Projeto do Programa Ciência na Escola usa rede social para auxiliar no ensino da matemática

Rede social Edmodo é semelhante ao Facebook, mas voltada para área da educação, e permite resoluções de questões e interações virtuais entre os estudantes

Não é novidade que as redes sociais fazem sucesso, principalmente, entre adolescentes e jovens. Toda essa interação digital agora faz parte de um projeto de alfabetização científica que busca despertar ainda mais o interesse dos alunos pela disciplina de matemática por meio de uma plataforma semelhante ao Facebook. A atividade é desenvolvida com alunos do ensino médio da Escola Estadual Cid Cabral da Silva, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

O projeto é desenvolvido com apoio do Governo do Amazonas via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) por meio do Programa Ciência na Escola (PCE) realizado em parceria com a  Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) e Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A plataforma utilizada no ensino da disciplina de matemática é a Edmodo, uma rede social educativa que permite os alunos terem acesso a diversos conteúdos com facilidade, em qualquer lugar, por meio dos smartphone, computadores e tabletes.

Segundo o coordenador do projeto, o professor Frank Osorio Junior, o grande desafio de ensinar a Matemática se dar pelo fato de tornar as aulas um atrativo para os alunos. Por isso, ele decidiu aliar a tecnologia ao ensino da disciplina.

“Desta forma tornamos as aulas mais proveitosas, pois a plataforma Edmodo tem uma gama de funcionalidades que atraem os alunos e permite a interação  com os demais colegas em salas virtuais, com a mediação direta e indireta do professor coordenador”, disse.

IMG_2238

Professor Frank disse que a ferramenta desperta o interesse dos alunos para aprendizagem da disciplina da matemática

Ainda segundo Junior, como o projeto é realizado com alunos do 1° ano do ensino médio, a ideia é fazer simulados com base no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e desta forma prepara-los para as provas. A estimativa do professor é fazer com que 300 alunos da escola participem dos testes.

“A rede social é similar ao facebook, onde podemos postar conteúdos, vídeos, atividades e testes. Isso cria um vínculo com o aluno, pois a cada momento que postamos algum conteúdo na rede, o aluno cadastrado receberá uma notificação. Assim como acontece nas redes sociais já conhecidas, o aluno poderá visualizar as notificações. O aluno também poderá esclarecer dúvidas sobre a disciplina ou expor sua ideia sobre determinada questão”, contou Junior.

IMG_2246

Edmodo é uma plataforma digital parecida com o Facebook, mas voltada para área o ensino e aprendizagem

Para a bolsista do PCE, Lorrany de Oliveira Braga, a tecnologia na escola faz com que os alunos se interessem mais pela disciplina de matemática que muitas vezes é considerada difícil pelos estudantes.

“Os estudantes acham a matemática difícil por envolver cálculo. Com esta tecnologia podemos ver algo diferente que além de nos ajudar permite essa interação com os outros colegas da sala para resolver as questões”, disse.

A estudante Giselly de Almeida, que também integra a equipe de bolsistas do PCE, disse que o projeto é uma experiência boa e nova. Giselly revelou também ter dificuldade na aprendizagem da disciplina. “Eu não sou boa em matemática, mas como o trabalho envolve tecnologia e redes sociais isso  despertou meu interesse pela matemática e fez com que eu melhorasse nas minhas atividades escolares”, contou.

Já o estudante Lucas Pereira destacou que o projeto tem sido inovador e que a ferramenta educativa o ajudou a melhorar as notas na escola.

“No primeiro bimestre quando o professor começou a explicar e usar o Edmodo a minha nota melhorou no 2° bimestre comparada ao 1°bimestre”, destacou.

PCE

O PCE incentiva a aproximação da ciência no ambiente escolar e pretende envolver professores e estudantes de escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, da 1ª à 3ª série do ensino médio, em projetos de pesquisa científica e tecnológica.

Além do incentivo à ciência e pesquisa, o programa pretende facilitar o acesso a informações científicas e tecnológicas aos diferentes participantes do programa bem como contribuir para o processo de formação continuada de professores da rede pública de ensino além de despertar a vocação científica e incentivar talentos entre os estudantes.

IMG_2229

Texto e fotos – Departamento de Difusão do Conhecimento (Decon)

Vídeo – Secom

O post Projeto do Programa Ciência na Escola usa rede social para auxiliar no ensino da matemática apareceu primeiro em FAPEAM.

One thought on “Projeto do Programa Ciência na Escola usa rede social para auxiliar no ensino da matemática”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *