquisador principal do ERC e de sua instituição de destino um aceite, que é necessário para sua elegibilidade à submissão da proposta de trabalho.

De posse das cartas de aceite e incluindo os documentos solicitados na Chamada Pública, o pesquisador fará, em seguida, a submissão da proposta na plataforma do Confap, observando as possíveis exigências de elegibilidade junto à Fundação de seu estado e ao CNPq. Pesquisadores dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco também deverão submeter as propostas no sistema específico da Fundação correspondente, conforme constado do edital.

Cronograma

– Abertura da Chamada 2019: 10 de abril de 2019
– Apresentação da manifestação de interesse e pedido da lista: prorrogada até 6 de junho de 2019
– Submissão de propostas: até 30 de junho de 2019

Fomento

Os projetos aprovados terão início no segundo semestre de 2019. As visitas poderão ser realizadas em um período contínuo ou divididas em visitas curtas. As FAPs e o CNPq apoiarão os projetos aprovados viabilizando as despesas de viagem. Os pesquisadores brasileiros aprovados na chamada continuarão a receber seus salários ou bolsas de acordo com os termos e condições de suas Instituições.

Os pesquisadores brasileiros visitantes aprovados e incorporados no grupo de pesquisadores financiados pelo ERC poderão receber suporte dos projetos ERC e o fomento poderá ser negociado e definido entre os Pesquisadores Principais (ERC Grantees) e os pesquisadores brasileiros.

Mais informações podem ser consultadas no link (https://erc.europa.eu/managing-your-project/set-and-develop-your-team). Esclarecimento de dúvidas e suporte podem ser solicitados pelo e-mail: confap.erc.ia@gmail.com

Acesse aqui a ERC – Confap – CNPq Call 2019: http://confap.org.br/pt/editais/28/erc-confap-cnpq-call-2019.

Acesse aqui o Corrigendum que altera o cronograma: http://confap.org.br/pt/editais/download/95

Fonte: Coordenação de Comunicação Social do Confap

O post Prorrogado prazo para manifestação de interesse à Chamada ERC – Confap-CNPq 2019 apareceu primeiro em FAPEAM.

Vigilância em saúde do trabalhador em postos flutuantes de revenda de combustíveis em Manaus será tema do Centro de Estudos

O Centro de Estudos do Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) promove na próxima sexta-feira, 31/5, às 10h, a palestra “Vigilância em Saúde do Trabalhador em Postos Flutuantes de Revenda de Combustíveis em Manaus”, a ser ministrada por Sílvio Orlon, fiscal de saúde do Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus.

A apresentação ocorrerá na sala de aula 101, na sede da Fiocruz Amazônia, situada à rua Teresina, 476, Adrianópolis, em Manaus.

SOBRE O PALESTRANTE

Sílvio é graduado em Medicina Veterinária e especialista em Vigilância Sanitária de Alimentos pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), especialista em Vigilância Sanitária e mestrando em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz. Atualmente é Fiscal de Saúde do Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) de Manaus.

Em sua trajetória acadêmica, desenvolveu estudos nas seguintes áreas: Erliquiose canina, Relevância Sanitária de Listeria Monocitógenes em Carnes e Produtos Cárnicos, Reprocessamento de Produtos para Saúde em Serviços de Hemodinâmica, Vigilância em Saúde do Trabalhador em Postos Flutuantes de Revenda de Combustíveis em Manaus.

CENTRO DE ESTUDOS

O Centro de Estudos do ILMD/Fiocruz Amazônia é um núcleo que oportuniza encontros, palestras, seminários e debates sobre diversos temas ligados à pesquisa e ao ensino para a promoção da saúde.

Os eventos são gratuitos e ocorrem às sextas-feiras. As atividades são destinadas a estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e trabalhadores da área da Saúde.

ILMD/ Fiocruz Amazônia, por Eduardo Gomes
Imagem: Mackesy Nascimento

Grupo de trabalho discute estratégias para proteção dos periquitos na avenida Efigênio Salles, em…

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) reuniu, nesta quarta-feira (29/05), os membros do recém-criado Grupo de Trabalho (GT) para discutir medidas e estratégias para proteção dos Periquitos-de-asa-branca (Brotogeris versicolurus) que revoam na avenida Efigênio Salles, zona centro-sul de Manaus. O GT foi criado como parte da estratégia da Sema de criação de políticas [...]



(Feed generated with FetchRSS)

UGPE e Ageman revisam convênios entre o Estado e o Município sobre obras do Prosamim

O Governo do Amazonas e a Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) vão revisar os convênios e as metas celebrados entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Manaus (PMM) e a concessionaria Águas de Manaus referentes às obras do tratamento das redes esgotos do Programa Social e Ambiental [...]



(Feed generated with FetchRSS)

Sejel realiza reunião para tratar da Conferência Extraordinária do Conselho Estadual de Juventude do…

A Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), por meio do Departamento de Juventude (Djuve), realizou, na tarde desta terça-feira (28/05), uma reunião com representantes de órgãos governamentais que fazem parte do Conselho Estadual de Juventude do Amazonas (Cejam), para tratar da Conferência Extraordinária, que será realizada no próximo dia 14 de junho, [...]



(Feed generated with FetchRSS)