Circuito da Ciência do Inpa explora interação com a natureza e oficinas educativas

A 3ª edição do ano do projeto acontece nesta sexta-feira. Três escolas da rede estadual de ensino estão confirmadas

 

Da Redação – Ascom Inpa

 

Interagir com a natureza, brincar e descobrir o novo. É assim que muitas crianças e adolescentes vivenciam a experiência de participar do Circuito da Ciência, projeto de sensibilização ambiental e popularização da ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC).

 

Nesta sexta-feira (29), estudantes de três escolas públicas da rede estadual de Manaus participam da 3ª edição do projeto – Estelita Tapajós (Educandos), Otávio Mourão (Cidade Nova) e Roberto Vieira (Nova Cidade). O Circuito começa às 8h e seguem até as 11h, Bosque da Ciência, localizado na Rua Bem-te-vi, s/nº, Petrópolis, zona Sul de Manaus.

 

circuito3INPA

 

Atividades socioambientais com oficinas educativas e exposições com resultados de pesquisas, além do contato com a fauna e a flora amazônica integram a programação. No bosque, uma um fragmento florestal de 13 hectares dentro da área urbana de Manaus, é possível conhecer tartarugas, poraquê, peixe-boi, jacaré, árvore de 600 anos e a exposição da Casa da Ciência.

 

Para a pesquisadora Maricleide Naiff, coordenadora da oficina de leishmaniose, o bosque é um ambiente muito interessante para visitar, já que as crianças têm a oportunidade de passear pelas trilhas, ter contato com a natureza e respirar um ar puro. “Se a visita for durante o Circuito é ainda melhor, porque no projeto elas terão acesso a informações científicas de maneira simples e clara”, destacou.

 

Gratuito, o projeto é destinado a estudantes do 6º ao 9º ano de escolas públicas e privadas. As instituições interessados podem fazer o agendamento pelo sistema eletrônico http://abc-bosque.inpa.gov.br/. No endereço é possível encontrar o cronograma com as datas das edições do Circuito da Ciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Circuito da Ciência do Inpa explora interação com a natureza e oficinas educativas

A 3ª edição do ano do projeto acontece nesta sexta-feira. Três escolas da rede estadual de ensino estão confirmadas

 

Da Redação – Ascom Inpa

 

Interagir com a natureza, brincar e descobrir o novo. É assim que muitas crianças e adolescentes vivenciam a experiência de participar do Circuito da Ciência, projeto de sensibilização ambiental e popularização da ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC).

 

Nesta sexta-feira (29), estudantes de três escolas públicas da rede estadual de Manaus participam da 3ª edição do projeto – Estelita Tapajós (Educandos), Otávio Mourão (Cidade Nova) e Roberto Vieira (Nova Cidade). O Circuito começa às 8h e seguem até as 11h, Bosque da Ciência, localizado na Rua Bem-te-vi, s/nº, Petrópolis, zona Sul de Manaus.

 

circuito3INPA

 

Atividades socioambientais com oficinas educativas e exposições com resultados de pesquisas, além do contato com a fauna e a flora amazônica integram a programação. No bosque, uma um fragmento florestal de 13 hectares dentro da área urbana de Manaus, é possível conhecer tartarugas, poraquê, peixe-boi, jacaré, árvore de 600 anos e a exposição da Casa da Ciência.

 

Para a pesquisadora Maricleide Naiff, coordenadora da oficina de leishmaniose, o bosque é um ambiente muito interessante para visitar, já que as crianças têm a oportunidade de passear pelas trilhas, ter contato com a natureza e respirar um ar puro. “Se a visita for durante o Circuito é ainda melhor, porque no projeto elas terão acesso a informações científicas de maneira simples e clara”, destacou.

 

Gratuito, o projeto é destinado a estudantes do 6º ao 9º ano de escolas públicas e privadas. As instituições interessados podem fazer o agendamento pelo sistema eletrônico http://abc-bosque.inpa.gov.br/. No endereço é possível encontrar o cronograma com as datas das edições do Circuito da Ciência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *